Incrível
Incrível

Blogueira fitness explica por que pesar menos não significa viver melhor

Recentemente, uma blogueira fitness chamada Kate mostrou em sua conta no Instagram chamada “Estilo de vida dedicado” como ela mudou nos últimos 6 anos. Em um primeiro momento pode parecer que a ordem das fotos está errada, mas não, a ordem é exatamente essa. Em vez de ficar mais magra, Kate passou a ser uma mulher com curvas e decidiu contar por que isso a deixou mais feliz.

Incrível.club admira pessoas como Kate: corajosas e que não têm medo de mostrar ao mundo os seus verdadeiros sentimentos. Esperamos que a história dela também sirva de inspiração para você.

No dia 8 de janeiro, Kate publicou uma foto sua em 2014 e outra em 2020. As fotos deixam claro que ela passou por muitas mudanças durante esses 6 anos, No entanto, a história dela, diferentemente de muitas que lemos na Internet, não é sobre a perda de peso. Essa australiana mudou a maneira de pensar e decidiu se aceitar como é. Ela parou de seguir os padrões de beleza e descobriu sua própria maneira de ser feliz.

O comentário dela ao publicar a foto explica tudo e é realmente muito inspirador. Com a autorização da autora, queremos compartilhá-lo com você:

"Acho muito difícil olhar para minhas fotos antigas e me lembrar dessa garota 💔. Não porque eu queira ser assim de novo ou porque me compare com ela, mas porque ela me lembra de como eu estava obcecada.

Ela me lembra de quando eu recusava convites para festas para não ter de comer fora de casa. Ela me lembra de uma época em que eu não saía com meus amigos, familiares e nem com meu marido porque a academia vinha sempre em primeiro lugar. Me lembra das pesagens diárias, das compulsões secretas e do desejo constante de querer ser mais magra.

E querem saber de uma coisa? Ela me lembra de como eu era triste. E de como é sentir que eu nunca era boa o suficiente.

Eu posso afirmar que pesar menos não significa ter uma vida melhor. Felicidade, satisfação e objetivos de longo prazo não têm nada a ver com perder peso.

Hoje sei que é melhor ter curvas, estar livre da cultura da dieta e ter liberdade de escolher os alimentos do que ser magra, viver consumida pelo desejo de pesar menos, ver os números diminuírem todos os dias e contar as calorias até de uma folha de alface.

Lembre-se de que, às vezes, ganhar peso é simplesmente uma consequência de viver a sua melhor vida, e que ’saudável’ não significa o mesmo para todo mundo. Talvez tenha chegado a hora de você confiar na sua vida e começar a fazer o que realmente quer."

Hoje, Kate se sente muito feliz com a sua aparência e não tem vergonha de postar suas fotos nas mídias sociais.

O que você achou da história de Kate? Você acredita que chegou a hora de pararmos com a obsessão por corpos perfeitos aos olhos da sociedade? Compartilhe a sua opinião nos comentários.

Compartilhar este artigo