Incrível
Incrível

13 Expressões da língua inglesa que ficariam bem confusas em português

Existem diversas frases e expressões da língua portuguesa intraduzíveis para outros idiomas. Mas você já parou para pensar em termos no inglês que, se traduzidos ao pé da letra, são quase impossíveis de entender?

Talvez você já tenha encontrado alguns desses bordões pela internet ou escutado alguém falar perto de você e ter ficado, literalmente, de queixos caídos — afinal, não deve ter entendido bulhufas.

Pensando nisso, o Incrível.club reuniu algumas expressões da língua inglesa que não são nada fáceis de serem compreendidas se não soubermos o seu significado. Venha com a gente e aprenda um pouco mais sobre o idioma.

Embora a expressão seja bem estranha e pareça um trava-língua para nós, saiba que o significado é bem curioso e não passaria tão cedo pela nossa cabeça — já que parece um nome de jogo ou algo indecifrável. A palavra é nada mais do que uma notação matemática da oitava potência de um número — seu nome peculiar vem daí.

2. Onívoro Digital (Digital omnivore)

Talvez você tenha se perguntado, mas o que significa onívoro digital? Um tipo de dinossauro digitalizado? Espera aí que vamos explicar! São pessoas que adoram passar o tempo em seus dispositivos tecnológicos, como por exemplo celulares, computadores ou tablets, e estão o tempo todo com eles, acessando várias coisas nos diferentes aparatos eletrônicos em um determinado momento do dia.

3. Salada de vela (Candle salad)

Uma coisa para lá de curiosa é a tal da salada de vela, que é literalmente o que a própria frase diz. Sim, é uma salada de frutas ou de hortaliças com um tipo de vela feita de alguma fruta, colocada sobre a salada. Vai que essa moda pega no Brasil?

4. Ganso de guarda (Guard goose)

Talvez estas frases tenham se passado pela sua cabeça: “Como assim um ganso pode ser capaz de ser guarda? Oi?” E sim, nós também ficamos confusos, mas saiba que a expressão é realmente o que se entende — os gansos de guarda são domesticados para proteger fazendas ou outros lugares. Quase um cachorro que faz quack.

5. Tempestade de cérebro (Brainstorm)

Em muitos trabalhos formais se usa a expressão “brainstorm” e, na maioria das vezes, a gente nem pensa o que isso realmente significa, só seguimos o fluxo do trabalho e participamos das reuniões. Mas, e se te contarmos que a tradução literal da palavra é algo como “tempestade de cérebro”? Embora não exista uma tradução fiel e não seja nada do que a palavra sugere, o brainstorm é quando as pessoas discutem ideias para chegar em uma conclusão, algo como “duas cabeças pensam mais do que uma”.

6. Um pedaço de bolo (It’s a piece of cake)

Já pensou se um dia você viaja para algum lugar onde a língua materna é inglesa e escuta a expressão “It’s a piece of cake”? Teoricamente, você ficaria confuso ao traduzir para “é um pedaço de bolo” e ver que a pessoa não tem o alimento nas mãos. Mas fique calmo, o significado da frase é: “isso é moleza”, literalmente.

7. Deixe o gato fora da bolsa (Let the cat out of the bag)

Deixar o gato para fora da bolsa, como assim, Brasil? Sim, essa expressão existe na língua inglesa e, assim como as outras citadas acima, não possui uma tradução literal. Porém, ao olharmos a descrição do bordão, podemos traduzir para o português como “dar com a língua nos dentes” ou “contar algum segredo que não deveria ser revelado”.

8. Roubar o trovão de alguém (Stealing thunder)

Steal vem do verbo roubar e thunder significa trovão. Para bons entendedores do português, se juntarmos as duas palavras teremos algo como roubar o trovão, que não faz o menor sentido na nossa língua materna, quando na verdade significa roubar a ideia de alguém. Em meados de 1700, o dramaturgo John Dennis percebeu que a ideia da sua máquina de trovão havia sido roubada e utilizada na peça Mcbeth, e foi daí que surgiu essa expressão.

9. Bater em volta do arbusto (Beat around the bush)

Outra frase para lá de confusa... Mas não se engane, entenda o contexto com a gente. Segundo o dicionário, você pode usar essa expressão para aquela pessoa que fica fazendo rodeios, enrolando, e que nunca vai direto ao ponto.

10. Latir em frente à árvore (Barking up the wrong tree)

Essa expressão nos remete a cachorros que, muitas vezes, param em frente a uma árvore e começam a latir sem mais nem menos. Mas isso não tem nada a ver com o verdadeiro significado da frase. A verdadeira tradução seria algo como “bater na porta errada”, “falhar em algo”, pois, assim como os doguinhos, também cometemos o erro de “latir” no portão errado, se é que nos entendem.

11. Isso custa o braço e a perna (An arm and a leg)

A frase “isso custa os olhos da cara” é bem popular no nosso país, mas saiba que ela também existe na língua inglesa e, em tradução literal, seria “isso custa o braço e a perna”. Bom, talvez esses membros corporais custem mais do que os nossos olhos em outros países.

12. Chame isso de dia (Call it a day)

Aqui no Brasil, quando terminamos um trabalho ou finalizamos algo, simplesmente avisamos que o serviço está completo — ou alguma outra frase dependendo da região onde você reside — mas no exterior eles costumam dizer “call it a day”, cuja tradução seria “chame isso de dia”. É bem confuso, né? Porém, agora que você sabe o que significa, não ficará desnorteado quando ouvir esse bordão.

13. Batata de sofá (Couch potato)

Uma batata de sofá também é de deixar o nosso queixo caído, imaginando o que pode significar e, não, não é uma batata sobre um sofá. A expressão se refere a pessoas que ficam o dia todo no sofá vendo televisão e comendo comidas que não são nada saudáveis. E você, também é um “couch potato” (batata de sofá)?

Você já se deparou com algumas dessas frases que citamos? Conhece alguma expressão curiosa que esquecemos de mencionar? Conte ao Incrível.club nos comentários 😉.

Incrível/Gente/13 Expressões da língua inglesa que ficariam bem confusas em português
Compartilhar este artigo