A relação de Silvia Abravanel com o pai se fortaleceu quando ela desistiu de encontrar a família biológica

Famosos
há 11 meses

Conhecida do grande público por apresentar o programa Bom Dia & Cia, Silvia Abravanel passou por uma fase em que sua relação com o pai, Silvio Santos, ficou estremecida. Isso porque a “número 2” do apresentador, que é filha adotiva, decidiu buscar pela família biológica. Durante essa jornada, com muito amor e sinceridade, os dois superaram esse momento e criaram uma relação ainda mais sólida. Acompanhe o fio dessa história!

Adoção e infância

Silvia foi deixada na maternidade ao nascer. Nunca se soube do paradeiro da mãe biológica da menina, que foi adotada pela família Abravanel com três dias de vida. Cidinha, como era conhecida carinhosamente a esposa de Silvio Santos na época, não conseguia engravidar. E o casal se encantou pela bebê, que recebeu o nome em homenagem ao pai.

Assim, a menina se tornou a “filha número 2” do maior comunicador do Brasil. Quando Silvia tinha 5 anos, a mãe faleceu e foi do novo casamento do pai que ela ganhou outras quatro irmãs. Aparentemente, a carreira de gestora e comunicadora não estava nos planos da moça, que cursou Medicina Veterinária antes de se tornar funcionária do SBT.

Um dos braços fortes do império do pai

Em 2004, a vida da então veterinária teve uma mudança radical. Ela passou a trabalhar no SBT, como apresentadora. No ano seguinte, já assumiu o comando — como produtora e diretora — de algumas atrações da casa, como o Roda a Roda e o Programa Silvio Santos.

Em 2007, se tornou diretora do núcleo infantil da emissora, onde permaneceu por quase 15 anos, especialmente diante do programa Bom Dia & Cia, que foi extinto em 2022. Ainda que não seja a possível sucessora do pai nos negócios, ela é uma das filhas mais conhecidas do público — e contribui para que tudo saia bem diante das câmeras.

A descoberta do nome da mãe

Sempre tratada sem distinção pelos pais, Silvia soube que havia sido adotada quando tinha cerca de 8 anos. Foi Silvio quem explicou para a filha, que lembra: “Ele disse que eu não era filha da barriga da mamãe, mas que eu era filha do coração, que eu fui um presente do coração”.

Ela relata que nunca teve problemas com essa questão. Até que um dia, já depois de adulta, chegou a ela uma certidão de nascimento com o nome da suposta mãe. Esse fato reacendeu a curiosidade: “Eu sempre tive mais curiosidade em conhecer meu pai [biológico], por aquela coisa de: ’Com quem eu pareço?’”

Exame de DNA no Programa do Ratinho

Nessa época, Silvia trabalhava na produção do Programa do Ratinho, justamente no famoso quadro de reconhecimento de paternidade. Por essa razão, teve acesso a profissionais que descobriram o hospital onde ela nasceu. Foi então que ela teve a iniciativa de avançar com a busca pela família biológica.

No entanto, ela não quis fazer isso sem comunicar o pai sobre a decisão. Ela contou em entrevista como foi a reação de Silvio: “Eu fui atrás, mas aconteceu uma situação meio estranha comigo e com o meu pai e eu falei: ‘Acaba aqui esse assunto’. Ele que me registrou, a mãe Cidinha [primeira mulher de Silvio Santos] que me registrou e baile que segue”.

Conversa honesta e profunda gratidão

A situação estranha que Silvia relatou diz respeito à decepção de Silvio e sua mulher, Íris Abravanel, ao ser informado sobre a busca da filha. “Eles ficaram muito chateados. Perguntaram: ‘Mas por que você quer? Nós não somos bons pais?’ Eu disse que não era isso, só queria saber com quem era parecida. Mas eu fiquei chateada comigo mesma, porque aquilo estava magoando eles e eu jamais quero magoar meus pais”.

Depois dessa conversa sincera, a frustração familiar se transformou em profunda gratidão, como a apresentadora gosta de enfatizar sempre que possível. Ela destaca também que não tem qualquer mágoa dos pais biológicos: “Eles me deram a vida. Eu não julgo a minha mãe, eu não sei por que ela não pôde ficar comigo, mas ela me deu o dom da vida”.

Ainda bem que ela conseguiu manter a boa relação com os pais e ainda se sentir tranquila com essa atitude, não é? No lugar dela, o que você teria feito? Conte para a gente nos comentários.

Comentários

Receber notificações

A mulher nasceu com o fiofó virado pra lua e queria ir atrás da família que abandonou ela?! Que bom que caiu a ficha. 🤣

-
-
Resposta

Artigos relacionados