Aos 10 anos, ela deu o exemplo diante de uma ofensa racista

Gente
há 11 meses

Será que uma só criança é capaz de fazer do mundo um lugar melhor? Nós temos certeza que sim. Ao conhecer a história de Kheris Rogers, você também não terá a menor dúvida disso.

Kheris é mais uma menina moradora de Los Angeles que adora moda. Contudo, infelizmente (em pleno século XXI...), sua cor de pele fazia com que algumas outras crianças da mesma idade não quisessem fazer amizade com ela. Só que as piadas e ofensas racistas nunca a derrotaram, muito pelo contrário. Kheris descobriu como amar a si mesma, inspirando dezenas de milhares de outras crianças que também lutam para serem aceitas, independentemente de suas diferenças físicas.

O Incrível.club sugere que você conheça mais sobre essa brava garota.

Os problemas de Kheris na escola começaram desde cedo

Em sua turma, só haviam outras 4 crianças negras. Kheris tinha a pele mais escura, e por isso, era o alvo preferido do bullying.

A menina sempre voltava para casa chorando. Se trancava no banheiro e passava muito tempo tentando ’lavar’ a pele, achando que assim ficaria igual à maioria branca

A irmã mais velha de Kheris, Taylor, de 23 anos, queria muito ajudar a menina. Então, decidiu ensinar Kheris a amar a si mesma. Por isso, fotografou a pequena irmã e publicou a imagem em seu Twitter. Taylor usou nas fotos a seguinte hashtag: aquelas palavras que sua avó costumava repetir: “FlexinInHerComplexion” (algo como “se exibindo na própria pele”).

O tuíte viralizou. Pessoas de todo o mundo passaram a admirar a beleza de Kheris

Isso realmente animou a estimulou a autoconfiança da menina. Kheris recebia um elogio atrás do outro, e entendeu que o mais importante não é aquilo que os colegas de escola pensam de você, e sim sua própria autopercepção.

“Depois de ler todos esses comentários, me peguei pensando: uau, sério mesmo que sou tão bonita?”, lembra a menina.

Kheris percebeu que nem todas as crianças aprendem a lidar com ofensas, e que ela teve sorte em encontrar tantas palavras de apoio.

A garota, então, resolveu ajudar aqueles que também são vítimas de bullying e que têm medo de serem o que são

Kheris e sua irmã tiveram uma ideia: lançar peças de roupa com a hashtag motivadora que levou a menina à fama. Kheris e Taylor receberam o apoio da mãe, que deu a elas 100 dólares para colocar a ideia em prática, permitindo que as camisetas fossem produzidas na garagem de casa.

“Me exibindo em minha própria pele”.

Muitos se comoveram com a história de Kheris

Celebridades que também sofreram bullying por conta da cor da pele começaram a se manifestar sobre Kheris. Sua história foi compartilhada pelo rapper Snoop Dogg e pela cantora Alicia Keys.

Lupita Nyong’o usou a camiseta criada por Kheris. “Entendo o que você sente, e te apoio. Adoro essa camiseta”, escreveu a atriz em ser perfil no Instagram.

Em setembro de 2017, a menina foi convidada para a Semana de Moda de Nova York

Ela tornou-se a mais jovem estilista a apresentar uma coleção de roupa.

Após menos de um ano, o pequeno negócio de Kheris tornou-se uma marca famosa

Ela continua fazendo as camisetas, participando de sessões fotográficas, colaborando com grifes renomadas e inspirando outras pessoas com seu exemplo.

“Quero ajudar para que outras pessoas tenham mais autoconfiança. Sei que todo mundo é bonito, independentemente da cor da sua pele”, afirma a menina, que, recentemente, completou 12 anos.

A estrela em ascensão diz que, embora a popularidade tenha feito com que ela se sentisse mais segura, há dias em que ela ainda duvida de si mesma. É quando Kheris coloca a camisa com as palavras repetidas pela avó: “não ser como os outros não significa ser pior”. Ela espera que, para as pessoas, suas roupas também sirvam como um lembrete da variedade de beleza e da importância da singularidade e da diversidade.

Palavras bondosas realmente têm um grande poder. Por isso, é importante dizer elogios, incentivar e buscar fazer o bem. Embora isso possa não salvar o mundo, pelo menos fará uma pessoa feliz. E isso já vale muito.

Imagem de capa Boss Babe / twitter

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados