Incrível

Como está, hoje em dia, a vida dos 19 ganhadores do “BBB”

3--3
63k

Big Brother Brasil 20 está prestes a começar e, sejamos honestos, com tantas edições, fica até difícil relembrar todos os participantes do reality da Globo. Você se lembra que o Kleber Bambam foi o primeiro ganhador do programa, ocorrido em 2002, e levou para casa 500 mil reais? Ele conseguiu administrar bem o prêmio e hoje tem uma boa vida financeira, ao contrário de outros participantes, como o Max (lembra dele?), que gastou cada centavo do 1 milhão de reais que recebeu por sua participação.

Nós, do Incrivel.club, ficamos supercuriosos para saber como andam os vencedores das edições anteriores do BBB e decidimos contar para você como eles usaram o valor do prêmio e por onde andam hoje em dia. Vem com a gente.

BBB 19: Paula Viana

Menos de um anos após ganhar o prêmio de 1,5 milhão de reais do BBB 19, Paula Viana admitiu que já gastou todo o valor. Conhecida por ter feito uma participação polêmica dentro do reality, a ex-sister disse que os escândalos acabaram prejudicando seu faturamento após o programa e não surgiram muitas oportunidades para publicidades ou presenças vips. “Tem marca que tem medo de mim”, afirmou Paula.

BBB 18: Gleici Damasceno

Gleici Damasceno disse que viveu o “melhor ano da sua vida” quando ganhou o BBB, em 2018. O prêmio principal do reality permitiu que a vida da acreana e da sua família mudasse radicalmente. Parte do valor foi usado para comprar uma casa para a mãe e o resto foi aplicado em fundos de investimento. Ela também revelou que consegue um bom retorno de trabalhos que fez após sua participação no BBB.

BBB 17: Emilly Araújo

Emilly Araújo negou boatos de que estaria na “falência” após gastar todo o dinheiro que ganhou do BBB, mas confessa que poderia ter “ponderado”. O sonho de ser atriz ainda não foi realizado, porém, ela tem feito sucesso como influenciadora digital e, em 2019, assinou um contrato com a emissora RedeTV e a produtora Peanuts para apresentar o programa online Topzera, voltado à música sertaneja.

BBB 16: Munik Nunes

A ex-BBB Munik Nunes quis ajudar os pais e deu metade do dinheiro que ganhou do programa para eles. No ano seguinte ao BBB 16, ela revelou que ganhava cerca de 150 mil reais por mês, só para fazer publicidade. Ela também ficou marcada por ser uma das favoritas ao prêmio máximo do reality Power Couple da RecordTV, em 2018. No ano seguinte, ela acabou se separando do ex-marido, Anderson Felício.

BBB 15: Cézar Lima

Cézar Lima diz que é bastante “controlado” em relação ao prêmio de 1,5 milhão de reais que ganhou no reality. Atualmente, ele trabalha como advogado, mas lamenta não ter continuado a carreira na televisão. Quem tem saudade de acompanhar o ex-brother, pode se inscrever no canal do YouTube dele.

BBB 14: Vanessa Mesquita

Cinco anos após ganhar o BBB 14, Vanessa Mesquista declarou que ainda não havia tocado no 1,5 milhão de reais que recebu do programa. Apenas com os rendimentos desse valor, ela realizou o sonho de fazer faculdade de medicina veterinária e, hoje, é ativista da causa animal.

BBB 13: Fernanda Keulla

Depois de ganhar o maior prêmio do BBB 13, a mineira carismática virou apresentadora da Rede Globo. Ela fez chamadas para o próprio reality, virou repórter do programa BBB 18 e, mais tarde, tornou-se apresentadora do Vídeo Show. Após o fim do programa, ela passou a apresentar a Rede BBB 19, ainda na Globo.

BBB 12: Fael Cordeiro

O veterinário Fael, vencedor do BBB 12, preferiu se afastar das telinhas após o fim do reality. Com o dinheiro, ele montou um centro de capacitação para veterinários e agrônomos e comprou duas fazendas no Mato Grosso do Sul, onde vive até hoje. Em 2019, ele teve sua primeira filha, Laura. A criança é fruto da relação entre Fael e sua esposa, a dentista Anna Flávia.

Ele disse que nunca parou de trabalhar, mas a diferença é que agora ele não tem mais patrão.

BBB 11: Maria Melilo

A campeã do BBB 11 Maria Melilo aproveitou o dinheiro do prêmio para investir em imóveis. Na época, ela chegou a dizer que não gastaria o valor em “futilidades”. Atualmente, ela sofre críticas por se relacionar com um empresário de 75 anos, que tem o patrimônio avaliado em 200 milhões de reais.

“É engraçado porque se você namora uma pessoa que não é empresária ninguém fala nada. Mas, de repente, se está com um empresário bem-sucedido, já falam um monte”, afirmou a ex-sister.

BBB 10: Marcelo Dourado

Marcelo Dourado, que venceu a décida edição do BBB, hoje acumula vitórias nos tatames. O ex-brother, que é faixa preta e campeão em jiu-jítsu e judô, investiu o prêmio de 1,5 milhão de reais na carreira de atleta, virou empresário do ramo esportivo e dá aulas de condicionamento físico.

BBB 9: Maximiliano Porto

O Max Porto disse que encarou o prêmio de 1 milhão de reais como um vale-sonho e “não sobrou nenhum centavo” daquele dinheiro. Uma das formas que conseguiu de ganhar uma renda foi a criação de um curso on-line com dicas para entrar no BBB. Ainda sim, o ex-brother se endividou bastante. “Hoje tenho dívidas milionárias”, disse.

Atualmente, Max trabalha como artista plástico.

BBB 8: Rafael Ribeiro

Oito anos após vencer a oitava edição do Big Brother Brasil, Rafael Ribeiro, o Rafinha, deixou de apostar na carreira musical e virou empresário. Hoje, ele trabalha como tatuador e é dono de um estúdio em Campinas.

Em 2019, Rafinha disse que ainda não havia mexido no prêmio: “hoje trabalho com tatuagem, e meu estúdio é o meu investimento. Não mexi no prêmio”.

BBB 7: Diego Gasques

O ganhador do BBB 7, Diego Gasques, mais conhecido como Alemão, disse que até hoje é lembrado por ter vivido um triângulo amoroso com as ex-participantes do reality Iris e Fani. No ano passado, ele comentou que o programa fez com que ele mudasse “de um menino para um homem”.

O Alemão trabalhou durante um período na Globosat, mas vive atualmente de transações imobiliárias. O ex-brother adora surfar e ostenta fotos de viagens paradisíacas no seu Instagram.

BBB 6: Mara Viana

A ex-sister se formou em teologia 13 anos após vencer a edição do Big Brother Brasil de 2006. Na formatura, ocorrida em 2019, ela disse que aquele havia sido “um dos momentos mais importantes e especiais” da vida dela.

BBB 5: Jean Wyllys

Após ganhar 1 milhão de reais pela participação no BBB 5, Jean Wyllys se dedicou à carreira de professor universitário e à política. Ele chegou a ser reeleito para o terceiro mandato como deputado federal em 2018, mas decidiu não tomar posse. Em janeiro de 2019, ele anunciou que deixaria o Brasil e seguiria para a Europa.

BBB 4: Cida dos Santos

Cida entrou na casa do BBB 4 por sorteio e realizou seu grande sonho de levar 500 mil reais para casa. Ela mudou de vida ao sair da reality: ajudou a família financeiramente, abriu um bazar, comprou 2 imóveis e 1 terreno. No entanto, ela fechou o bazar, perdeu a casa em que morava e terminou o primeiro casamento.

Em 2014, Cida chegou a se candidatar como vereadora, mas não foi eleita. Ela se casou novamente em 2019. Hoje, a ex-sister vive com o atual marido e os 2 filhos em uma casa simples, construída no terreno que ela comprou após deixar o programa.

BBB 3: Dhomini Ferreira

O ex-romance de Sabrina Sato viu o dinheiro sumir depois que comprou um posto de gasolina mal administrado. Hoje, Dhomini vive longe do estrelato, vendendo cosméticos junto com sua esposa, Adriana, com quem teve 5 filhos. O ex-BBB também dá palestras motivacionais e treinamentos sobre empreendedorismo.

BBB 2: Rodrigo Leonel

Rodrigo Leonel, mais conhecido como Cowboy, foi o campeão da segunda edição do BBB. O prêmio de 500 mil reais serviu para comprar mil bezerros, alugar uma fazenda durante 2 anos e adquirir imóveis para sua mãe e para suas duas filhas. No entanto, os negócios não deram certo.

Os apartamentos das filhas foram vendidos e seu dinheiro acabou em 2008. Hoje, ele tem passado por dificuldades financeiras e conta com a ajuda de amigos e familiares. Para complementar o pouco que ganha como consultor de fazendas, o ex-BBB chegou a vender latinhas por R$3,50 o quilo. Hoje, ele trabalha como corretor de imóveis e faz assessoria profissional.

BBB 1: Kleber Bambam

Depois que conquistou tudo o que sonhava materialmente no Brasil, o ganhador da primeira edição do BBB se mudou para Las Vegas (EUA) em busca de novos horizontes. Com o prêmio de 500 mil reais que levou do reality, ocorrido em 2002, ele comprou apartamentos, carros de luxo e investiu no setor imobiliário. Após fazer presenças vips e publicidades, ele chegou a trabalhar na televisão, no programa A Turma do Didi, da Rede Globo. Atualmente, Kleber se dedica ao fisiculturismo.

Quais eram seus participantes favoritos do Big Brither Brasil? Conte para a gente nos comentários.

3--3
63k