Incrível
Incrível

14 Sinais dos cabeleireiros que dizem mais sobre as suas habilidades do que qualquer anúncio

Cortar o cabelo pode ser uma experiência estressante para muitas pessoas. Cabeleireiros inexperientes podem arruinar não só o corte, como também o cabelo por medo ou até arrogância. A fim de avaliar o profissionalismo de um especialista, às vezes não é preciso esperar o resultado. Há outras formas e sinais que indicam se um cabeleireiro é bom ou não.

1. Publica as fotos do seu trabalho na Internet

Hoje em dia, os cabeleireiros têm muitas formas de divulgar o seu trabalho com a ajuda das redes sociais. Portanto, antes de escolher um profissional, pode ser uma boa ideia conferir as avaliações e fotos do seu trabalho on-line. Pelas fotos publicadas, deve ficar claro que elas foram tiradas no mesmo lugar e que não foram excessivamente editadas. Caso contrário, há o risco de serem fotos de outras pessoas ou que não correspondem à realidade.

2. Pode avaliar qual tipo de corte é melhor para os clientes

O penteado que melhor se adapta a uma pessoa depende do formato do rosto, do estado e das propriedades das madeixas. Para um cabeleireiro experiente, não será um problema avaliar rapidamente a situação e oferecer recomendações para um bom corte. Por isso, não tenha vergonha e faça perguntas. Você não precisa fazer absolutamente tudo o que a pessoa sugerir, mas se as suas perguntas lhe causam confusão, esse pode ser um sinal de pouca habilidade.

  • Minha cabeleireira me deixou com uma franja, mas que não se adequava em nada ao formato do meu rosto. Agora, estou parecendo uma adolescente que fica grudada no celular o dia todo. Por favor, alguém me diga, honestamente, quanto tempo vai levar para o meu cabelo crescer de novo?? © Dry-Asparagus8365 / Reddit

3. Sabe usar os diferentes tipos de tesouras

À primeira vista, pode parecer que um cabeleireiro precisa de um mínimo de instrumentos para realizar o seu trabalho. Porém, para um corte bem-feito e moderno, o profissional precisa saber usar diferentes tipos de tesouras. Elas podem ser com lâminas longas e curtas, diferentes tipos de dentes e por aí vai. É claro que o cliente não precisa entender todas as nuances, mas o especialista deve saber aplicá-las corretamente, caso contrário, o cabelo que ficará em risco.

  • Meu cabeleireiro usou uma tesoura dentada no meu cabelo encaracolado. Alguns fios agora parecem secos, e outros nem enrolam mais. Eu já lavei o cabelo duas vezes depois de cortá-lo, mas nada mudou! © Assepic / Reddit

4. Penteia o cabelo da forma certa

Alguns cabeleireiros podem ser um pouco grosseiros demais com o pente. E isso se deve a razões diferentes: cansaço, problemas pessoais, falta de treinamento. Um amador pode, por exemplo, não saber desembaraçar o cabelo da forma certa — é preciso pentear o cabelo indo de baixo para cima, aos poucos, e não começar de cima. E é importante também usar pentes diferentes para cabelos molhados e secos.

O motivo da sensação de desconforto também pode ser devido à qualidade do pente. Alguns profissionais preferem economizar e usam produtos de plástico de baixa qualidade. Mas para clientes com couro cabeludo sensível, por exemplo, a melhor opção será um pente com dentes de borracha.

  • Às vezes, pergunto aos cabeleireiros por que eles puxam o cabelo com tanta força. Alguns dizem que estão apenas estressados: não gostam de algum dos colegas ou do chefe do salão, ou porque estão com poucos clientes. Às vezes eles apenas estão com pressa. © Shannon White / Quora

5. Tem instrumentos reserva desinfectados

Os cabeleireiros geralmente usam um líquido azul especial para desinfectar os instrumentos. Mas nos intervalos entre os clientes, enquanto as tesouras, pentes e cortadores estão sendo desinfectados, o profissional deve ter materiais de reserva à mão. Portanto, se você vir diversos instrumentos iguais na bancada, pode relaxar.

6. Lava as mãos após o uso de produtos especiais

É uma boa ideia observar como um profissional trabalha com outros clientes, ou melhor, o que a pessoa faz depois de terminar o trabalho. Se um cabeleireiro usou produtos para fazer um penteado sem luvas, então a pessoa deve lavar as mãos antes de começar a trabalhar com outro cliente. Muitos cabeleireiros optam por não gastar muito tempo no processo de higienização, embora trabalhem de forma adequada. Portanto, muitas vezes, esse ponto pode passar despercebido.

7. Não insiste em fazer um penteado

Muitas pessoas querem um corte que só é possível conseguir com a ajuda de fixadores especiais e um secador de cabelo. Mas nem todo mundo está preparado para fazer tais procedimentos diariamente. Como resultado, o cliente se depara com a infeliz realidade de que suas madeixas perderão a forma após a primeira lavagem.

Para evitar que isso aconteça, é aconselhável informar à pessoa que estiver trabalhando no seu cabelo sobre a sua intenção real e lhe pedir para mostrar como o seu cabelo ficará sem tratamento especial. Um profissional competente não ficará intimidado com essa tarefa, e o resultado será igualmente bom. Uma pessoa inexperiente, por outro lado, pode insistir na estilização e no uso de produtos fixadores, pois assim é possível mascarar um corte ruim de cabelo.

  • Ontem cortei o cabelo e não fiquei feliz. O cabeleireiro o estilizou para esconder o trabalho malfeito, mas hoje ficou óbvio. © marvelousmad / Reddit
  • Uma vez pedi para não fazer penteado, mas a cabeleireira recusou. Ela foi tão insistente. Acho que não sou muito resistente, e ela acabou me convencendo. © nukessolveprblms / Reddit

8. Divide o cabelo em seções antes de começar a trabalhar

No começo, você pode observar como o cabeleireiro irá preparar o seu cabelo antes do corte. A melhor opção é quando a pessoa divide todo o cabelo em seções e começa a trabalhar nelas uma a uma. Separações caóticas e inseguras geralmente indicam que o profissional não tem certeza de como trabalhar com o cabelo. E o corte ficará em risco.

  • Mais uma vez, o cabeleireiro não separou o meu cabelo corretamente antes de cortá-lo. Da primeira vez, pensei que havia sido um erro isolado, mas agora já aconteceu duas vezes. © Clark-KAYble / Reddit

9. Distribui o peso do corte de maneira uniforme

Partes do cabelo “quebradas” ou seções recortadas são sinais de má habilidade. Se notar esse tipo de situação com outros clientes de um profissional, então é melhor evitar essa pessoa. Porém, se você notar isso somente na cadeira do salão, é melhor pedir para parar o corte e tentar consertá-lo em outro salão. Cabeleireiros competentes podem resolver tais problemas.

10. Lava a cabeça antes de cortar cabelos encaracolados e compridos

Algumas pessoas pensam que lavar o cabelo é uma obrigatoriedade nos salões de alto nível. Mas nem sempre isso é necessário. A experiência que irá dizer ao profissional se é ou não importante lavar a cabeça de um cliente antes do corte. Se o corte envolver aparar alguns centímetros ou adicionar movimento ao cabelo, então não é preciso lavar. Mas se estamos falando do corte de cabelos encaracolados, ondulados e compridos, então a situação muda. A água vai ajudar a alinhar os cachos e tornar o processo mais fácil e preciso. Essa é a abordagem correta ao se trabalhar com cabelo em camadas.

11. Não cobra a mais pela lavagem

Em muitos locais, os cabeleireiros não lavam a cabeça antes do corte, mesmo quando é necessário. Certas pessoas acreditam que o procedimento leva muito tempo, por isso o deixam passar. Porém, cabeleireiros que fazem cursos especializados aprendem que a lavagem do cabelo faz parte do serviço e deve ser incluído gratuitamente.

12. Faz os processos na sequência correta

Cabeleireiros de alto nível não apenas são capazes de usar a técnica correta e manusear devidamente os instrumentos. Eles também precisam seguir a ordem correta dos processos — o que para pessoas comuns pode não parecer muito importante. O ideal é quando os profissionais começam pelo corte, e depois passam para o tingimento.

13. Apara as pontas com a tesoura, não com a máquina

Se o objetivo for um corte uniforme, é importante usar uma tesoura. E as pontas devem ser aparadas de forma perpendicular. A máquina pode ser usada para dar textura ao corte, e as extremidades são assim corrigidas sob um ângulo. Profissionais competentes sabem usar os dois instrumentos de acordo com o desejo do cliente. Porém, para cabelos lisos, não é recomendado usar a máquina.

14. Oferece dicas de tingimento

Para algumas cores, é difícil de realizar o tingimento em apenas uma sessão ou quando o cabelo está em mau estado. Por exemplo, o vermelho é mais difícil de se atingir e de manter por um longo tempo. Por outro lado, fazer iluminação por ombré ou alterar o tom para o mais próximo da cor natural são as opções de tingimento mais fáceis em termos de manutenção. Se uma cliente deseja mudar a própria imagem, um profissional de alto nível a advertirá sobre essas nuances.

  • O vermelho desaparecerá mais rapidamente do que qualquer outra cor, especialmente se você não usar um shampoo e condicionador especializados para cabelos tingidos. © ALHEB3 / Reddit

E a que sinais você normalmente presta atenção para saber se vale a pena ou não cortar o cabelo em determinado salão? Comente!

Incrível/Dicas/14 Sinais dos cabeleireiros que dizem mais sobre as suas habilidades do que qualquer anúncio
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos