Incrível
Incrível

Como fazer 6 doces que marcaram a nossa infância

Entre as coisas que mais marcam a infância de uma pessoa estão as guloseimas que ela prova e adora durante essa época. Antigamente, os doces de vó eram um sucesso, mas aos poucos surgiram diversas opções que também mexeram com nossos corações de criança e deixaram saudades em quem já saiu dessa fase. Ainda bem que a internet revelou certos segredos e agora podemos fazer muitas dessas delícias em casa, revivendo sabores nunca esquecidos.

Nós, do Incrível.club também somos loucos por doces e sentimos muitas saudades de algumas dessas delícias do passado. Por isso, reunimos as receitas de alguns dos melhores. Confira!

1. Pirulito de coração

Um clássico das escolas brasileiras nos anos 90 e 2000, quando era uma verdadeira mania. Esse pirulito é muito fácil de preparar e barato, o que provavelmente ajudou a popularizá-lo nos recreios pelo país afora. Muito doce, praticamente derrete na boca, deixando as crianças literalmente apaixonadas por ele.

Para fazer o pirulito de coração é preciso a forma e os palitinhos, que podem ser facilmente encontrados na internet, em lojas de artigos para festas ou em bombonieres (sim, elas ainda existem).

Ingredientes:

  • 2 xícaras de açúcar;
  • 3/4 de xícara de glucose de milho clara;
  • 1 xícara de água;
  • Suco de um limão-cravo (coado) ou uma essência de sua preferência;
  • Corante a gosto;
  • Forma de pirulito de coração;
  • Palitos de pirulito;

Como fazer:

  • Junte todos os ingredientes em uma panela e deixe em fogo médio sem mexer, até que a mistura se torne uma calda com o ponto parecido ao de uma bala dura. Enquanto isso, encaixe os palitos dos pirulitos nos espaços da forma;
  • Quando estiver no ponto, distribua a mistura na forma, preenchendo os espaços dos corações. Depois, é só esperar secar e desenformar.

2. Geladinho

Geladinho, sacolé, gelinho, chup-chup, juju, dindim, tabú, não importa o nome, esse é um dos doces mais queridos de todo o Brasil. Atualmente, existem diversas versões — como gourmet, com pedaços ou com casquinha — mas naquele tempo o popular era o “da fruta”, que se resume a um suco congelado, sendo também a opção mais saudável.

Ingredientes:

  • Suco de sua preferência adoçado;
  • Saquinhos para geladinho;

Você também pode fazer o geladinho cremoso de coco, que também é muito fácil.

Ingredientes:

  • Coco fresco ralado a gosto;
  • 1 caixa de leite condensado;
  • 750 ml de leite integral;

Como fazer:

  • Processe os ingredientes no liquidificador por cerca de 30 segundos;
  • Encha os saquinhos com a mistura, deixando espaço para dar um nó;
  • Dê um nó para fechar a ponta do saco e deixe no freezer por uma hora.

3. Maria-mole na casquinha

Algumas crianças que ainda não conheciam ficavam decepcionadas ao saber que não era sorvete, mas mesmo assim se contentavam porque também é muito gostoso. Esse doce costumava ser vendido nos parques e na porta das escolas e geralmente vinha com uma bexiga de brinde.

Ingredientes:

  • 1 caixa de gelatina de sua preferência;
  • 50 gramas de gelatina sem sabor em pó;
  • 2 xícaras de açúcar refinado;
  • 100 gramas de coco ralado;
  • 300 ml de água;
  • Casquinha de sorvete.

Como fazer:

  • Hidrate a gelatina sem sabor na água por 10 minutos e depois adicione a gelatina com sabor;
  • Deixe essa mistura no fogo em banho-maria até dissolver a gelatina completamente;
  • Passe a mistura para a tigela da batedeira e coloque o açúcar, deixe bater por 20 minutos;
  • Coloque a massa em um saco de confeitar e preencha as casquinhas de sorvete;
  • Finalize polvilhando coco ralado por cima;

Você pode dar um toque a mais, colocando uma bexiga em cima da maria-mole antes de secar.

4. Caramelos de leite

Essas pequenas preciosidades costumavam ser vendidas em cubinhos soltos ou nos famosos pacotinhos da Nestlé. Esse caramelo derrete lentamente na boca, mas a maioria de nós mastigava até não sobrar nada, afinal, era quase impossível resistir a esse impulso. Sem dúvida, é um dos mais queridos na memória afetiva das crianças da época.

  • 2 xícaras de açúcar;
  • 2 colheres de sopa de mel;
  • 1 colher de sopa de chocolate em pó;
  • 1 e ¼ de xícara de leite;
  • 1 colher de chá de manteiga;
  • 1 colher de café de bicarbonato de sódio.

Como fazer:

  • Misture todos os ingredientes em uma panela, menos o bicarbonato de sódio, e leve ao fogo, mexendo até derreter o açúcar;
  • Depois, deixe a mistura ferver, sem mexer, até que fique uma calda no ponto de um fio grosso;
  • Então, leve à batedeira, coloque o bicarbonato e deixe bater até que fique no ponto de uma bala dura;
  • Agora, despeje e abra essa massa em uma superfície fria untada com óleo, de preferência de pedra, e espere esfriar um pouco;
  • Corte a massa na horizontal e na vertical, formando os cubinhos, e espere esfriar completamente antes de comer.

5. Petit suisse de morango (ou Danoninho mesmo?)

Um morador permanente dos corações de quem sempre terá uma criança dentro de si. Esse doce tem um cantinho especial na nossa memória, talvez por nos remeter principalmente à primeira infância, um tempo bom no qual ele era a recompensa maior. Nessa versão caseira, você só vai sentir falta de lamber a tampinha.

Ingredientes:

  • 1 caixa de leite condensado;
  • 2 caixas de creme de leite;
  • 1 pote de iogurte natural;
  • 1 envelope de suco em pó sabor morango.

Como fazer:

  • Junte todos os ingredientes no liquidificador e bata até virar um creme homogêneo;
  • Então, coloque em uma vasilha tampada e deixe na geladeira por 4 horas. Depois, é só servir.

6. Bolacha de leite recheada (ou Passatempo?)

Bolacha ou biscoito? Tanto faz! O que importa é que esse lanche é mais um daqueles que marcou uma geração com a receita e o formato — massa de leite quadrada com recheio de chocolate —, além de seus icônicos desenhos na bolacha. Existiam de diversas marcas, sendo que o mais famoso era o Passatempo.

Ingredientes da massa:

  • 2 xícaras de farinha de trigo;
  • 1 xícara de chá de açúcar;
  • ½ xícara de chá de creme de leite;
  • ½ xícara de chá de leite em pó;
  • 1 ovo grande;
  • 1 xícara de chá de manteiga;
  • 1 colher de chá de essência de baunilha;
  • 1 colher de chá de fermento químico.

Ingredientes do recheio:

  • 1 xícara de chá de leite em pó;
  • 1 lata de leite condensado;
  • 1 xícara de chá de chocolate em pó.

Como fazer a massa:

  • Misture todos os ingredientes em uma tigela até que forme uma massa uniforme e seja possível modelar;
  • Então, envolva essa massa em plástico filme e deixe na geladeira por 20 minutos;
  • Depois, abra a massa em uma superfície lisa e corte no formato quadrado (ou outro de sua preferência);
  • Unte uma forma com manteiga e farinha, e pré-aqueça o forno a 180° C. Coloque a massa na forma e leve ao forno por 15 a 20 minutos, ou até que o fundo do biscoito fique dourado.

Como fazer o recheio:

  • Misture todos os ingredientes em uma tigela até que vire uma massa pastosa;
  • Após assar e esfriar as bolachas, coloque um pouco dessa massa em cima de uma, tampe o recheio com outra bolacha por cima, pressione e retire o excesso;

Se quiser fazer desenhos nas bolachas, compre uma caneta de corante ou desenhe com corante, usando um palito de dente como pincel. Essa receita rende cerca de 30 bolachas (ou biscoitos) recheados.

Estamos sentindo um misto de nostalgia com fome, você também? Qual o doce de infância que você tem mais saudade? Deixe seu comentário!

Incrível/Receitas/Como fazer 6 doces que marcaram a nossa infância
Compartilhar este artigo