Incrível
Incrível

“Éramos pobres. Tudo o que tínhamos eram as risadas”, a história de como os irmãos Wayans fizeram o mundo sorrir

A história de superação dos irmãos Wayans — mundialmente conhecidos por obras populares, como o filme As Branquelas e a série Eu, a Patroa e as Crianças — que cresceram em uma família pobre, conquistaram o mundo do entretenimento com produções que arrancam risadas de todos e construíram um verdadeiro império de milhões de dólares é inspiradora. Afinal, quem não gosta de ver pessoas que cresceram e conseguiram vencer todas as dificuldades para construir carreiras de sucesso juntas, não é mesmo?

Nós, do Incrível.club, também adoramos histórias inspiradoras, por isso, resolvemos trazer para você como os irmãos Wayans cresceram de maneira humilde e construíram um verdadeiro império no mundo do entretenimento. Confira!

A infância difícil

Tendo uma origem humilde, a família Wayans conseguiu se destacar no mundo do entretenimento e, hoje, possui um verdadeiro império avaliado em torno de 300 milhões de dólares. Todos os irmãos cresceram em uma parte pobre da cidade de Nova York e, na época, o dinheiro não era algo fácil de se conseguir.

Devido às dificuldades enfrentadas na infância, os irmãos desenvolveram desde cedo o talento natural que já tinham para a comédia. Além do mais, um deles, Keenen Ivory, comentou que eles sempre foram criativos, não apenas no quesito entretenimento, já que precisavam encontrar maneiras de ganhar dinheiro e ajudar a casa.

Por isso, eles começaram a trabalhar muito jovens em ocupações que variavam desde engraxar sapatos, até mesmo entregar compras. No fim, todos os obstáculos fizeram com que a família se tornasse muito unida, sempre fazendo tudo juntos. Isso se reflete em seus trabalhos até hoje, em que muitos projetos são produzidos, roteirizados e até mesmo dirigidos pelos seus membros.

A paixão pela comédia

Os irmãos chegaram a dizer em uma entrevista, “crescemos em uma casa grande”, [...] “e crescemos pobres. Então passamos muito tempo apenas tentando fazer o outro rir. Tudo o que tínhamos eram as risadas”.

Keenen chegou a falar também que desde criança pensava em se tornar um comediante, mas que a descoberta da vocação aconteceu enquanto assistia à TV um dia e viu Richard Pryor falando sobre uma experiência ruim que teve, mas a transformou em algo engraçado. “Eu fiquei tão maravilhado que ele pegou esse momento horrível e o deixou divertido”, falou.

Caminho até o estrelato

Como muitos dos irmãos Wayans demonstravam talento para fazer os outros rirem desde cedo, muitos deles, como Damon e Keenen, começaram suas carreiras em shows de stand-up. No entanto, o que alavancou o nome da família no mundo do entretenimento foi a série de comédia In Living Color, que foi criada e produzida por Dwayne e Keenen e estreou no início da década de 90.

A obra, que também teve a participação de outros membros, como Damon, Marlon, Shawn e uma das irmãs, Kim, foi um grande sucesso. A produção chegou a receber vários prêmios de melhor série, como um Emmy e ainda deu destaque para outros grandes nomes, como Jim Carrey e Chris Rock.

Carreiras de sucesso e a nova geração de Wayans

É inegável a relevância da família Wayans para o mundo do entretenimento atual, com seus filmes e séries angariando milhares de fãs por todo o globo e arrancando risadas, especialmente com suas obras de sátiras de produções renomadas de outros gêneros, como é o caso das franquias Todo Mundo em PânicoInatividade Paranormal, que fazem piadas com histórias famosas de terror do cinema.

Todo o talento não fica restrito à primeira geração dos Wayans no showbiz. Isso porque, os filhos de muitos deles também estão inseridos neste mundo, como é o caso de Damon Wayans Jr. que participou da série de TV New Girl, de alguns episódios de Eu, a Patroa e as Crianças e até mesmo da animação Operação Big Hero.

Damien Wayans, que é filho de Elvira, também é ator e roteirista, enquanto sua irmã, Chaunté é uma comediante de stand-up que também fez participação em filmes. Craig Wayans, filho de Diedre, é ator, escritor e atuou como consultor em séries produzidas e protagonizadas por seus tios.

Quem são os irmãos Wayans?

Com o talento inquestionável, o currículo dessas feras não poderia ser menos impressionante. A primeira geração da família Wayans — das quais fazem parte os atores e comediantes Keenen Ivory, que fez participações em filmes famosos, como Todo Mundo em Pânico e dirigiu As Branquelas; Damon, o icônico Michael Kyle da popular série Eu, a Patroa e as Crianças; e Shawn e Marlon, que estrelaram juntos filmes como As BranquelasO Pequenino — é, há décadas, um dos principais nomes quando se pensa em comédia.

Isso não é algo à toa, já que seus membros conseguiram a façanha de criar um verdadeiro império no mundo do entretenimento, com a maioria deles trabalhando na frente, ou por trás, das câmeras, sempre arrancando risadas do público de casa.

Ao todo, são dez irmãos: Dwayne, Keennen Ivory, Damon, Shawn, Marlon, Kim, Elvira, Vonnie, Nadia e Diedre. Todos cresceram com seus pais, o gerente de um supermercado Howell Wayans, e a assistente social Elvira, em uma parte carente da cidade de Nova York.

Porém, mesmo que nem todos os membros da família tenham rostos conhecidos no cinema ou TV, os outros também deixaram suas marcas no showbiz, atuando como roteiristas, diretores, produtores ou compositores das trilhas sonoras das obras protagonizadas ou produzidas pelo grupo.

E você, já conhecia a história dos irmãos Wayans? Sabe de outra história de superação em família? Compartilhe conosco nos comentários!

Incrível/Famosos/“Éramos pobres. Tudo o que tínhamos eram as risadas”, a história de como os irmãos Wayans fizeram o mundo sorrir
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos