Se você escutar um zumbido vindo da parede da sua casa, fuja!

Casa
há 6 meses

Procurando algo nojento? Bom, você veio ao lugar certo! Deixe-me explicar... Ooh, hora da limpeza de primavera! Você anda pela casa, cantarolando uma melodia alegre, quando ouve um leve zumbido. Você para e procura de onde vem o som — e aqui está de novo, aparentemente por trás da parede da cozinha. Você se aproxima e percebe uma mancha marrom na parede que não estava aí ontem. Toca no local, e oh, que horror! O drywall afunda sob seus dedos, e uma nuvem de vespas voa para fora do buraco, zumbindo indignada! Você corre pela sua vida, e as vespas te perseguem, pois você perturbou o ninho delas. Quando você está longe o suficiente, a nuvem retorna à casa. Parece que a casa é delas agora, e não sua.

Pode parecer algum filme, mas, na verdade, vespas constroem seus ninhos em casas, especialmente nas de madeira. Elas preferem espaços fechados escuros, como uma árvore oca, uma caixa de compostagem, um galpão ou o seu sótão. Provavelmente, a pior coisa é que você provavelmente não notará uma infestação de vespas dentro da sua casa até que seja tarde demais. Na primavera, as rainhas das vespas migram para encontrar um novo lar e botar seus ovos. Se uma delas gostar da sua casa, ela rastejará para algum canto escuro aconchegante e se esconderá lá. Dentro de uma semana ou mais, as primeiras vespas bebês nascerão e, se o espaço estiver muito apertado, elas começarão a roer as partes de madeira para abrir espaço para sua colônia em crescimento.

No entanto, pode levar alguns anos até que você perceba os sintomas de uma infestação. Acredita-se que as vespas retornem ao mesmo lugar todos os anos porque deixam para trás seus feromônios. E a colônia também crescerá a cada ano que passa. As vespas mastigarão tábuas de madeira e até gesso para se sentirem confortáveis, e você pode ouvir seus zumbidos enquanto estão trabalhando. Se você ouvir sons estranhos por trás das paredes de sua casa, não espere muito e chame o controle de pragas — isso significa que a colônia já é grande o suficiente para causar problemas. Na pior das hipóteses, a parte interna da sua casa pode estar cheia de vespas.

O último e mais óbvio sintoma de uma infestação, no entanto, é quando você vê manchas marrons ou caminhos no seu drywall. Isso significa que as vespas já tomaram conta do local e estão prestes a quebrar a parede e tomar o seu espaço de vida. Elas podem mastigar facilmente o drywall, e você pode acabar encontrando essas convidadas inesperadas à noite ou enquanto janta.

Vespas são provavelmente as piores pragas: não apenas prejudicam sua residência, mas também são muito protetoras de seu território. Se elas saírem do espaço entre as paredes e entrarem em sua casa propriamente dita, o atacarão imediatamente, por considerá-lo como um intruso. Que malcriadas!

E uma picada de vespa não é nenhuma brincadeira, especialmente se você for alérgico. Existem inúmeras espécies desse inseto que podem morar dentro das casas das pessoas, mas talvez as mais cruéis sejam as yellow jackets. Elas têm um corpo distinto de listras amarelas brilhantes e pretas, são maiores que outras vespas e sua picada é muito mais desagradável. Adicione a isso sua agressividade natural e terá um inseto voador que você não quer conhecer.

Ainda assim, se notar algum dos sintomas de uma infestação por vespas, certifique-se de não tomar nenhuma ação por conta própria e ligar para profissionais.

Usar produtos químicos fortes, como pesticidas, não é seguro e, além disso, você pode fazer mais mal do que bem a si mesmo se não souber exatamente o que está fazendo. É preciso habilidade e conhecimento para se livrar de todas as pragas da sua casa, e se você deixar apenas algumas vespas, especialmente a rainha, todos os seus esforços podem ser em vão. Então deixe isso para os especialistas.

Um inseto mais discreto, mas não menos perigoso, que você não quer ter em sua casa é a broca-de-madeira. Existem dezenas de espécies diferentes desses besouros também, e algumas não são mais do que um incômodo, enquanto outras podem ser bastante destrutivas.

Recebem este nome pois, bem, fazem buracos em madeira. Quando esses insetos estão prontos para botar seus ovos, encontram um lugar aconchegante com muita madeira ao redor (como debaixo do piso da sua casa, por exemplo) e se acomodam. Quando as larvas estão com fome, começam a mastigar a deliciosa madeira em que sua atenciosa mãe as deixou. Elas podem comer quase 24 horas por dia, 7 dias por semana, e só irão parar quando finalmente amadurecerem e estiverem prontas para explorar o mundo lá fora. À medida que fazem isso, as larvas deixam pequenos buracos de saída nos itens de madeira em que viviam.

O perigo é que esses besouros são silenciosos, ao contrário das vespas, então você não ouvirá nada enquanto estiverem lanchando o seu armário favorito. O primeiro sinal da presença deles que você provavelmente notará é o orifício de saída, e isso significa que a broca-de-madeira já causou alguns danos no interior.

Embora a maioria das espécies de broca-de-madeira não faça muito mal à sua residência, exceto por esses buracos de saída, algumas delas podem ser um grande problema.

Por exemplo, a broca-de-madeira europeia pode causar muitos danos a uma casa mais antiga se decidir botar seus ovos lá. Embora esses insetos gostem de se alimentar de alburno, o que é mais provável em casas mais novas, podem fazer ninhos em casas mais antigas também. E dado que a broca-de-madeira europeia é bem grande, atingindo até cerca de 2 cm, os orifícios de saída que ela deixa são bastante grandes e perceptíveis também.

Outras brocas ainda, como uma espécie nativa da Austrália, em especial em Queensland, muitas vezes acabam comprometendo a estrutura de casas antigas. Se acontecer de você ter uma infestação, a melhor atitude é ligar para o controle de pragas imediatamente. A única boa notícia talvez seja que as brocas-de-madeira não atacam humanos. Bom, isso já é alguma coisa.

Agora, estes insetos aqui não vão comer você ou sua casa, mas tê-los dentro de casa ainda é desagradável e perigoso. Você os conhece bem: baratas. E se você viu uma em sua casa durante o dia, tenho más notícias: já existem dezenas, se não centenas dessas pragas rastejando pelo lugar. Baratas são criaturas noturnas, e ver uma ou duas em sua cozinha quando você vai fazer um lanche à meia-noite ainda não é tão ruim assim. Mas quando elas aparecem em plena luz do dia significa que alguns membros de sua colônia já estão ficando desesperados. Seria bom ligar para o controle de pragas rapidamente nesse caso.

Baratas preferem morar em lugares onde há muita comida, água e ambiente úmido para se aconchegar. Esta é uma descrição perfeita de uma habitação humana mais antiga: há espaço mais do que suficiente para as baratas se esconderem e prosperarem, e as próprias pessoas fornecem toda a comida e água de que as pragas precisam. Seus lanches favoritos são carne, amido e doces, mas elas não se importam de saquear sua lixeira ou despensa.

Elas não vão comer as paredes de sua casa ou seus móveis e, falando nisso, são bastante inofensivas. Mas baratas são portadoras conhecidas de vários germes perigosos. Se uma barata entrou, digamos, no seu açucareiro, e então você colocou esse açúcar no seu chá, você tem a chance de contrair alguma doença desagradável. E, claro, quanto mais baratas houver em sua casa, maior será essa possibilidade. Não é difícil reconhecer uma infestação de baratas. O primeiro sinal que você deve procurar é o cheiro. Baratas emitem substâncias odoríferas no ar, fazendo sua casa cheirar a algo oleoso e mofado. Quanto mais forte for o odor, mais pragas existem, então não hesite em ligar para especialistas, mesmo que você ainda não tenha visto uma única barata.

Um sintoma muito mais significativo da presença delas em sua casa é encontrar casca de barata ao redor do local. Elas têm uma carapaça de quitina que substituem de vez em quando à medida que crescem, então, se você encontrar uma, isso significa que há pelo menos uma família inteira de baratas em algum lugar próximo. Mas muito mais provavelmente, já existe uma colônia inteira. Por fim, nada pode ser mais convincente do que ver uma barata viva com seus próprios olhos, certo? Se você notar uma adulta, isso ainda pode ser uma boa notícia para você: baratas habitualmente viajam em busca do melhor lugar para morar. Então, quando há uma barata adulta em sua casa que você vê à noite, ela pode ainda não ter começado a sua família.

Mas, se você entrar na sua cozinha e vir uma ou mais baratas menores, esse é um mau sinal: significa que os pais delas estão em algum lugar dentro de sua casa, assim como seus irmãos. Por sinal, embora a cozinha seja o lugar mais propício para essas pragas, você também pode encontrá-las em seu banheiro enquanto toma banho. Baratas têm prazer em mastigar sabão, então não é surpresa que rastejem para esta cômodo quente e úmido da sua casa. Bom, acho tudo isso nojento. Tenha um bom dia.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados