Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

7 Razões pelas quais uma das suas pernas pode se tornar mais curta do que a outra

3-11
798

Embora isso seja raro, é perfeitamente possível que as pernas de uma pessoa tenham comprimentos diferentes. Algumas já nascem assim, mas é um pouco difícil de detectar até ficarem mais velhas. Outras têm essa condição por causa de alguns incidentes responsáveis por atrofiar a perna ou por fazê-la crescer de maneira desigual. Às vezes, simplesmente não existe motivo conhecido.

Nós, do Incrível.club, queremos mantê-lo informado sobre sua saúde, por isso estamos compartilhando todos os motivos pelos quais uma das suas pernas pode ser mais curta do que a outra.

1. Lesão óssea

Uma perna quebrada pode acabar crescendo em uma direção diferente, especialmente se quebrou em vários pedaços ou se o tecido muscular foi prejudicado. O que é interessante é que quebrar um osso nem sempre prejudica seu crescimento, há momentos em que o processo de cura o faz ficar anormalmente grande.

2. Lesões relacionadas ao esporte

As crianças, sobretudo durante a prática de esportes, correm o risco de ter o crescimento dos seus membros atrofiados, uma vez que possuem placas de crescimento que se tornam ossos sólidos ao atingirem a idade adulta. Esportes de contato, como futebol, handebol e até mesmo jogos recreativos simples, como skate e esqui, são especialmente arriscados.

3. Uso excessivo dos membros

Ao praticar esportes, o simples uso excessivo dos braços e das pernas pode causar estresse crônico dos seus membros. Nos braços, pode causar um problema nos ligamentos do ombro, por exemplo. Lembre-se de que os esportes não são ruins, apenas evite praticar a mesma modalidade durante o ano todo.

4. Quedas

Acidentes, de uma forma geral, como uma queda ou uma colisão, podem impactar os ossos de diferentes maneiras, e o trauma pode fraturar especialmente as placas de crescimento ósseo nas crianças. Os acidentes também podem lesionar a medula espinhal de uma pessoa, que, por si só, pode levar à perda óssea severa.

5. Atividades arriscadas

Muitas atividades infantis comuns, até mesmo pular em um brinquedo inflável ou em um trampolim, podem ser mais arriscadas do que as pessoas imaginam. As brincadeiras no trampolim são conhecidas por causar quedas, fraturas e até ferimentos graves na coluna vertebral. Sempre se certifique de que as atividades dos seus filhos sejam seguras e bem monitoradas.

6. Postura irregular

Você já deve ter ouvido falar que a má postura pode fazer com que suas pernas fiquem desiguais. Apesar da crença popular, a postura irregular só causa escoliose postural, que na verdade não dói ou deforma os ossos, além de ser completamente reversível com treinamentos e exercícios adequados.

7. Doenças

Existem muitas condições e doenças que afetam o modo como os ossos crescem, como tumores que podem surgir nas placas ósseas ou o crescimento de cartilagem nos ossos. Até mesmo as doenças que afetam o sistema nervoso podem retardar o crescimento ósseo.

Você conhece algum outro problema relacionado às pernas? Por favor, compartilhe suas histórias conosco nos comentários!

3-11
798
Compartilhar este artigo