Incrível
Incrível

15 Celebridades que mostram a importância de sermos gentis com nós mesmos

Recentemente a autoestima e o amor próprio parecem ter virado mercadoria e passaram a ser medidos em curtidas e em fotos retocadas nas redes sociais. Mas será que existe algo de real nessa dinâmica narcisista em que fomos parar? Algumas celebridades dizem que não, e nos lembram que nem tudo que vemos nas redes sociais é o que parece. Afinal de contas, independentemente das fotos maravilhosas, atrás da tela e dos filtros há sempre um ser humano, como qualquer um de nós.

Incrível.club juntou algumas histórias de celebridades que decidiram compartilhar experiências que nos mostram a importância de nos colocarmos sempre em primeiro lugar.

1. Selena Gomez e sua história com o lúpus

Seja após o término de um relacionamento, seja na hora de enfrentar uma doença mental ou o lúpus, a cantora e atriz Selena Gomez sempre foi muito aberta em relação à sua vida pessoal e sempre se mostrou muito honesta com seus fãs sobre a forma como costuma enfrentar os obstáculos que a vida coloca em seu caminho.

Em 2017, ela recebeu um transplante de rim de sua melhor amiga, Francia Raísa, uma segunda chance para viver que ela encarou como um dos maiores presentes que já recebeu. Apesar das constantes flutuações de peso e outros problemas físicos devido à sua condição, Selena Gomez continua fazendo as coisas que mais ama, como cozinhar. E ela também continua cuidando de sua saúde mental.

2. Sarah Jessica Parker e a beleza de envelhecer

O envelhecimento é um processo natural entre os seres humanos do qual Sarah Jessica Parker não tem medo. Ela deixa isso claro ao revelar as rugas de seu rosto em frente às câmeras. Esse comportamento contraria a tendência entre as celebridades, que tentam esconder e reverter o envelhecimento com tratamentos de botox. Sarah afirma se orgulhar de como sua pele veio se transformando ao longo dos anos.

3. Barbie Ferreira: a autoconfiança não tem tamanho

Barbie Ferreria é modelo e atriz plus size e ficou muito famosa por seu papel na série Euphoria, em que faz um autêntico manifesto sobre seu corpo. Embora ela não queira ser reconhecida como uma ativista da “positividade corporal”, ela incentiva seus seguidores a se sentirem confortáveis com seu peso, seja ele qual for.

Barbie compartilha fotos com estrias para provar que isso não é motivo de vergonha. Dentro ou fora de um set de filmagem, a atriz procura sempre se manter real, abraçando seu corpo sem retoques e sem filtros.

4. Kendall Jenner: não existe pele “perfeita”

acne costuma aparecer em adolescentes e muitas vezes deixa cicatrizes na pele. A supermodelo Kendall Jenner parece ter uma pele impecável nas fotos e nas passarelas, mas recentemente ela se abriu sobre sua luta contra as espinhas durante a adolescência.

Kendall revelou que sofrer por essa condição na pele a deixou insegura, sobretudo por causa do padrão “perfeito” que era obrigada a alcançar. No entanto, ela compartilhou sua experiência para mostrar que ninguém é perfeito. Existem muitos tipos de pele e nunca devemos nos deixar guiar pelo que vemos no Instagram.

5. Adele: depressão pós-parto é real

Embora Adele viva quebrando recordes na indústria da música, ela sempre se mantém real quando se trata de sua vida pessoal. Em 2012, quando se tornou mãe, Adele teve de lidar com alguns problemas de saúde mental e depressão pós-parto. Contudo, ela afirma que seu filho Angelo se tornou sua grande prioridade desde que nasceu.

Adele reconhece que esse foi um capítulo importante em sua vida, mas afirma também que a falta de tempo para cuidar de si mesma fez com que ela perdesse a identidade e a capacidade de ter uma vida própria. Embora a maternidade muitas vezes possa ser romantizada, a verdade é que há muito mais por trás dela. Claro que cada mulher vive esse momento de uma forma, mas é importante destacar que a depressão é algo que existe e não deve ser escondido.

6. Bella Hadid: nem tudo que vemos nas redes sociais é real

As redes sociais podem enganar, e quando você passa 24 horas no centro das atenções, Hollywood perde todo seu glamour. Nessa dinâmica, para Bella Hadid a saúde mental é um tema que ganha ainda mais destaque. A modelo se abriu sobre seus problemas de ansiedade e contou que lida com problemas de saúde mental para mostrar aos seus fãs que eles não estão sozinhos.

Ela revelou que o processo de “cura” tem seus altos e baixos. Mas a principal força que Bella Hadid descobriu nesse processo é que ela não está sozinha. O que as pessoas veem em uma imagem tem muito a dizer, e aceitar nossas inseguranças é parte do processo.

7. Alicia Keys: é ótimo não usar maquiagem

Desde 2016 Alicia Keys decidiu abraçar sua beleza natural e parou de usar maquiagem para a sessão de fotos do novo álbum, revelando assim o seu verdadeiro “eu”. Desde então, ela tem sido uma defensora da aparência natural e não se arrependeu.

Mesmo quando está no tapete vermelho, Alicia Keys é uma musa da beleza natural que nos inspira a abandonar o corretivo por algum tempo e a realçar nossos traços sem as muitas camadas de maquiagem.

8. Camila Cabello e a aparência de uma mulher real

Nossos corpos mudam muito ao longo do tempo, e isso pode acontecer pelos mais diferentes motivos. Nessa dinâmica, Camila Cabello nos ajuda a lembrar que não devemos ser duros com nós mesmos e não devemos brigar com nossos corpos.

Em 2021 ela sentiu vergonha do próprio corpo, não se conteve e respondeu aos comentários negativos que recebeu com uma mensagem inspiradora para todas as mulheres. Todos nós temos celulite, curvas e estrias. Tudo isso nos torna humanos. Em vez de tentar encobrir as inseguranças, devemos possuí-las.

9. Chrissy Teigen se abriu sobre sua perda

Chrissy Teigen é uma mãe que adora compartilhar os bastidores da maternidade em suas redes sociais. No entanto, no final de setembro de 2020 sua vida mudou após sofrer um aborto.

Chrissy compartilhou a experiência de perder um bebê em um bonito relato e acrescentou que escrever sobre o ocorrido a ajudou a processar suas emoções. Depois de um ano da perda, ela ainda está se recuperando e tenta encontrar apoio na família. Cada um de nós vive os dramas que a vida nos apresenta de uma forma diferente, mas é importante saber que podemos procurar ajuda nas pessoas que nos amam.

10. Ashley Graham: o corpo muda durante a gravidez

A transformação do corpo durante a gravidez é um tema que Ashley Graham gosta de abordar ao falar sobre aceitação. Durante sua gravidez (de gêmeos), a modelo aproveitou para compartilhar com seus fãs o real processo de como o corpo vai mudando.

Ashley Graham nos lembra que trazer um novo ser humano ao mundo é um processo que vem acompanhado de estrias, terapia, flutuações de peso e muito mais.

11. Meegan Thee Stallion: pedir ajuda é um ato de coragem

Meghan Thee Stallion é uma das vozes mais fortes do rap, mas essa força artística não a torna menos humana, e ela deixou isso claro ao nos mostrar que não há nada de errado em pedir ajuda. Quando era adolescente, Meghan perdeu o pai; em 2019, perdeu a mãe após uma batalha contra um câncer no cérebro.

Apesar dos mitos que cercam a palavra “terapia”, Meghan sempre soube que deveria pedir ajuda se começasse a se sentir sozinha. Ela é uma prova de que reconhecer que precisamos de ajuda é um ato de coragem que nos fortalece.

12. Bebe Rexha: saúde mental é um tema real

Não é fácil falar abertamente sobre um problema pessoal e sobre saúde mental, mas ao fazer isso nos sentimos mais livres, e foi exatamente isso que aconteceu com Bebe Rexha.

Em 2018, ela foi diagnosticada com transtorno bipolar; embora no início fosse difícil reconhecer que havia algo de errado, ela encontrou forças para enfrentar essa condição. E ela mostrou como é importante falar sobre isso com os outros, para que pessoas que vivem com problemas semelhantes não se sintam sozinhas.

13. Iskra Lawrence: o amor vem de dentro, não de uma dieta

Iskra Lawrence é uma modelo britânica que afirma que a felicidade não é um número em uma escala. Quando Iskra começou sua carreira de modelo, ela confessou ter um distúrbio alimentar e dismorfia corporal. Ela media seu sucesso em calorias e se esforçava para se encaixar nos padrões da sociedade.

Assim que abandonou as dietas restritivas, encontrou em si mesma o amor que tanto procurava. A modelo decidiu compartilhar sua história na esperança de que mais mulheres que lidam com transtornos alimentares possam compartilhar suas experiências e transformar o debate em uma conversa honesta em direção a mudanças importantes.

14. Drew Barrymore: maternidade é aprendizado

Drew Barrymore é mãe de duas filhas e sabe que ser mãe não significa ter todas as respostas. Ela pode ser atriz e escritora e até estrelar seu próprio talk show, mas quando se trata de maternidade, ela se mostra muito humilde.

A verdade é que quando o assunto é maternidade não existe melhor conselho do que seguir seus próprios instintos. Para Drew, encontrar as respostas sobre a maternidade é um processo diário.

15. Simone Biles e a importância de nos colocarmos sempre em primeiro lugar

Priorizar a saúde mental deveria ser uma obrigação. Mesmo em situações complicadas, nada é mais importante do que cuidarmos de nós mesmos. Simone Biles, a grande campeã de ginástica artística, viveu um processo difícil e muito desafiador ao tomar a decisão de desistir de participar de uma final nas Olimpíadas de Tóquio em 2021.

Ela fez isso em respeito à sua saúde mental. Por meio desse ato de autopreservação, Simone mostrou a importância de nos colocarmos sempre em primeiro lugar, apesar das expectativas.

O que você achou dessas histórias e qual é a sua opinião sobre a importância de nos colocarmos sempre em primeiro lugar? Conte nos comentários.

Incrível/Gente/15 Celebridades que mostram a importância de sermos gentis com nós mesmos
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos