Mestre da sobrevivência! Empresário catarinense está construindo um abrigo contra o apocalipse zumbi

Curiosidades
há 3 meses

E se o mundo como conhecemos acabar? Bem, André Luiz já pensa lá na frente e decidiu não esperar pelo inimaginável. Ele está construindo seu próprio abrigo subterrâneo para se preparar contra zumbis ou um eventual apocalipse. Conheça a história de André, que inclui muita determinação e a busca por independência.

A odisseia do abrigo subterrâneo para o fim dos tempos

Você se considera preparado para enfrentar um eventual “fim dos tempos”? Bem, um empreendedor de 26 anos, André Luiz, de Santa Catarina, já está se preparando ao construir um abrigo subterrâneo. Além da preocupação com ataques nucleares, ele também procura se precaver contra zumbis e a possibilidade do desaparecimento dos mercados.

Este abrigo de dois andares, cobrindo uma área de 30 m², é mais do que uma simples construção. É a visão de André para um mundo onde a independência reina supremamente, e ele está disposto a construir sua fortaleza contra todos os perigos imagináveis. Idealizador e realizador desse ousado projeto, André mantém seus seguidores atualizados sobre a construção por meio de sua conta no Instagram, @ninjaflowoficial.

Porque sonha que se sonha junto...

Ele escolheu um local isolado, em meio a uma densa mata em sua propriedade, para construir o abrigo subterrâneo. E adivinhe quem está ajudando? Família e amigos, incluindo seu pai e sua namorada. O amor os une e o desejo de sobrevivência podem ser poderosos motores para a execução. André compartilhou alguns detalhes sobre o seu projeto.

O interior da fortaleza subterrânea

A parte inferior do abrigo subterrâneo não é brincadeira. Haverá um salão principal para as reuniões pós-apocalipse, um espaço para estocar suprimentos, uma área dedicada aos medicamentos e, é claro, uma sala secreta para guardar suas ferramentas de combate. Afinal, você nunca sabe quem ou o que (ou quais criaturas) vai precisar enfrentar em um mundo pós-apocalíptico. Os quartos estão no andar de cima, porque o conforto é uma prioridade, mesmo enquanto o mundo lá fora desmorona.

André compartilha sua visão, e é uma visão ousada. Ele acredita que o fim dos tempos está próximo, e seu objetivo é ser independente do sistema e inspirar os outros a serem resilientes. Se você pensou que ele estava apenas cavando um buraco para se esconder, pense de novo. São paredes de concreto com uma espessura de cerca de 20 cm, o que requer cerca de 20 m³ de concreto. Isso equivale a uma piscina de 20 mil litros. Estima-se que essa aventura lhe custe aproximadamente R$ 40 mil.

Lições de sobrevivência e autonomia do André

Em uma de suas postagens, André lança uma reflexão sobre nossa atual dependência “do sistema”. Ele diz: “Nem precisa de um apocalipse para exterminar a maioria das pessoas, se de um dia para o outro os mercados desaparecessem, a maioria das pessoas não saberiam produzir seu próprio alimento”. É uma crítica sutil à nossa falta de habilidades de sobrevivência e independência.

Além do abrigo subterrâneo, André fez uma horta e planeja criar um curral para garantir o suprimento de alimentos. Afinal, em tempos de crise, não dá pra viver apenas de alimentos enlatados e biscoitos de polvilho, certo? No curral, ele diz que vai criar galinhas e outros animais de pequeno e médio porte. E, apenas para garantir, ele também está projetando uma torre de vigia.

André não se preocupa com os comentários negativos de pessoas que, segundo ele, não pensam por si mesmas. Como ele diz: “Algumas pessoas apoiam a gente, outras acham loucura. Eu não ligo muito para os comentários negativos”. Portanto, se você também está pensando em construir seu próprio abrigo subterrâneo, talvez o André possa ser a sua inspiração.

E para você que, depois de ler a história do André Luiz, ficou preocupado com sua sobrevivência, nós preparamos uma lista de dicas que podem te ajudar em situações extremas.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados