Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

40 Ilustrações hilárias de pequenos defeitos humanos e grandes preocupações

8-25
256

= Este artigo é patrocinado pela Depositphotos =

Uma missão importante das artes visuais é nos dar respostas alternativas para as questões sobre quem somos e também nos ajudar a encontrar conforto nos trabalhos de arte. E essa é uma ótima descrição para os trabalhos da Cristina Bernazzani, que combina suas práticas artísticas e o gerenciamento do portfólio no Depositphotos ajudando as pessoas.

Embora Cristina tenha mais de 30 anos de experiência com ilustrações, atualmente ela vê os desenhos como um hobby com fonte de energia e inspiração para ela que é uma assistente social de saúde de tempo integral.

Decidimos mostrar algumas das ilustrações provocantes da Cristina e junto a elas, falar um pouco sobre a história dessa artista alegre que mora em uma pequena e pitoresca cidade na região da Lombardia, na Itália.

1.

2.

3.

As primeiras ilustrações feitas pela Cristina (Nuvolanevicata no Depositphotos) foram botânicas. Depois de muitos anos trabalhando em estúdios gráficos, ela começou a colaborar com os jornais e revistas italianos. E uma surpresa é que para ela, os artigos da primeira página eram os que ela menos tinha interesse.

Cristina era fascinada por páginas de horóscopo e testes, porque era ali que ela podia expressar a sua natureza artística imaginativa. Depois, metáforas filosóficas se tornaram um recurso significante do seu estilo artístico.

4.

5.

6.

Um importante aprendizado criado pela Cristina durante seus trabalhos para as mídias impressas diz respeito ao uso de humor e ironia em suas ilustrações. Ela acredita que temas trágicos merecem interpretações otimistas. Além disso, os tópicos mais tristes como deportações, guerras ou desigualdade social muitas vezes exigem uma perspectiva edificante. Otimismo não significa desrespeito pelas vítimas, mas uma expressão sincera de simpatia.

7.

8.

9.

As vantagens das ilustrações sem tristeza e drama é que elas informam e encorajam mais pessoas a pensarem sobre problemas sociais, em comparação com imagens assustadoras e repulsivas em que os horrores são visualmente exagerados.

Cristina explica a sua doutrina: “Informar-se significa mergulhar em situações dolorosas, sentir empatia e depois ser capaz de sorrir, mantendo o respeito, plantando na plateia uma pequena semente que, eu espero, um dia brotar tolerância”.

10.

11.

12.

13.

Como você deve ter adivinhado, as influências encontradas no portfólio de Cristina Bernazzani são surrealistas — particularmente de René Magritte, que ela aprecia muito pela sua pegada poética.

E embora as pinturas surrealistas ainda encantem o público, Cristina diz que o realismo mágico tem mais potencial para ilustradores modernos que buscam inspiração. Quando ela vai começar uma ilustração nova, ela costuma se inspirar nas obras de Rob Gonsalves ou Paul Bond.

14.

15.

16.

Se você pedisse para Cristina Bernazzani escolher um ilustrador para passar tardes aconchegantes em casa observando suas obras de arte, com certeza ela escolheria Brad Holland. Esse artista americano é admirado por ela não só pela profundidade das metáforas e da expressividade das suas obras, mas também pela habilidade artística dele.

Não conseguimos promover esse artista para você melhor do que a própria Cristina fez: “A habilidade dele de expressar volumes, a sensitividade cromática, suas ideias que iluminam quem observa suas pinturas, com consciência traçam os contornos do nosso ser mais íntimo, onde muitas vezes não temos a coragem de explorar ”.

17.

18.

19.

20.

De acordo com Cristina, um pré-requisito para uma boa ilustração social é a sua atenção, curiosidade e empatia pelas pessoas. Normalmente, um lápis, um caderno de anotações e um momento silencioso são suficientes para um bom começo. A escolha das ferramentas para finalizar o seu trabalho não são tão importantes. Atualmente a artista prefere tecnologias digitais.

21.

22.

23.

Durante os dias, essa artista é rodeada por pessoas que muitas vezes se tornam os heróis das suas ilustrações metafóricas, revelando diferentes aspectos da personalidade humana. E ela também encontra protótipos de heróis fora do seu trabalho. “Para imagens mais satíricas, os líderes políticos e econômicos são grandes fontes de inspiração, como você certamente pode imaginar”, disse Cristina.

24.

25.

26.

27.

A vida em uma pequena cidade entre Lecco e Monza não é limitada para essa artista, e sim uma forma de liberdade. Ela já morou em uma cidade grande, mas decidiu escolher de forma consciente viver mais perto da natureza e dentro de uma pequena comunidade italiana.

Um portfólio no Depositphotos deu a ela oportunidade de se comunicar com um público maior e de forma remota: “As ideias continuam sendo a coisa mais importante para mim, mas você precisa ter um lugar para publicar seus trabalhos. As agências de micro banco de imagem têm desempenhado um papel importantíssimo neste sentido, porque atualmente é fundamental estar presente nestes sites.”

28.

29.

30.

A vida longe de cidades grandes não priva a artista de seguir tendências inovadoras no mundo da ilustração. Uma das descobertas recentes que ela fez foi a cripto arte (Cristina aconselha que você confira as obras de Extraweg na internet).

Cripto arte é um movimento artístico e social baseado na tecnologia blockchain. Como objetos físicos de arte, os objetos da cripto arte podem ser vendidos e mostrados como originais em exibições.

31.

32.

33.

“A ilustração é o recipiente das nossas experiências, podemos falar sobre o que nos cerca por meio dela. Às vezes dá para ter visões que vão além do presente, mas as raízes estão no nosso dia a dia”, diz Cristina, compartilhando sua sabedoria de vida.

34.

35.

36.

37.

A ilustradora inspira os artistas amadores a tratar sua principal profissão como um superpoder e artistas experientes a não ter medo de descobrir coisas novas (por exemplo, arte digital). Junto a Cristina, nós te encorajamos a abrir seu coração e mente para as suas ilustrações surreais em seu portfólio no Depositphotos.

“Espero que os meus trabalhos sejam vistos como o meu gesto de amor e esperança para aqueles que tiverem a oportunidade de parar e observar,” esta artista finalmente nos disse, e temos certeza de que suas palavras se tornarão realidade.

38.

39.

40.

8-25
256
Compartilhar este artigo