Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

“Marianne”, a nova aposta da Netflix, a série de terror que assustou até Stephen King

O terror é um gênero que não conhece meio-termo: ou amamos loucamente ou nem sequer pensamos em ver. Se você é um dos primeiros, deve saber que a Netflix preparou uma estreia imperdível: Marianne. Essa série francesa tem tudo para deixá-lo de cabelo em pé: personagens demoníacos, cenas sombrias e uma linha tênue entre o mundo real e o dos sonhos.

Incrível.club encontrou coragem e decidiu investigar a série em profundidade, que aliás foi recomendada pelo próprio Stephen King, o rei do terror moderno. No final do post, você encontrará como bônus uma técnica específica que os diretores da produção usaram para reforçar a sensação de medo nos espectadores.

Os romances de terror ganham vida

A trama tem como protagonista Emma Larsimon, uma escritora de livros de terror que é um sucesso de vendas, mas que decide matar a heroína em sua ficção, pois está cansada de ser rotulada no gênero. No entanto, uma visita do passado a força a retornar à sua cidade natal, Elden, um lugar para o qual jurou não voltar e que serviu de inspiração para suas histórias.

Lá, ela percebe que os personagens supostamente fictícios de seus romances tornaram-se reais e começaram a aparecer para atormentá-la. Entre eles está Marianne, uma bruxa que se apodera da alma de suas presas e que assumiu a forma de uma idosa, inspirada em um pesadelo infantil do personagem principal.

A aposta no terror depois de A Maldição da Residência Hill

A série de 8 episódios está disponível na plataforma desde 13 de setembro. Foi criada, dirigida e coescrita por Samuel Bodin, e sua protagonista é Victoire Du Bois, uma atriz que você talvez conheça de Me Chame Pelo Seu Nome (2017), filme vencedor do Oscar de melhor roteiro adaptado.

É a nova grande aposta da Netflix no gênero, após o sucesso de A Maldição da Residência Hill. Se essa série o deixou de boca aberta e você não aguenta esperar até a segunda temporada de A Maldição da Mansão Bly chegar, que, por enquanto, não tem data de lançamento definida, você pode se divertir assistindo Marianne.

Aclamada pelo público e recomendada por Stephen King

Menos de três semanas após o seu lançamento, a série já é aclamada pelo público e pela crítica. No site do IMDb tem uma pontuação de 7,6 e a maioria dos comentários destaca como seus personagens nos prendem, a atmosfera que cria e a qualidade das cenas.

Mas se há uma voz autorizada a comentar é Stephen King, criador de It, A Coisa; Carrie, A Estranha;O Iluminado, entre outros clássicos do terror. E sua recomendação via Twitter foi clara: “Se você é uma daquelas pessoas loucas — como eu — que gosta de sentir medo, irá gostar de Marianne. Ela tem flashes de humor parecidos com Stranger Things. Também tem (sem falsa modéstia) um pouco de Stephen King”.

As razões de seu sucesso

Um dos pontos fortes da série é que ela resgata os ingredientes clássicos do terror: bruxas, desenhos demoníacos, demônios, uma cidade com florestas, casas antigas, um farol, e uma linha extremamente tênue de separação entre sonhos, ficção e realidade.

Some-se a isso uma estética de planos-sequência, cenários sombrios e uma excelente atuação de Mireille Herbstmeyer, a atriz francesa que interpreta Marianne e em quem você pensará quando não conseguir dormir à noite, depois de assistir à série.

Bônus: os fotogramas subliminares que aumentam o terror

Para aumentar o terror, os cineastas inseriram fotogramas subliminares em momentos angustiantes da história. São imagens que aparecem em microssegundos, talvez imperceptíveis aos olhos, mas não ao cérebro. Por exemplo, quando o nome de Marianne é mencionado no primeiro capítulo, você pode ver uma imagem assustadora da bruxa.

Essa técnica, que lembra o personagem de Brad Pitt em Clube da Luta, que inseria imagens nos filmes quando trabalhava como projetor em um cinema, se repete em vários pontos da trama, com a ideia de reforçar o horror em uma história que, por si só, possui argumentos suficientes para impactá-lo.

Qual é o melhor filme ou série de terror que você já viu? Qual acha que é totalmente supervalorizado? Não tenha medo e compartilhe suas opiniões conosco na seção de comentários.

Imagem de capa Marianne / Netflix