Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15+ Regras de higiene pessoal que vão tornar você o louco da limpeza

Escovar os dentes ao menos 2 vezes por dia, lavar as mãos antes de comer, cortar regularmente as unhas — aprendemos todas essas regras de higiene na infância. Porém, existem muitas outras que os médicos há muito tentam nos convencer de sua importância, como, por exemplo, tocar o rosto o mínimo possível, trocar a roupa de cama uma vez por semana e não limpar os ouvidos com os famosos cotonetes.

Incrível.club percebeu que, frequentemente, todos cometemos erros de higiene pessoal que podem causar até algumas doenças.

16. Lavar o rosto no chuveiro

Quando tomamos banho, costumamos lavar o rosto debaixo do jato de água, mas esse ato, aparentemente inofensivo, pode ter um impacto na saúde da pele. A água quente combinada com a pressão do jato danifica nossos poros e rompe a camada de proteção da pele.

15. Armazenar produtos orgânicos incorretamente

Hoje em dia, cosméticos orgânicos estão se tornando cada vez mais populares. Entretanto, nem todo mundo sabe como usá-los e armazená-los corretamente. Esses produtos mais saudáveis não são destinados a ser armazenados no banheiro (naquelas famosas prateleiras), e seu prazo de validade é, geralmente, de apenas alguns meses.

14. Limpar o suor com as mãos

Muitas vezes, quando suamos, tiramos o suor com as próprias mãos, porque nem sempre temos lenços disponíveis. No entanto, este hábito pode causar irritação, acne e cravos na pele. Afinal, cada centímetro quadrado da pele da nossa mão contém cerca de 1.500 germes, e metade deles permanece lá mesmo após a lavagem. Por isso, vale a pena ter sempre por perto lencinhos de papel ou uma toalha para que não se toque o rosto com as mãos.

13. Não lavar as mãos após contato com animais

Nossos amiguinhos de quatro patas podem transmitir cerca de 150 infecções bacterianas ou virais. A propósito, dos 1.415 micro-organismos patogênicos que causam danos à saúde humana, 61% podem ser encontrados na pele e nas patas dos animais de estimação. Inclusive, você deve lavar as mãos se entrar em contato com os brinquedos, gaiola ou até mesmo a ração dos bichinhos de estimação.

12. Deixar os pincéis de maquiagem na nécessaire

A bolsa de maquiagem é um ambiente benéfico para o crescimento de bactérias. Todos os pincéis e esponjas armazenados nesse ambiente tornam-se o lar de germes que podem causar irritações na pele, intoxicação alimentar, infecções na corrente sanguínea e pneumonia. Portanto, é melhor armazená-los em um local separado e limpá-los frequentemente.

11. Andar descalço

Ortopedistas acreditam que andar descalço, independentemente do lugar, não é uma boa ideia. E a questão nem é sobre possíveis infecções. Andar sem calçados em superfícies duras pode levar a deformações no pé, devido à distribuição inadequada da pressão.

10. Não lavar os utensílios de cabelo

Células mortas, oleosidade e poeira se acumulam em todos os itens que usamos para o cuidado do cabelo. Assim, pentes, escovas, elásticos e grampos tornam-se terreno fértil para a proliferação de bactérias. Portanto, lave cuidadosamente seus pentes e acessórios para o cabelo todos os meses.

9. Utilizar produtos tóxicos para limpeza

Produtos de limpeza antibacterianos, limpadores de janelas e vidros e até detergentes para lavar louça contêm fosfatos, álcalis, pesticidas, amônia e outras substâncias tóxicas que penetram em nosso corpo, se acumulam no nosso organismo e causam danos. Portanto, recomenda-se utilizar luvas toda vez que iniciar a limpeza e, em seguida, enxaguar abundantemente com água a superfície que foi limpa para eliminar o resto dessas substâncias.

8. Dormir com o mesmo pijama por mais de 7 dias

Dia após dia, bactérias, oleosidade e células mortas da pele se acumulam nos pijamas. Às vezes, causam acne nas costas e ombros, além de cistos nas glândulas sebáceas.

7. Aplicar o hidratante tarde demais

Todos os produtos hidratantes devem ser aplicados imediatamente após sairmos do banho, com o corpo ainda úmido. É assim que retemos a umidade na superfície da pele, todos os cremes hidratantes funcionam assim.

6. Usar sapatos sem meias

Pode estar na moda e ser cômodo, mas nosso corpo não nos agradecerá por essa decisão. A combinação de sapatos mal ventilados, suor e falta de meias cria um ambiente propício para o desenvolvimento de infecções por fungos. Além disso, os sapatos muito apertados podem causar calos, inchaço nos dedos dos pés e unhas encravadas.

5. Não limpar as unhas

Colônias inteiras de bactérias se desenvolvem sob as nossas unhas. O fato é que o sabonete ou as loções antibacterianas não atingem o espaço interior entre a unha e a pele, e os micróbios se reproduzem ali ativamente. Portanto, o ideal é cuidar das unhas pelo menos uma vez por dia usando uma escova para atingir esses locais mais inóspitos.

4. Pentear o cabelo após lavar

O cabelo molhado, quando penteado, se estica e retorna ao seu tamanho original à medida que seca. Se você penteá-lo ainda molhado, fazendo movimentos de alongamento e retração, ele vai ficar muito mais propenso às pontas duplas, e a solução para esse problema é cortar. Para evitar isso, basta pentear antes de lavar. A propósito, isso tira todo o cabelo que iria parar no ralo, evitando assim entupimentos.

3. Deixar as mãos molhadas após lavar

Seque as mãos depois de lavá-las. Em um ambiente úmido, as bactérias se multiplicam muito mais rápido.

2. Usar os mesmos cortadores de unha para a mão e para
o pé

É recomendado manter instrumentos de manicure e pedicure. Assim, não transferimos as bactérias das unhas dos pés para as unhas das mãos e vice-versa.

1. Não lavar as mãos antes de usar o banheiro


Vale a pena começar a pensar em lavar as mãos antes de usar o banheiro. Não importa quão limpas estejam, elas entram em contato direto com suas partes íntimas, e as bactérias que ali estão se moverão para um ambiente propício para seu desenvolvimento.

E que outras regras de higiene pessoal você acrescentaria à nossa lista?

Imagem de capa natasupernova