Incrível
Incrível

Como Simone e Simaria se tornaram um sucesso e realizaram seu maior sonho: dar uma vida melhor para a família

Algumas histórias de superação são tão emocionantes que poderiam, facilmente, virar um filme. Esse é o caso da dupla brasileira Simone e Simaria, que vieram de uma família humilde e precisaram batalhar muito e enfrentar diversas dificuldades ao longo de suas vidas para alcançarem o sucesso estrondoso que fazem em todo o país. Tudo isso sem esquecer suas origens ou perder o bom humor.

Nós, do Incrível.club, também adoramos uma boa história, por isso trouxemos a trajetória de como “As Coleguinhas” se tornaram um fenômeno para você conhecer. Confira!

A infância humilde

Simone, de 37 anos, e Simaria Mendes, de 39, nasceram na cidade de Uibaí, no interior do estado da Bahia. As artistas, que são um sucesso nacional, revelaram que tiveram uma infância difícil, já que cresceram em uma família humilde. Com o pai, que era um garimpeiro, e a mãe, que trabalhava como lavadeira, elas moraram em diversas cidades da região, em casas bem simples e, muitas vezes, feitas com tábuas ou lonas, uma vez que o pai sonhava em encontrar um diamante nos garimpos para melhorar a vida da família.

O pai, Seu Antônio, faleceu em 1992, aos 44 anos, e isso afetou bastante a família, além de piorar a situação financeira de todos. Simaria disse em uma entrevista que ele “era o pai mais incrível do mundo”. Após esse acontecimento, elas precisaram ficar com a avó enquanto a mãe, Dona Mara, se mudou para a cidade de São Paulo em busca de emprego. Por conta disso, ela passou cerca de três anos longe dos três filhos, Simone, Simaria e Caio, que é o caçula.

O início da carreira e a luta pela fama

A paixão pela música surgiu quando as duas ainda eram crianças. Inclusive, elas chegaram a fazer diversos shows pelo estado onde nasceram, até mesmo se apresentando em eventos organizados pelas prefeituras. A dupla também participou de diversas competições musicais na infância, sempre acompanhadas dos pais, que gostavam de vê-las cantando. As roupas que elas usavam eram feitas pela avó.

Alguns anos depois da morte do pai, elas se mudaram para São Paulo, para morar com a mãe, e começaram a investir ainda mais na carreira musical. Simaria disse que o começo não foi nada fácil, já que ganhava apenas 30 reais por semana para tocar em uma banda. Isso enquanto ainda estudava para realizar o sonho de terminar o ensino médio e ter a possibilidade de tentar outra profissão, caso não conseguisse permanecer no mundo da música.

As dificuldades enfrentadas e superadas

Os anos escolares de Simaria não foram nada fáceis, já que ela chegava a fazer até quatro shows por noite e ia direto estudar. Ela contou em entrevista que chegou a desmaiar algumas vezes na aula e preocupava suas professoras, que a mandavam descansar, o que acabou fazendo com que ela e a irmã fossem péssimas alunas.

A participação em outras bandas

A situação da família melhorou quando, em 1996, Simaria passou no teste para se tornar backing vocal do cantor Frank Aguiar e todas se mudaram para São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Em 1998, sua irmã também conseguiu ingressar na banda. Ao todo, foram sete anos trabalhando com o artista, até que em 2004 elas resolveram investir na carreira solo, de maneira paralela ao trabalho na banda. A luta, no entanto, não havia terminado. A dupla relatou que elas recebiam pouco de cachê e, como precisavam pagar os outros músicos e o transporte, ficaram sem dinheiro em muitas ocasiões.

A empreitada durou três anos e elas chegaram até mesmo a passar um tempo longe dos palcos. Porém, em 2007, a paixão pela música foi reacendida e as duas ingressaram na banda Forró do Miúdo, que foi um grande sucesso nas regiões Norte e Nordeste do país, e se mudaram para Fortaleza, no Ceará, onde vivem até hoje. Ao todo, elas passaram cinco anos com a banda, quando o chamado para tentarem uma carreira sozinhas falou mais alto e elas resolveram investir novamente no sonho.

Enfim, o sucesso nacional

A carreira como uma dupla teve início em 2012, quando o primeiro disco foi lançado. Em pouco tempo elas começaram a fazer sucesso. A música Quando o Mel É Bom, lançada em 2015, alcançou altas posições nos rankings das canções mais ouvidas do país. Depois disso, as duas fizeram diversas parcerias com outros artistas, como Bruno e Marrone, Wesley Safadão e até mesmo com Anitta; foram juradas de programas de talentos e participaram de inúmeros programas.

Simone e Simaria se lembram das dificuldades enfrentadas para alcançar o sucesso, sem deixar de lado o bom humor e jeitinho animado e brincalhão que encantam e atraem uma multidão de fãs por todo o Brasil. Elas realizaram seu maior sonho: o de dar uma vida melhor para a família.

E você, já conhecia a história da dupla? Sabe de outro relato emocionante de superação? Compartilhe conosco nos comentários!

Incrível/Famosos/Como Simone e Simaria se tornaram um sucesso e realizaram seu maior sonho: dar uma vida melhor para a família
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos