Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Mudanças que revelam a idade mais que a data nos documentos

Segundo a psicóloga Gail Saltz, o medo de envelhecer é uma das fobias mais comuns que as pessoas experimentam. O fato é que o corpo humano está em constante mudança, adquirindo novas propriedades com a idade. A psicóloga chegou à conclusão de que a única decisão correta é saber com certeza quais mudanças relacionadas à idade de uma pessoa são a norma e quais não são.

Incrível.club decidiu seguir o conselho de especialistas e descobrir como o corpo humano deveria mudar com a idade e o que fazer para que a vida após essas mudanças continue confortável.

1. Perda de sensibilidade nos dentes

Com a idade, os dentes tornam-se menos suscetíveis a alimentos frios e quentes. Embora aparentemente não seja tão ruim, na verdade pode causar uma série de problemas. Segundo a American Dental Association, os nervos dos dentes são comprimidos ao longo dos anos, o que explica a diminuição da sensibilidade. Quando essas mudanças acontecem, a pessoa deixa de sentir os sintomas de doenças, como as cáries.

2. O nariz fica maior

A pessoa cresce em média até aos 18 anos de idade. No entanto, algumas partes do corpo, como o nariz, continuam a crescer ao longo da vida. Isto se deve a mudanças nos tecidos moles, músculos e cartilagem que compõem sua estrutura básica. Ao contrário do osso, a cartilagem continua a crescer com o tempo. Um aumento maior ocorre no período entre os 50 e os 60 anos. Além disso, a ponta do nariz tende a cair com a idade.

3. Os quadris ficam mais estreitos

A perda de líquido nas células do corpo que ocorre com a idade causa uma metamorfose visível da figura. Muitas vezes, a silhueta do corpo feminino muda de “pera” (cintura fina, quadris largos) para “maçã” (cintura larga, quadris estreitos). No caso dos homens, a diminuição dos níveis de testosterona durante o envelhecimento também afeta a distribuição de gordura e a circunferência dos quadris, que geralmente reduzem seu volume.

4. Os cílios ficam mais curtos

Cuidados inadequados da pele ao redor das pálpebras, problemas na glândula tireoide, reações alérgicas do corpo: estes são os fatores mais comuns que afetam a espessura e o comprimento dos cílios. A despeito desses fatores, os cílios sofrem alterações. Segundo as pesquisas, 44% dos homens e mulheres notam que, ao longo dos anos, os cílios ficam mais finos e curtos.

5. A libido aumenta

Com a aproximação da menopausa, o equilíbrio hormonal se torna instável. Os cientistas acreditam que, dessa maneira, a natureza aumenta a probabilidade de procriar: a função reprodutiva diminui, mas, por outro lado, a libido aumenta. Segundo os psicólogos, isso acontece na faixa dos 40 anos, algo que que se consegue também graças ao equilíbrio mental: as crianças são mais independentes, a corrida é estável. Além disso, o medo de gravidez indesejada diminui.

6. Aumenta o tamanho do pé

Os ortopedistas afirmam que, com a idade, o pé fica mais achatado, o que significa que aumenta em comprimento e largura. Isso se deve ao fato de que os ligamentos e tendões enfraquecem com o tempo. Consequentemente, muitas pessoas têm que escolher sapatos de 1 a 2 números maiores do que alguns anos atrás.

7. As sardas desaparecem

As sardas são encontradas mais frequentemente em pessoas de pele clara e ruivas. Como regra geral, elas aparecem na infância, adolescência ou idade precoce. Segundo os especialistas, ao longo dos anos as sardas se tornam muito menores e, às vezes, desaparecem completamente.

8. As impressões digitais se transformam

Ao longo dos anos, a perícia em todo o mundo considerou que as impressões digitais de uma pessoa são para a vida toda. No entanto, em 2015, os cientistas realizaram um experimento em grande escala. Eles processaram os dados de mais de 15 mil pessoas que regularmente deixaram suas impressões digitais na delegacia de polícia. Descobriu-se que não apenas traumas (como cicatrizes) podem transformar linhas papilares, mas também a idade.

9. A percepção das cores sofre mudanças

Esta foi a conclusão a que chegaram cientistas americanos que examinaram 900 pessoas entre 58 e 102 anos de idade. Acontece que as alterações oculares relacionadas à idade criam um efeito de filtro amarelo nos olhos humanos, o que dificulta a distinção das cores: azul violeta e verde amarelado.

10. O sabor dos alimentos muda

Com a idade, a renovação das papilas gustativas na língua diminui. Segundo especialistas, essa particularidade afeta a percepção da comida. Portanto, os casos são frequentes quando uma pessoa que é jovem não acha alguns alimentos saborosos, e depois eles parecem uma iguaria. As mudanças dos gostos gastronômicos nas mulheres começam aos 50 anos, e no caso dos homens, a partir dos 60 anos. A propósito, as pesquisas indicam que o queijo de cabra, os feijões e os pepinos se transformaram nos alimentos mais populares entre os idosos.

Bônus: sensação de felicidade

Apesar de tudo isso, os idosos sentem-se mais felizes. Esta é a conclusão a que chegaram os cientistas de San Diego. O estudo envolveu mais de 1.000 homens e mulheres com idades entre 50 e 99 anos. Isso acontece porque, com a idade, mesmo enfrentando certos problemas, as pessoas veem a vida de forma mais positiva que os jovens.

Você conhece mais mudanças no corpo que a idade revela?

Ilustradora Natalia Okuneva-Rarakina exclusivo para Incrível.club