Incrível
Incrível

“É melhor casar 20 vezes do que permanecer infeliz”, a história da vida amorosa de Gretchen

Gretchen esteve em muitos relacionamentos ao longo dos anos — e muito deles não foram o esperado “felizes para sempre”. Em busca do amor e da felicidade, a voz de Conga, conga, conga já se casou 18 vezes, namorou alguns nomes conhecidos da indústria e já ficou noiva algumas vezes antes de terminar esses relacionamentos.

Casada recentemente, só o futuro dirá se finalmente encontrou um amor para a vida toda. Nós, do Incrível.club, esperamos que sim, e decidimos contar a história da vida amorosa da morena mais badalada do Brasil.

Um pouco sobre sua vida amorosa agitada até o casamento atual

Apesar de considerar ter tido dezessete ex-maridos, Gretchen se casou oficialmente apenas cinco vezes. O primeiro casamento da cantora, com apenas 20 anos, foi com o cantor sertanejo Chrystian, da dupla Chrystian e Ralf, mas a união durou poucos meses. Do seu segundo casamento, com Silva Neto, nasce seu primeiro filho. No entanto, a relação não resistiu e os dois se separaram. Ao longo de suas aventuras amorosas, a musa teve mais seis filhos.

Depois de alguma má sorte no amor, ela encontrou paz no 17º casamento

Em 2013, Gretchen trocou alianças com o empresário português Carlos Marques. Os dois se conheceram no início do ano e, após seis meses de namoro, decidiram se casar apenas no civil. Sobre o casamento, a artista revelou na época que foi “pedida em casamento em Mônaco e foi muito romântico”. Os dois se conheceram no início do ano na capital francesa, para onde Gretchen se mudou com as filhas pequenas.

Ainda casados, Gretchen e Carlos aceitaram o desafio de participar no Power Couple 2016. Eles não venceram a edição, mas são um dos casais mais lembrados até hoje, especialmente devido aos desentendimentos entre a cantora e os outros participantes, colaborando para que o programa tivesse maior audiência desde a estreia. Após sete anos de união, os dois decidiram se separar.

Gretchen sobe ao altar pela 18ª vez

Toda sua persistência em encontrar o amor novamente gerou frutos em 2020, quando a famosa sobe ao altar com o saxofonista Esdras de Souza. A cerimônia foi realizada em Belém, no Pará, e teve referências à região amazônica, como o barco popopô, que levou a noiva ao altar, e o bolo recheado com castanha do Pará. A cantora foi surpreendida pelo namorado com o pedido. “Fiquei surpresa e muito feliz. Esdras gosta de fazer as coisas bem certas e estamos noivos e felizes”.

O casal está tão feliz que decidiu oficializar a relação mais de uma vez

Outra curiosidade é que o casal decidiu oficializar a união pela segunda vez, só que em Portugal.
Mas não para por aí. Gretchen e Esdras de Souza estão tão felizes juntos, que pretendem realizar uma cerimônia indígena para selar a união.

“Gretchen me pediu em casamento no Sírio de Nazaré, em 2019. Agora, eu estou pedindo ela em casamento com renovação de votos, em um casamento totalmente indígena, na Ilha de Marajó Soure, com a Pajé Zeneida. Por conta também da nossa ancestralidade, que é totalmente o povo da mata”, esclareceu ele.

Sem medo, a cantora faz questão de mostrar a todos que está apaixonada

O relacionamento parece estar indo de vento em popa. Sempre muito carinhosa, a Rainha do Rebolado arrumou uma forma de homenagear seu atual marido: ela usa um cordão de ouro com a inicial do nome dele. Em setembro de 2020, a cantora exibiu, toda orgulhosa, a corrente no Instagram. “É ’e’, de Esdras”, explicou ela. Que fofa, né?

Ela se arrepende de ter casado tantas vezes

Ao longo dos anos, a cantora acabou por sofrer diversas decepções amorosas e ela vê isso como o grande fator de tantos casamentos sucessivos. A verdade é que Gretchen nunca se sentiu bem em trocar de parceiro. “Nunca gostei de casar várias vezes, nunca gostei de ter trocado de pessoa, de ter desfeito a minha família, mas, às vezes, as coisas não correm como a gente quer”.

Ainda assim, ela tenta ver o lado positivo de sua caminhada: “Enfim, inspirei tantas mulheres a serem felizes, que só isso já vale a pena casar mil vezes. Se eu tiver que casar mil vezes para eu poder ajudar as pessoas, para mim está ótimo”.

Dona de si, Gretchen não se deixa abater com as críticas

A quantidade de homens com quem a cantora se relacionou ainda não é, para muitas pessoas, socialmente aceitável e, claro, seus casamentos já foram, e ainda são, motivo para críticas. Mas se há coisa para qual a morena não liga é para comentários negativos e preconceitos. Ela vive a vida do seu jeito. “É melhor se casar 20 vezes do que permanecer 20 anos infeliz ao lado da mesma pessoa”, disse.

“Tenho 61 anos. Se a gente contar uma média de dois, três anos cada relacionamento, eu nem me relacionei. Tem gente que numa noite fica com 18. Queria saber o que muda na vida das pessoas eu casar uma, 20 ou mil vezes”.

Você conhece alguém com uma história similar à de Gretchen que gostaria de contar nos comentários? Compartilhe, nós vamos adorar conhecer.

Incrível/Gente/“É melhor casar 20 vezes do que permanecer infeliz”, a história da vida amorosa de Gretchen
Compartilhar este artigo