14 Pessoas que ao se deparar com um sósia, se sentiram participando de um filme de suspense

Histórias que envolvem sósias são muito populares no cinema e na literatura. Só para dar alguns exemplos, temos os livros A bela esquina, de Henry James e The Outsider, de Stephen King e os filmes Cisne Negro, O InimigoNós. Em tais obras a duplicidade do personagem geralmente é usada para representar o inconsciente ou um lado obscuro da personalidade.

Nós, do Incrível.club, mais uma vez temos a certeza de que fatos da vida real podem surpreender mais do que muitas passagens de filmes e livros. E as histórias que mostraremos a seguir são a prova disso.

“Há alguns anos conheci um rapaz muito parecido comigo e ele me deu um filhote do seu cachorro. A vida não é incrível?”

***

Uma vez, me encontrei comigo mesma! Foi assustador! A moça estava sentada no banco traseiro de um carro parado no semáforo. Ela me olhava enquanto eu me aproximava. Nesse momento, parei de sentir meus pés e meu coração começou a bater a mil por hora. O semáforo abriu eu nunca mais a vi... e se ela estiver lendo este relato, provavelmente vai reconhecer a história... © Tenistaya3308 / Pikabu

***

Eu cursava o primeiro ano da faculdade e na cantina um rapaz me chamou pelo meu nome. Eu não tinha a mínima ideia de quem ele era, mas disse olá. Começamos a conversar e eu fiquei ainda mais confuso. O cara estava claramente feliz em me ver, mas eu não me lembrava dele. Então, me perguntou se havia gostado da festa no sábado. Não entendi do que se tratava e ele começou a rir, dizendo que era impossível esquecer a dança que fiz em cima da mesa. Só depois de muita conversa, descobrimos que se tratava de um sósia e com o mesmo nome. Sinceramente espero que meu sósia continue caprichando quando subir em uma mesa para dançar... mas que ele pare por ai. © PavementBlues / Reddit

***

Certa vez, quando eu tinha 20 anos, em uma loja, dei de cara com uma menina de cerca de 12 anos, que ficou parada me olhando de frente. Fomos ambas pegas de surpresa. O fato é que ela era uma réplica minha, só que aos 12 anos. Era como se eu estivesse olhando para um espelho que refletia o passado. Ainda me lembro da sensação indescritível que experimentei naquele momento. Por três segundos, ficamos nos olhando fixamente e então saímos em direções opostas. Não sei se ela olhou para trás, só sei que eu não tive coragem. © Gula Skazka / AdMe

***

Aconteceu há 20 anos. Minha mãe estava em um ônibus quando me viu entrando. Começou a me chamar, mas esse “eu” fingiu que não a conhecia. Ela logo percebeu o engano, mas a história não terminou aí. Um mês depois, ela me telefonou porque aquele suposto “eu” do ônibus estava participando de uma reportagem na TV. Fiquei pasmo porque realmente era “eu”, conversando com duas senhoras com quem nunca conversei, com roupas que nunca usei e em um local que nunca frequentei. Enfim, uma situação que nunca existiu para mim... só para aquele meu sósia. © Kapquest / Pikabu

***

Certa vez, vi, na multidão, uma menina de cerca de 8 anos, que se parecia muito comigo na infância. Até pensei que estava em algum tipo de máquina do tempo e que minha sósia vinha do passado só para me alertar sobre algum perigo... porém ela se foi e nada de ruim aconteceu. © Ofigela / Pikabu

***

Um amigo disse que avistou um sósia meu em um restaurante. Ele até usava um suéter exatamente igual ao que eu vestia naquele dia. E isso foi, para dizer o mínimo, assustador. Certamente não era eu, porque detesto aquele restaurante e, além disso, naquele momento eu participava de uma reunião no escritório. Quando meu amigo me mostrou a foto que tirou daquele rapaz, pensei que tinha feito uma montagem no computador! © Miserable-Wish / Reddit

***

Após concluir o ensino médio, minha mãe se mudou para a cidade onde cursaria uma faculdade. Assim que chegou, descobriu que não havia mais vagas no alojamento do campus e se dirigiu ao endereço de uma senhora que hospedava estudantes. Ao chegar carregando uma mala enorme, foi recebida pela dona do local aos gritos: “Querida, você disse que seria só uma visita e agora aparece com essa mala? Brigou com seus pais e veio morar aqui?” Mamãe não suportou a agressão e começou a chorar. De repente, uma garota chegou e abraçou a senhora dizendo: “Olá, vovó, o que está acontecendo?” As três ficaram mudas e pálidas se entreolhando de boca aberta. Era inacreditável, mas a garota era uma cópia exata da minha mãe! Até as pintas eram nos mesmos lugares do rosto! A senhora também ficou sem palavras e o mal-entendido se desfez. Ela acolheu minha mãe, se tornaram amigas e se divertiram bastante. Pena que foi por pouco tempo. Mamãe não passou na prova de admissão e voltou para casa. © tanya.i / Pikabu

***

Meu tio faleceu quando eu tinha 10 anos. Cerca de um mês depois do funeral, eu brincava no jardim da frente de casa quando vi um homem de uniforme com crachá. Não consegui ler o nome nele, mas o homem parecia muito com o titio! Eu literalmente congelei de medo enquanto ele passava. Depois corri para dentro de casa e olhei pela janela, mas ele já havia sumido. Eu não sei o que foi isso. Vinte e sete anos se passaram e ainda me lembro desse dia e das emoções que senti. © llamadrama83 / Reddit

***

Vi um sósia do meu primo, só que um pouco mais novo: meu primo tinha 10 anos e a cópia, não mais que 7. Os dois se mudaram para o mesmo prédio e todos ficaram surpresos com tamanha semelhança. © Elhana Majer / AdMe

***

Uma vez, ao sair do escritório, percebi um homem me observando. Voltei imediatamente e ele me seguiu. Entrei no elevador, mas o homem segurou a porta e me chamou. Ele me pediu que mostrasse a identidade e mostrou uma foto que trazia nas mãos. O rapaz da foto era minha réplica, até suas orelhas eram grandes como as minhas. Para piorar, ele era procurado pela polícia... felizmente não era eu e pude seguir meu caminho em paz. © David Evans / Quora

***

Quando eu tinha 15 anos, minhas amigas me viram em uma loja e ficaram surpresas, pois tinham acabado de me ver no estádio com roupas diferentes. Mais tarde, minha mãe, ofendida, declarou que me viu e me chamou na rua, mas eu nem olhei para ela. Tempos depois, me deparei com essa garota. Não éramos sósias, mas realmente muito parecidas. © Nishiy duhom varenik / AdMe

***

Sou professora numa escola e, certa vez, passei pela seguinte situação: duas garotas prestaram vestibular na mesma sala! Até pensamos que fossem gêmeas, mas descobrimos que aquela era a primeira vez que se viam. © Mari Alexandrov / AdMe

E você acredita que todos temos um sósia? Já encontrou alguém que fosse sua “cópia” por aí? Se tiver foto, que tal nos mostrar?

Imagem de capa tanya.i / Pikabu
Compartilhar este artigo