20 Seres vivos que foram premiados pela natureza

Hoje em dia o Instagram, a televisão, as propagandas e muitos outros tipos de mídia enchem a nossa cabeça com estereótipos sobre como deveríamos ser. Os dentes devem ser brancos e retos, a pele não pode ter marcas ou rugas e as mãos e os pés obrigatoriamente devem ter cinco dedos cada. Por sorte, existem alguns fóruns na Internet em que os usuários destacam o que não é considerado “normal” e mostram a importância de falarmos e valorizarmos essas diferenças.

O Incrível.club encontrou alguns seres vivos únicos que são o resultado de um belo trabalho de criatividade por parte da natureza.

1. “Desde que nasci minha pupila não fica no centro do olho”

2. “Tenho braços anormalmente compridos, com uma envergadura de 2 metros”

3. “As veias da minha mão esquerda dizem ’não’, enquanto que as da minha mão direita dizem ’hi’ (olá)”

4. “Hoje encontrei este grande fungo laranja”

5. “Faço um pedido a todas as pessoas com vitiligo: comecem a aceitar a beleza única de nossa condição. Não deixe de sorrir”

6. As sardas chegam até os olhos

7. “Meu umbigo forma uma espiral perfeita”

8. Olhos multicoloridos

9. “Nosso gatinho tem 24 dedos”

10. “Supunha-se que este hibisco seria amarelo com o centro rosa, mas o primeiro nasceu desta cor. Nunca tinha visto algo assim”

11. “Uma mariposa dizendo que tudo está OK

12. “Há um cervo albino no nosso jardim”

13. “Esta tartaruga tem duas cabeças”

14. “Esta abóbora parece um pato dormindo”

15. “Hoje conheci este par de orelhas fantásticas”

16. “Impressão digital única”

17. “Um tomate da minha mãe nasceu com chifres”

18. “Encontrei um girassol muito alto. Eu meço 1,52 metros e fiquei ao lado para comparar”

19. “Nasci com quatro dedos na mão esquerda”

20. “Este gato vive no estacionamento do meu trabalho e tem mais dedos do que o normal”

Você tem alguma parte do corpo que considera diferente das outras pessoas? E se você pudesse usar a natureza para modificar algo no seu corpo, o que faria?

Imagem de capa thelemonx / Reddit
Compartilhar este artigo