Incrível
Incrível

18 Descobertas feitas sob a terra que recompensaram muito o tempo passado com um detector de metais

Perder objetos é algo que acontece com quase todos os mortais. Quando se trata de um item não muito importante, acabamos não sendo muito afetados. Já quando a perda é de algo que gostávamos e guardávamos com carinho, o mais provável é que dediquemos tempo e energia procurando, nem que para isso seja preciso revirar pedras.

Nós, do Incrível.club, sabemos o quanto é triste perder algo valioso. Além disso, conhecemos o grande alívio e a felicidade que surgem quando encontramos aquele objeto. Por esse motivo, pensamos que seria interessante trazer a você histórias de algumas pessoas que, com um detector de metais na mão, conseguiram devolver a seus donos itens muito queridos ou acharam coisas antigas, daquelas que causam pulos de alegria.

  • Meu amigo perdeu sua aliança de casamento em um lago enquanto brincava com os filhos. Procuramos pela área e, apesar de a água chegar só até à cintura, precisávamos mergulhar e tatear o fundo com as mãos. Era uma tarefa complexa. Estávamos quase desistindo quando vimos um homem com um detector de metais e pedimos ajuda. Em meia hora, a aliança foi encontrada. Meu amigo ofereceu 470 reais como recompensa, mas o homem não aceitou. Ele disse que a diversão e a emoção de achar algo que significa muito para alguém já valeu a pena. © WindyGrado / Reddit
  • Eu estava fazendo buscas com um detector de metal em uma praia nos arredores de Tóquio quando achei uma aliança de platina. Já estava buscando em uma área diferente quando um morador da região fez um gesto de que estava procurando um anel. Dali a cinco minutos, meu detector faz o barulho mais claro e intenso que eu já tinha ouvido, e era justamente o anel perdido pelo homem. A esposa dele ficou toda feliz, empurrando o homem para que me desse algo em recompensa. Ele continuava fazendo gestos indicando que iria me dar dinheiro, mas recusei. Foi incrível poder encontrar o dono, e naquela época eu nunca tinha achado nada realmente valioso. Até aquele momento. O olhar de alívio em seus rostos ficará para sempre comigo. © inu_yasha / Reddit
  • Meu noivo achou um relicário com a foto de uma mulher em preto e branco. A joia tinha algumas indicações, e conseguimos rastrear a origem como sendo de uma pequena loja na Itália. Por e-mail, nos passaram dados sobre o proprietário, informando que o apaixonado casal morava a alguns estados de distância. Nos registros da loja não havia nenhum número de telefone, só um nome. Encontramos ele no Google! Depois, fomos até lá e batemos na porta. Era um senhor idoso. O relicário era de sua esposa, que tinha falecido anos antes. Ele usava o relicário todos os dias até perdê-lo em uma viagem que fez no aniversário de 50 anos para Hocking Hills, Ohio, nos EUA, onde encontrei a peça. Ele chorou, e nós conversamos durante horas. Seu nome era Jim, e o da esposa, Sharon. © Weak_Dog7271 / Reddit
  • Encontrei um cofre enterrado contendo passaportes de uma família inteira, maços de dinheiro com 3.200 reais e dois PS Vita (console de videogame). Algo para lá de incomum. Informei ao hotel onde estava hospedado, e o cofre era de uma família cujo quarto tinha sido roubado naquele mesmo dia. Ainda estou confuso, sem entender por que aquilo foi enterrado. © HalfChineseJ***s / Reddit
  • Quando meu vizinho fazia detecção de metais, tinha a curiosidade de saber o que poderia achar no meu jardim, pois moro em uma casa com mais de 100 anos. Falei para ele fazer a busca quando eu pudesse acompanhá-lo. Meu vizinho achou algumas ferraduras, vários parafusos e pinos de metal, e alguns outros objetos de metal que eram mais ou menos pedaços de sucata. Mas o mais legal foi um carrinho de brinquedo feito de aço que perdi quando era criança. Eu costumava brincar com ele na frente de casa, na terra, o tempo todo. Deve ter ficado enterrado na lama quando a parte de trás da nossa propriedade começou a alagar, virando um pântano. O carrinho estava muito enferrujado, mas perfeitamente reconhecível! © robo-dragon / Reddit
  • Uma pessoa com um detector de metais encontrou o anel de formatura do ensino médio do meu marido na beira de um rio. O objeto tinha sido perdido durante uma competição de remo cerca de 15 anos antes. O homem entrou em contato com a escola em que meu marido estudou e conseguiu encontrá-lo. O anel está em cima da minha penteadeira agora mesmo! Meu marido não se importou tanto, mas fiquei surpresa com a dedicação demonstrada por aquele simpático desconhecido. Mandei a ele um cartão de presente para usar em um restaurante especializado em frango frito. © mshell734 / Reddit
  • Um bracelete de ouro branco personalizado forrado com diamantes e safiras. Literalmente, todos para quem eu quis vender tentaram me passar a perna, então retirei todas as pedras e vendia dois ou três elos da corrente de cada vez, sempre em troca de dinheiro vivo. Como se eu fosse um camponês da Idade do Bronze. © NorthEasternDunes / Reddit
  • Quando eu era criança, ganhei um detector de metais barato no meu aniversário. Para testar, peguei algumas moedas da coleção do meu avô sem que ele soubesse e espalhei pelo quintal. Nunca encontrei nenhuma delas. Sinto saudades, vovô. © human_stuff / Reddit
  • Minha esposa pratica o hobby. Uma vez, ela saiu com seu detector de metais quase na hora do anoitecer. Uma mulher se aproximou dela pedindo ajuda para encontrar seu anel de noivado. O objeto foi achado após 45 minutos.Mais tarde, naquela mesma noite, a mulher a recompensou com um Pix de R$ 1.300,00.". © livingfortheliquid / Reddit
  • Encontrei uma ferradura de boi em uma trilha na mata perto de casa quando estava com meus pais. Ela foi documentada como usada antes da Guerra Civil. Outros achados incluem uma coleira de cachorro e uma moeda de 1942. © muth****qq / Reddit
  • Quando criança, encontrei um punhado de moedas soltas, confiscadas por um funcionário bem grosseiro do parque. Pelo visto, as regras contra saques de sítios arqueológicos foram aplicadas nas moedas achadas por mim no estacionamento. © FutureBlackmail / Reddit
  • Meus irmãos tinham acabado de comprar um daqueles detectores de metal superlegais, e meu filho, com 6 anos na época, implorou repetidamente para que o deixassem usar o aparelho. “Por favor, tio Davi, por favor, posso usar?” Eles cansaram a ponto de emprestar o detector a ele, dizendo para ter cuidado. Cerca de 12 segundos depois, ele exclamou: “Tem um real aqui!” Começaram a cavar, depois de cerca de 450 centímetros, meu filho correu até nós com uma cédula antiga de um real, suja, cheia de terra e molhada. Passamos um tempo rindo disso. Ainda não faço ideia de como aconteceu! © Jenlikesbuckets / Reddit
  • Um sujeito que se dedicava à detecção de metais me ligou de outra parte do país, há cerca de dez anos. Ele tinha encontrado na mata um anel de formatura de uma turma de colegial de 1946, com iniciais. O homem ligou para a escola e rastreou minha mãe (ela pensa ter perdido o anel ao andar a cavalo). Com muito prazer, pagamos uma recompensa e minha mãe voltou a colocar no dedo o anel perdido 70 anos antes. © squeagle / Reddit
  • É importante dizer que minha família e eu morávamos em uma pequena cidade da Pensilvânia, EUA, (onde meu pai cresceu), mas nos mudamos há algum tempo para Oregon (onde minha mãe cresceu). Um dia, meu irmão saiu para detectar metais na propriedade da nossa família e achou um cadeado dourado. Depois, ao limpar o objeto, percebeu que ele trazia uma data e local de fabricação... Tratava-se de um item do século XIX, feito EXATAMENTE na mesma CIDADE onde morávamos antes. O fato de meu pai ter crescido exatamente naquela mesma cidade, casado com uma mulher do Oregon, criado os filhos na mesma cidade e voltado depois para o Oregon, onde acharíamos aquele cadeado, parece coisa do destino! © obese-mongoose26 / Reddit

Qual foi a coisa mais surpreendente que você já encontrou? Que tal deixar um comentário citando o que adoraria achar inesperadamente?

Incrível/Gente/18 Descobertas feitas sob a terra que recompensaram muito o tempo passado com um detector de metais
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos