Incrível
Incrível

9 Fatos curiosos sobre a vida e a carreira de Jim Carrey, que anunciou estar pronto para se aposentar

Quando pensamos no gênero “comédia”, Jim Carrey é um dos primeiros nomes que aparecem na nossa mente. Com uma carreira de mais de quatro décadas, o ator de O Máskara é um homem de muitos talentos; além de atuar de maneira brilhante, ele sabe produzir, dançar, cantar, escrever e até pintar. No entanto, poucas pessoas sabem por que Jim Carrey começou a trabalhar com comédia; pelo visto, tudo começou por causa de sua mãe.

Hoje é dia de conhecer o homem por trás do personagem. Confira alguns detalhes da vida de Jim Carrey, um dos maiores comediantes de todos os tempos.

Jim Carrey teve uma infância difícil e muitas vezes tentava melhorar o clima dentro de casa por meio da comédia

EAST NEWS

O famoso ator canadense Jim Carrey é o filho mais novo de quatro irmãos. Seu pai, Percy, era saxofonista, mas desistiu da carreira musical e começou a trabalhar como contador para poder sustentar a família. Sua mãe, Kathleen, era dona de casa; segundo o ator, ela viva muitos altos e baixos de humor e era hipocondríaca, algo que ficava claro durante os jantares da família.

“Eu tinha sete anos e minha mãe dizia coisas como: ’Meu cérebro está se deteriorando a um ritmo muito acelerado’, ou ’Minha dor de garganta está piorando, posso morrer a qualquer momento’. Falas como essas me abalaram profundamente. Era aterrorizante, mas eu sabia que era a forma dela de chamar atenção e de se sentir amada”, disse o ator. E foi mais ou menos nessa época que ele começou a fazer comédia, sobretudo para que sua mãe se sentisse mais feliz.

O ator precisou lutar contra o TDAH e a depressão

O protagonista de Ace Ventura: Um Detetive Diferente enfrentou muitas dificuldades para lidar com a depressão ao longo de sua vida; na escola, ele era um menino inquieto e vivia interrompendo as aulas. Jim foi diagnosticado com TDAH e passou por um tratamento. Quando chegou na fase adulta, ele tentou se apropriar de alguns dos sintomas do TDAH em seu favor, e seu lado cômico, criativo e cheio de energia são uma mostra disso.

Na escola, Jim Carrey tentava acabar tudo rapidamente para poder fazer o que tanto amava

Na sétima série, para que deixasse os colegas em paz, um de seus professores ofereceu a ele os 15 minutos finais da aula. Ele aceitou a oferta e usou esse curto e precioso tempo para entreter os amigos e treinar suas habilidades de comédia tipo stand-up.

O ator abandonou a escola aos 16 anos para ajudar os pais a pagar as contas

Courtesy Everett Collection/Everett Collection/East News

Quando o pai de Jim Carrey perdeu o emprego, a situação de família se complicou ainda mais. A família de seis pessoas ficou desabrigada, morou durante um período em uma van e depois em barracas em vários acampamentos. Para ajudar os pais, o ator acabou abandonando a escola e arranjou um emprego de zelador, onde ficou durante dois anos.

Ele fez sua estreia como comediante em um bar de Toronto

Aos 15 anos, Jim já escrevia seu próprio repertório e fazia muita gente morrer de rir em pequenos bares no Canadá. Aos 17 anos, em 1979, ele já conseguia se sustentar como comediante. Jim é muito conhecido pela energia contagiante e pelas imitações — ele criou mais de cem personagens; o ator se mudou para Hollywood algum anos depois, quando ainda era muito jovem.

Ele assinou um cheque de 10 milhões de dólares para si mesmo antes de ficar muito famoso

East News

Jim Carrey sempre se viu como um grande astro do mundo do entretenimento, mesmo antes de se tornar um dos nomes mais famosos da indústria. Uma prova disso é que ele assinou um cheque de US$ 10 milhões em 1990 pelos “serviços de atuação prestados” e prometeu que o cheque se transformaria em realidade três anos depois. A data do cheque era exatamente o Dia de Ação de Graças de 1995, e ele o guardou na carteira durante anos. Pouco antes da data chegar, ele ficou sabendo que receberia US$ 10 milhões por seu trabalho no filme Debi & Lóide: Dois Idiotas em Apuros.

Ele é pai e avô

Supplied by PacificCoastNews.com/EAST NEWS

Na foto, vemos Jim Carrey e sua filha, Jane.

Mais ou menos seis meses após se casar com Melissa Womer, sua ex-esposa, ele se tornou pai. Jim foi casado duas vezes e teve muitas namoradas ao longo dos anos, mas Jane é sua única filha. Em 2010, ela se tornou mãe e Jim se tornou avô, uma experiência que, segundo o ator, “é a melhor sensação do mundo; à medida que você envelhece você pensa em coisas como: ’Sem esses sentimentos, eu simplesmente não posso continuar’”.

Na foto, vemos Jim Carrey, Melissa Womer e Jane, filha do casal.

Ele quebrou um recorde mundial com um de seus filmes

EVERETT COLLECTION/EAST NEWS

Jim Carrey recebeu US$ 20 milhões pelo filme O Pentelho, de 1996, o maior salário que um ator já havia recebido até então. Esse episódio mudou a dinâmica dos valores de Hollywood para sempre.

“Tenho o suficiente. Fiz o suficiente. Sou suficiente”

Invision/Invision/East News

Durante seus 40 anos de carreira, Jim Carrey participou de 50 filmes e 20 programas de televisão. No entanto, disse que chegou a hora de se aposentar. “Tudo depende... Se os anjos trouxerem algum tipo de roteiro escrito com tinta dourada, vou entender que será muito importante que as pessoas vejam a história, e então até posso participar. Posso continuar trabalhando, mas quero dar um tempo”.

“Eu realmente gosto de como a minha vida é tranquila”, contou o ator. “Eu realmente adoro desenhar e amo minha vida espiritual; sinto que — e talvez nenhuma outra celebridade diria isso — tenho o suficiente. Fiz o suficiente. Sou suficiente”.

Qual é o seu filme preferido de Jim Carrey? E por que você acha que muitos atores que são ótimos com comédia sofrem de depressão? Compartilhe a sua opinião nos comentários.

Imagem de capa Courtesy Everett Collection/Everett Collection/East News, Invision/Invision/East News
Incrível/Gente/9 Fatos curiosos sobre a vida e a carreira de Jim Carrey, que anunciou estar pronto para se aposentar
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos