Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20+ Relatos inusitados sobre relações complexas com vizinhos

3-3-
19k

Vizinhos barulhentos, que por exemplo, decidem andar pisando alto pelo apartamento de madrugada, ou que, do nada, decidem consertar algo em uma manhã de domingo, aumentam em 3 vezes a possibilidade de estresse para aqueles que moram do outro lado de suas paredes. Talvez por isso, os protagonistas dos relatos deste post estejam convencidos de que o comportamento dos vizinhos, mesmo que desconhecidos, pode deixar uma marca terrível na memória das outras pessoas.

Incrível.club está pronto para compartilhar com você histórias de vizinhos que são capazes até de render um roteiro para uma boa série de comédia. Acompanhe!

  • O vizinho do apartamento debaixo, de 52 anos, ficou de joelhos na entrada do prédio e começou a grunhir muito alto. Depois de um tempo fazendo esse barulho, como se fosse um porco, ele disse gritando: “Lena, como você me chamou de porco ontem, eu tenho de fazer por merecer! Ou você quer que os vizinhos achem que eu não sou um porco de verdade?” Chocante. © Wizard_Severus / twitter

  • Hoje pela manhã o vizinho nos trouxe uma pilha de folhas impressas. Na parte superior delas estava escrito: “Almôndega é a melhor”. Acontece que meu filho se conectou com a impressora do vizinho pelo Wi-Fi e ficou brincando apertando o botão “imprimir” diversas vezes, sem ter a menor ideia de onde que ele estava imprimindo. Almôndega é a nossa gatinha. © femmocollective / twitter

  • Meu carro começou a dar uns problemas no início do ano. Não vou dizer que é um modelo caro, mas precisa de uns reparos. Eu me separei, comprei um novo apartamento e por causa de tudo isso não tive dinheiro pra consertá-lo. Ontem, deveria tê-lo levado à oficina, pois teve uma geada muito forte e o carro ainda está com os pneus de verão, com pouca aderência na neve e gelo — vivemos num país frio. Então pensei, para economizar, em eu mesmo tirar os pneus, carregá-los para dentro e depois trazer os de inverno para substitui-los. E foi o que fiz. Quando estava desparafusando a última roda do carro, levei um chute na lateral da cabeça. Acontece que o vizinho não me reconheceu debaixo de toda a roupa de frio e pensou que eu estava roubando os pneus. © GIBORYAN / pikabu

  • Três meses depois que eu me mudei do meu antigo apartamento, minha antiga vizinha começou a me escrever, afirmando que eu tinha causado algum tipo de dano e por isso era a culpada pela enorme quantidade de teias de aranha nos cantos das paredes do apartamento dela, pois não havia outra explicação. Respondi que ela deveria fazer a limpeza da casa com mais frequência. Acho que esse comentário acabou com ela. © amazingcalf / twitter

  • Minha colega contou como os vizinhos do apartamento ao lado do dela estavam discutindo:
    — Eu liguei para os seus amigos! Liguei para seus pais! Onde você estava?
    — Eu estava em um estado de muita embriaguez. © kisun_kisun / twitter

  • Estávamos passando uma temporada na Polônia e precisei de uma fita isolante, mas não tinha em casa. Me certifiquei no dicionário de polonês de que estava com a tradução correta para ela e mandei meu filho ir pedi-la emprestado ao vizinho. Segue a conversa:

    — Bom dia! O senhor tem fita isolante para emprestar?

    — Oi, de qual você precisa, da mais fina ou da larga?

    Meu filho correu até mim. Expliquei que precisava da fita isolante fina, e ele correu de volta para o vizinho:

    — Preciso da mais fina.

    — Infelizmente, não tenho da fina.

    — Ah, obrigado, até mais.

    Em casa, disse ao meu filho: “Pedro, dá para cortar a fita isolante larga e deixar ela da largura necessária. Volte lá e pegue ela”. Depois de respirar fundo, meu filho correu de novo para o vizinho.

    — Bom dia.

    — Oi.

    — O senhor poderia me emprestar a fita isolante larga?

    — A larga? Mas eu não tenho da larga. © ToniMontano / pikabu

  • É sempre assim nas casas de campo/praia:
    Vizinho № 1: terreno todo cercado por um muro alto, com um pastor alemão com coleira de espinhos latindo o tempo todo, babando e puxando a corrente de ferro que o prende. Melhor nunca se aproximar dessa casa.
    Vizinho № 2: não há nenhum tipo de cerca, mas sempre há um gato em cima do alpendre que observa tudo com um olhar julgador.

  • Cheguei com o vizinho no nosso corredor e presenciei a seguinte cena: ele abriu a porta de casa, bateu suavemente nela e perguntou baixinho: “Posso entrar?”. E só depois de tudo isso, entrou no apartamento. A esposa dele está grávida de 8 meses. © Podslyshano / twitter

  • Não queria falar que moro em um bairro perigoso, mas meus vizinhos roubaram de novo o cesto de lixo do corredor. © epic_fair / twitter

  • Eu tenho uma vizinha que é super fofa e tem vergonha de falar palavrão, por isso, quando vai contar uma história, faz uma pausa. E tenho uma outra vizinha que fala os palavrões por ela. Agora imaginem a cena da sincronização perfeita delas contando uma história. © RZekaSpiewanka / twitter

  • Já cheguei a uma idade que quando passo perto das velhinhas sentadas no banco perto da entrada do meu edifício, sempre falo com um sorriso: “Boa tarde, meninas!”, e elas sempre me cumprimentam de volta. E como já moro aqui há muito tempo e as vovozinhas sempre são as mesmas, isso já virou uma situação cotidiana. Um dia, como sempre, passei perto delas, as cumprimentei e segui meu caminho. Escutei depois como uma delas, claramente novata ali e um pouco surda, perguntou gritando:

    — Quem é esse?

    — Esse é o velhinho que mora no 5º andar.

    — Sério?!

    — Sim, ele cumprimenta todas as mulheres com um sorrisão. Coitada da esposa!

    — Todos os homens são iguais — completou a outra.

    E foi assim que eu, aos 70 anos, me tornei um “mulherengo”. © PivBear / pikabu

  • Eu realmente queria ser uma pessoa gentil, alegre, e ter qualquer outra dessas qualidades positivas, mas tem cocô do gato do vizinho no meu tapete de entrada. © PlagueIsComing / twitter

  • Meu vizinho estava, há algumas horas, perfurando a parede com uma furadeira.
    Minha mãe: “Vitor, o vizinho está me irritando com esse barulho”.
    Eu: “Entendido”.
    Fui para meu quarto, liguei a caixa de som e coloquei o volume no máximo.
    A mesa começou a vibrar por causa do volume da música.
    Minha mãe: “Agora vamos ver quem que desiste primeiro”. © chern_ov / twitter

  • Se você fica em casa por 4 dias e por causa disso já se considera antissocial, eu só queria informá-lo de que uma vez fiquei 6 semanas sem, de fato, sair de casa. Os vizinhos chamaram a polícia porque pensaram que eu estava morta. © Wizard_Severus / twitter

  • Meu vizinho de cima após a meia noite: “Tenho de pisar forte no chão. Preciso bater as portas. Preciso consertar os móveis. Tenho de gritar com as crianças”. © mARia_isMY_name / twitter

  • A minha esposa tem um salão de beleza. Ele não é grande, mas já existe há 10 anos. E lá ela também trabalha como manicure. Nós nos mudamos para um bairro nos subúrbios há um tempo e uma vez eu estava na entrada do prédio fumando, quando saiu nossa vizinha, que tem por volta dos 27-28 anos. Segue a nossa conversa:
    — A sua esposa trabalha com quê?
    — Ela tem um salão de beleza, nada muito grande.
    — E como que eu faço para fazer minhas unhas com ela?
    — Você pode ir ao salão, ela te atende lá.
    — Ah não, eu não quero ir ao salão. Ela pode trazer os instrumentos de lá e fazer minha manicure na minha casa hoje à noite. Combinado?
    — Minha mulher não atende em casa.
    A vizinha foi embora em silêncio. No dia seguinte, nós nos encontramos de novo:
    — Por que sua esposa não foi fazer as minhas unhas ontem à noite?
    — Como eu lhe disse, ela não atende em casa.
    — Eu realmente não entendo... qual é o problema? Eu sou a vizinha de vocês, ela não pode fazer minhas unhas em nome da nossa boa relação? Podemos até nos tornar amigas.
    — Minha esposa já tem seus 55 anos e é dona de um salão de beleza. Ela não atende em casa. Entende?
    — Então ela não vai fazer a minha manicure?
    — Vá ao salão, ela só atende lá.
    A vizinha nunca mais nos cumprimentou depois disso. © NeXimik / pikabu

Você já passou por alguma situação estranha com seus vizinhos? Compartilhe com a gente na seção de comentários.

Imagem de capa DELETED / pikabu
3-3-
19k