Círculos coloridos nos sacos de salgadinhos. Será que têm algum significado?

há 6 meses

Pegue um saco de batatas fritas e você provavelmente verá pequenos círculos coloridos. Eles são feitos pelo fabricante para testar a cor que será usada posteriormente na embalagem. Esses círculos são chamados de patches de controle de cores. Esses patches ajudam a garantir que nem a tinta, nem as embalagens sejam desperdiçadas. Se estiverem desativadas, o fabricante saberá que a cor de todo o pacote também estará desativada. Esses blocos permitem que as impressoras encontrem um excesso ou deficiência de cor e resolvam o problema. Em casos raros, você não encontrará os círculos. Mas não se preocupe. É porque a parte com as manchas de cor às vezes é cortada da embalagem.

Dê uma boa olhada em um jarro de leite. Muitas vezes há um círculo invertido em um de seus lados. Essa depressão existe para deixar o jarro mais resistente e evitar que ele se rompa caso caia no chão. Ela fornece ao líquido algum espaço extra se ele precisar expandir. Além disso, quando a data de validade se aproxima, os micróbios do leite começam a produzir gases. Mais e mais desses gases ficam presos no interior e, assim, a pressão no jarro aumenta. Graças ao “círculo”, os gases podem se expandir, evitando que o jarro exploda.

Quase todo código de barras tem uma longa linha de números. Se o código não puder ser digitalizado por algum motivo, o caixa poderá inseri-lo. O número geralmente consiste em 12 dígitos. O primeiro indica o tipo de produto. Por exemplo, 2 é usado para produtos pesados, como carne, e 3, para itens relacionados à saúde. Os próximos cinco dígitos são o código do fabricante — eles fornecem informações sobre qual empresa fabrica o produto. Os cinco dígitos seguintes são o identificador específico deste produto — por exemplo, maçãs ou laranjas. O dígito final é chamado de “dígito de verificação”. Está lá para controlar se os outros foram inseridos corretamente. Existe uma fórmula para calcular esse dígito, e ela é usada para cada produto. Se um código de barras for digitado incorretamente e o último dígito não corresponder ao que foi digitado antes dele, o computador informará ao caixa que houve um erro.

Há também aqueles adesivos com números nas frutas. Eles não são aleatórios, é claro. Eles indicam como o alimento foi cultivado. Um código de quatro dígitos significa que a fruta foi cultivada de maneira convencional, o que quer dizer que pode conter produtos químicos e pesticidas. Portanto, sua melhor escolha deve ser uma fruta com um número de cinco dígitos. Mas cuidado. Se o número começar com 8, significa que a fruta foi geneticamente modificada. A melhor fruta a se escolher é aquela que tem um código de 5 dígitos que começa com 9, pois quer dizer que o produto é certificado como orgânico.

No fundo das garrafas plásticas, muitas vezes você pode notar uma marca com um triângulo e um número gravado no meio. Este número especifica o tipo de plástico que foi usado para produzir a garrafa. Esses códigos ajudam as pessoas e os centros de reciclagem locais a classificar os materiais. Os produtos que foram feitos de plástico do tipo 1 (polietileno tereftalato ou PET) e 2 (que é polietileno de alta densidade) podem ser reciclados. O tipo 3 é o plástico usado para fazer brinquedos de plástico e produtos domésticos. Não pode ser reciclado. Todos os outros tipos de plástico às vezes podem ser reciclados.

Muitas mochilas têm esse diamante com duas fendas paralelas na frente. Você pode anexar algo ali, como uma garrafa de água ou sapatos. Isso é muito útil se você viajar para algum lugar ou fizer caminhadas — assim, não precisa carregar todas as coisas nas mãos.

Algumas calçadas têm pequenas placas com saliências. Geralmente não damos muita atenção a isso, mas são muito importantes para pessoas com deficiência visual. A maioria dessas placas informa sobre um declive que leva a uma faixa de pedestres.

As calças jeans têm este pequeno bolso — é hora de saber o porquê. Esse bolsinho está lá desde a primeira calça jeans, inventada por Levi Strauss em 1873. Originalmente, o jeans era feito para cowboys, e o bolso foi feito especificamente para um relógio de bolso.

Além disso, muitos zíperes têm as letras YKK gravadas. Essas são as letras iniciais de Yoshida Kogyo Kabushiki gaisha, o que pode ser traduzido como Companhia Acionista de Manufatura Yoshida. É uma empresa japonesa e é a maior fabricante de zíperes do mundo. Assim, todos os zíperes produzidos por eles são marcados com as iniciais da empresa. Estima-se que produzam metade de todos os zíperes do mundo. É por isso que você vê esses zíperes com mais frequência do que qualquer outro.

Vamos falar sobre as páginas em branco em livros que você pode ver no final de muitos livros impressos. O número dessas páginas em branco geralmente depende do número total de páginas em um livro. O fato é que a maioria dos livros é impressa em grandes folhas de papel de tamanho A0. Essas folhas têm muitas páginas impressas em cada lado. Então elas são cortadas para fazer um livro. Uma folha A0 inteira pode conter quatro páginas ou qualquer outro número que possa ser dividido por quatro. Assim, um livro com 300 páginas no total caberá perfeitamente e não haverá mais páginas em branco. Mas se um livro tiver 303 páginas, precisará de uma folha A0 adicional. Essas páginas extras permanecerão em branco. Elas geralmente são marcadas com a palavra “notas” ou com “esta página foi intencionalmente deixada em branco” para que o leitor saiba que não está faltando informações importantes.

Uma bola de basquete tem pequenos pontos em toda a sua superfície. Esta bola é jogada com as mãos, e é importante que ela não escorregue pelos dedos dos jogadores. Quanto mais pontos de contato um objeto tiver com alguma superfície, mais atrito haverá e menor será a probabilidade de escorregar. Houve momentos em que o basquete foi jogado com uma bola de futebol, e essa não foi uma boa ideia. O piso da quadra de basquete também era muito escorregadio. Por isso era quase impossível jogar. Os jogadores tinham que ter muito cuidado se quisessem manter a bola sob controle. Assim, a bola logo foi redesenhada. Tem seus inúmeros pontos que servem como pontos de atrito. E os pontos seguem lá. As bolas de basquete também são cor de laranja por um motivo. A partir da invenção do jogo em 1891 e até a década de 1950, as bolas de basquete eram marrons. Mas certa vez, um treinador de um time universitário decidiu que ela era muito difícil de ser vista por jogadores e torcedores. Então, ele trabalhou com uma empresa para desenvolver uma bola mais visível. Escolheram a cor laranja. Uma bola de basquete laranja foi usada pela primeira vez em 1958 e todos gostaram — a cor é mantida até hoje.

Por que os robôs não podem clicar na caixa de seleção “Não sou um robô”? Bem, eles podem. Mas o Google está realmente interessado é em COMO se faz isso. Se for uma pessoa atrás da tela, levará algum tempo para clicar na caixa. Além disso, haverá movimentos do mouse. Um robô faz isso de forma diferente. Primeiro, ele baixa a página e a caixa é marcada de maneira programada, sem nenhum movimento. Essa diferença serve ao Google como prova de que você é humano.

A letra w é do alfabeto inglês, com um som de duplo u e em alemão é we. Ela não pertence ao alfabeto português, mas seu uso é admitido em palavras estrangeiras, símbolos e principalmente nomes próprios. Bem, sua origem remonta ao latim. Onde havia um “U” que soava como W só podia ser colocado antes de uma vogal. Por exemplo, “cavalo” é “equus” em latim. E isso é literalmente um duplo U. Quando a imprensa apareceu, eles começaram a escrever UU como VV. Algum tempo depois, as duas letras foram combinadas e o “W” apareceu. Bem, mas e o nome? No Brasil ela é chamado de " dábliu" “vê duplo” ou dobre-vê.

Se você derramar um pouco de líquido no jeans, a mancha ficará mais escura do que o resto do tecido. Na realidade, não se torna realmente mais escura. Nós apenas a percebemos assim. Tudo devido à luz que salta do material e atinge nossos olhos. No escuro, você não consegue ver nada porque não há luz. Quanto mais luz houver, e quanto mais a luz for refletida pelo objeto, mais brilhante ele parecerá. Quando algo está molhado, mesmo recebendo a mesma quantidade de luz, parte dela é absorvida. Portanto, menos luz é refletida, por isso parece ser mais escura.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados