Incrível
Incrível

20+ Crianças que disseram coisas muito inesperadas

A partir do momento em que as crianças começam a falar, pode ser uma boa ideia ir atrás delas e anotar todos os tipos de comentários que fazem. A lógica não convencional e a postura geralmente direta e sem filtros costumam deixar os adultos perplexos. E, claro, muitas vezes terminam em boas risadas.

Nós, do Incrível.club, temos certeza de que não há criança que, pelo menos uma vez na vida, não tenha dito uma frase curiosa ou divertida.

  • Meu filho me viu fazendo a maquiagem e perguntou por que eu estava fazendo aquilo. Eu disse: “Isso me ajuda a parecer mais jovem e mais alegre”. E perguntou: “Mas por dentro, você é velha e cansada?” © humortranslate / Twitter
  • Quando minha filha mais nova tinha 4 ou 5 anos, ela e seu pai foram ao banco. Havia uma fila grande. Minha filha ficou fazendo barulho, corria e gritava (era um pouco mimada e muito ágil). Um policial na fila tentou acalmá-la e, deliberadamente, disse: “Sou um policial. Se você não ficar quieta, eu te levarei à polícia”. Todos esperavam que a menina ficasse assustada e se acalmasse. Mas ela respondeu: “Sou da corregedoria!” (como seu pai). Todo mundo riu. É a piada favorita do seu pai. E agora ela tem 16 anos. © Olya Orlova-Salman / Facebook
  • Uma noite, meu filho de 3 anos disse: “Deite-se, pai! Vou te curar”. Depois de todo o “trabalho de médico”, tivemos a conversa:
    — Tudo bem, papai! Curei você.
    — Obrigado, filho!
    Comecei a me levantar e ouvi a conclusão:
    — 10 reais, por favor. © timudji / Pikabu
  • Minha sobrinha, que tinha 3 anos na época, teve uma briga com a mãe, caiu na neve e ficou chorando. Um transeunte a viu e disse: “Menina, por que está chorando?” Ela respondeu: “Vá embora, senhor! Não estou deitada aqui chorando para você!” © Karlygash Utegenova / Facebook
  • Perguntei ao meu filho, quando ele estava na primeira série, como ele estava indo nos estudos.
    Sou um estudante nota 10 — respondeu.
    E as notas?
    — Só tiro oito, nove e dez.
    — Então, não é um estudante nota 10 como está dizendo.
    — Pois é... mais ou menos nota 10...
    Essa frase virou um ditado. © Buquet / AdMe
  • Passeávamos com meu filho e ele perguntou:
    — Mãe, e se alguém vier e disser: “Deixe seu filho para mim?”
    — Não vou te deixar. Você é meu tesouro!
    — Nem se oferecessem aquele carro?
    — Nem por aquele carro. Nem todos os carros e casas, aviões e trens, dinheiro e brinquedos e tudo mais! Não te deixaria, pois te amo mais do que tudo!
    Meu filho continuou andando todo feliz. E depois perguntou, com malícia:
    — Nem vai me deixar na pré-escola?
  • Uma vez, tivemos uma apresentação na minha pré-escola. Uma das tarefas era responder às perguntas sobre as profissões dos pais. Chegou a minha vez, fui ao palco. E tivemos o seguinte diálogo:
    — Maria, o que sua mãe faz?
    — Ela é contrabandista — respondi.
    — E onde ela trabalha?
    — Em um escritório de contrabilidade. © but9vkanekuz9va9 / Pikabu
  • Outro dia, eu estava no ônibus e havia uma mulher com uma garotinha. Ela me viu e disse:
    — Mamãe, mamãe! Olhe para aquela linda garota!
    Fiquei com vergonha, mas foi muito gentil. Fiquei muito feliz. E, então, a menina disse:
    — Mamãe, mamãe! Olhe para aquela linda escada!
    — Mamãe, mamãe! Olhe para aquele lindo carro!
    Crianças... © Overhead / VK
  • Eu disse ao meu filho de 6 anos que havia comprado um bilhete de loteria e ele respondeu: “Se ganharmos, posso ter um milhão? Vou dar ao nosso diretor para fechar a escola para sempre!” O gênio do mal. © OHolyNightowl / Reddit
  • A melhor amiga da minha mãe tem um filho dois anos mais velho do que eu. Naturalmente, passamos toda a infância juntos, como irmãos. Quando eu tinha 6 anos, minha mãe perguntou a ele seriamente: “Bem, você vai se casar com ela?” Depois de um momento de reflexão, ele disse: “Não, obrigado! Não quero uma sogra como você!” Sempre conto essa história à minha mãe quando quer conhecer meus namorados. © Overheadc / VK
  • Eu e meu filho voltávamos da pré-escola e nos divertíamos conversando. Ele fazia todos os tipos de perguntas, eu respondia.
    — Mãe, os garotos têm de defender meninas?
    — Sim.
    — E ceder a elas, né?
    — Sim.
    — E o que as meninas devem aos garotos?
    Sorri e disse: “Elogiar”. O filho ficou surpreso e decepcionado e perguntou: “Só isso?” © Overhead / VK
  • Quando eu era criança, era muito tímida e não gostava de receber atenção. Na época, tinha 3 ou 4 anos. Meu tio e eu fomos ao seu escritório. Sua chefe nos encontrou no corredor. E, então, tivemos a conversa de “mulheres”:
    — Que menina linda! Quem é você?
    — Primeiro, diga quem é você...
    E acabou a conversa. Pelo menos, os adultos riram. © nuka.cola / Pikabu
  • O marido de uma minha amiga lhe deu uma pulseira lindíssima no aniversário. Observamos, admiramos. Minha filha veio, examinou silenciosamente e perguntou: “Quanto?” Ficamos indignadas...tipo, é tão jovem e já pensando em dinheiro! O mais importante é a atenção e tudo mais... Ela olhou para nós e disse: “Quis perguntar quantos anos ela fez?” © Подслушано / VK
  • Meu filho tomava banho e me perguntou quantos anos ele tinha. Respondi: “Bem, filho, você tem 4 anos, 10 meses e 4 dias”. Depois de alguns minutos de profunda reflexão, ouvi ele falando baixinho e orgulhosamente: “E ainda não fui mordido por nenhum animal selvagem”. © yxe1982 / Reddit
  • Meu filho de 5 anos é obcecado por carros. Vive e respira automobilismo. Um dia, ele dirigia seu carro de brinquedo e os vizinhos gritaram: “Uau, menino! Você é incrível!” E a criança respondeu com uma cara muito séria: “Eu sei! Dirijo melhor do que a maioria dos adultos que conheço”. Para ser sincera, ele tem toda razão. © thisdragonis / Reddit
  • Tinha acabado de chegar em casa. Enquanto lavava o rosto e trocava de roupa, meu filho (4 anos) revirava rigorosamente minha bolsa. Fingi ficar bravo: “Filho, que negócio é esse?” Ele não reagiu. Sua avó me apoiou e disse: “Não é bom mexer nas coisas de ninguém!” Meu filho respondeu, ainda fazendo a mesma coisa: “Bem, o meu pai não é ninguém para mim”. © Alex Konashevich / Facebook
  • Eu esperava uma ligação importante. E quando fico nervosa, começo a limpar tudo. Meus gêmeos de 4 anos estavam sentados no sofá monitorando o telefone, pois eu havia prometido ir ao parque depois da chamada. O telefone tocou e eles atenderam e sussurram de uma forma trágica em uníssono: “Oi! Você é a ’chamada importante?’ Ligue para nós mais rápido ou nossa mãe vai nos varrer e nos limpar!” © Alena Artemova / Facebook
  • Eu e meu filho de 5 anos entramos no elevador junto com um vizinho com um pug preto. O cãozinho não era muito jovem; era pesado, enrugado e tinha os olhos esbugalhados. Estava bufando ofegante, coitado. Meu filho, com um olhar fixo nele, disse: “Mãe, olha, que cão! Tão esquisito, né?” O vizinho quase engasgou. Tentei não rir e fingi ficar ultrajada. Tipo “como pode dizer algo assim?” Mas, finalmente, o pobre pug e seu dono claramente descontente saíram. Disse ao meu filho: “Você sabe que foi grosseiro! O senhor não gostou. Ele ama seu cachorro e você disse coisas ruins”. E respondeu: “Não quis ofender ninguém. ’Esquisito’ não é o mesmo que ’bonito?’” De repente, bateu a palma na testa e disse: “Oh, confundi com a palavra ’estupendo!’” © Dorotejka / Pikabu
  • Tenho um sobrinho que é muito conhecido por sua desobediência. O conheci no ano passado. Ele tinha 3 anos. Conversávamos e ele perguntou:
    — Em que série está?
    — Nenhuma. Eu trabalho.
    — Está brincando? As meninas não trabalham!
    — E o que fazem?
    Olhou para mim como se eu não entendesse o óbvio e disse:
    — Elas fazem as compras! © Sakshi Singh / Quora
  • Quando eu tinha 5 anos, estava loucamente apaixonado pela filha de 20 anos de um amigo rico da nossa família. Pedi a mão dela em casamento e ela concordou alegremente. Foi um jogo da parte dela, claro, mas as minhas intenções eram absolutamente sérias. Então, a mãe da minha “noiva” disse: “Se você quer se casar com a minha filha, precisa de dinheiro”. Olhei-a nos olhos e, sem perder um segundo, revirei meus bolsos e atirei uma moeda. Ver o rosto dela naquele momento não tinha preço. © kaz6199 / Reddit
  • A minha sogra não gosta de mim, mas ama seu único neto. E todo o tempo tenta enfatizar que ele é uma cópia do pai: olhos, sorriso e caráter (tipo, não tem nada a ver comigo). Certa vez, meu filho ouviu essa narrativa e disse: “Somos parecidos, muito parecidos! Quer saber como? Papai e eu amamos nossa mãe mais de tudo, pois é a mais bonita!” Minha sogra ficou chateada e eu fiquei encantada que uma criança de 5 anos conseguisse responder àquela mulher “maravilhosa”.

Que frases das crianças se tornaram ditados na sua família? Conte para nós!

Compartilhar este artigo