Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

8 características diferentes que alguns países acham lindo

--1-
25k

Todo lugar tem o seu ideal de beleza, que pode variar drasticamente de país para país e até de região para região. Isso mostra mais uma vez que não existe um só padrão para o que é considerado belo. Neste post, o Incrível.club convida você a conhecer o que é considerado lindo e atraente em diferentes países.

Dentes tortos

Japão

Nos países ocidentais, um sorriso com dentes alinhados é considerado bonito e isso parece ser um padrão de beleza universal. Mas não no Japão, está na moda o 'yaeba', o chamado dente torto. Acredita-se que, por causa dos dentes tortos, o rosto se torna incrivelmente terno. No Japão, por causa dessa tendência, meninos e meninas fazem fila nos consultórios odontológicos.

Rosto em forma de coração

Coreia do Sul

Na Coreia do Sul a cirurgia plástica não só é popular, mas é considerada algo normal. Por toda o país, existe publicidade sugerindo que as mulheres melhorem sua aparência utilizando um bisturi.

Um dos principais sinais de beleza neste país é o rosto em forma de coração. Por isso, os coreanos passam por cirurgias complicadas: primeiro os ossos do queixo são quebrados e divididos em três partes, a parte do meio é removida, as outras duas estão são unidas criando um queixo pontiagudo. Depois é moldada uma nova linha do queixo.

Após a cirurgia, as pessoas não podem comer alimentos sólidos por um longo tempo e, além disso, o rosto pode reagir dolorosamente dependendo do clima.

Sobrepeso

Mauritânia

As mulheres mauritanas não têm a menor chance de atrair a atenção dos homens se seus abdomens não tiverem dobras de gordura.

Para as meninas chegarem ao tamanho necessário numa certa idade, os pais as enviam para fazendas especiais para que ganhem peso. Elas podem consumir até 16 mil calorias por dia (quando o normal para a idade seriam 1.500 calorias). Por causa dessa tradição, muitas meninas sofrem de problemas gástricos.

Curativos cirúrgicos no rosto

Irã

O Irã é a verdadeira capital da rinoplastia. Apesar do alto custo do procedimento, homens e mulheres estão dispostos a fazer qualquer coisa para ter um nariz reto: para eles, isso não é só a beleza, mas representa um certo status social.

Mas o fato mais estranho não é esse. Se você não tiver feito rinoplastia, pode andar com uma faixa cirúrgica pela rua, para que todos pensem que você passou por uma cirurgia plástica no nariz.

Pele branca

China, Tailândia

Em muitas partes da Ásia, a pele branca é considerada padrão de beleza. Se você vai a uma loja para comprar um produto para cuidados faciais, será difícil encontrar algo sem o efeito clareador. Isso também se aplica aos cremes masculinos. Muitos chineses não vão para a praia sem suas máscaras para se proteger do sol. Surpreendente diante de nossa cultura, em que a pele bronzeada costuma ser sinal de beleza.

Testa larga

Povo fulani

O principal enfeite das mulheres da tribo africana Fulani é a testa larga. Portanto, as mulheres fulani, por vezes, removem uma parte do cabelo de parte da cabeça, para criar a ilusão de ter uma testa grande.

Algo semelhante existia na Europa medieval, quando as mulheres prendiam quase metade de seu cabelo de cima, na altura da testa.

Pescoço comprido

República da União de Myanmar (ou Birmânia)

Uma das regiões da Birmânia Oriental é chamada de 'o país de mulheres girafas'. Aqui vive a tribo padaung, cujas mulheres usam anéis de bronze no pescoço. Acredita-se que, quanto mais longo for o pescoço melhor.

Segundo a lenda, estes anéis protegem mulheres dos tigres, mas, na realidade, esta prática ajuda a preservar a identidade tribal.

Sobrancelhas juntas

Tajiquistão

Em algumas regiões do Tajiquistão, um dos padrões de beleza feminina são as sobrancelhas unidas. Se a natureza não dotar a menina de sobrancelhas espessas, ela pode fazer isso com lápis preto.

Os moradores acreditam que a monocelha é sinal de originalidade e de um destino favorável.

Algumas dessas tradições de beleza parecem exóticas e outras, uma barbaridade, mas o que aconteceria se analisássemos as nossas próprias tradições? Furar as orelhas para colocar brincos e piercing, caminhar com sapatos de salto alto desconfortáveis, para que as pernas pareçam mais longas. Por acaso isso também não é estranho?

--1-
25k