O que ela aprendeu sobre o Vietnã vivendo 6 anos no país

Pra começo de conversa: o Vietnã é um país incrível, com muitas atrações turísticas e ótima infraestrutura. Ali, é possível conhecer cidades super interessantes, provar uma comida diferente e super saborosa e se hospedar em excelentes hotéis. Mas, mesmo com todos esses atrativos o país não é um dos que mais recebem turistas.

Claro, existem características não tão agradáveis para nós, ocidentais, e elas serão mostradas aqui. Mas se você gosta de conhecer lugares diferentes, considere o Vietnã como um dos lugares a visitar nas próximas férias.

Para entender as características locais sobre a vida no país, fomos ajudados por Snezhana, uma russa que viveu 6 anos no país. Ela compartilhou algumas de suas experiências que podem servir para os turistas que pretendem visitar o país asiático.

Encontro

Na primeira vez que você conversa com locais, você pode pensar que está ficando louco, escutando o mesmo sobrenome de várias pessoas. Não, não é loucura. A questão é que cerca de 40% da população do Vietnã tem o sobrenome Nguyen (Nguyễn) e 11%, o sobrenome Trần.

Espaço pessoal

"Não se esqueça disso quando estiver no país", recomenda nossa amiga:

  • No transporte público, os vietnamitas necessariamente se sentem bem próximos dos demais. Eles nunca ocuparão um lugar vazio em outra fileira.
  • Em prédios de apartamentos, é normal que as portas das casas fiquem abertas. E, se deixar a sua fechada, um vizinho pode começar a se preocupar e vir te perguntar se tudo está bem.
  • As grandes casas estão equipadas com janelas sem cortinas.
  • Ninguém respeita o espaço do outro, ou seja, uma certa distância na hora de falar. O seu interlocutor sempre vai se aproximar na hora de conversar, como se quisesse te contar um segredo ou partir para a agressão física. Fique tranquilo; faz parte da cultura local e, acredite, você sairá ileso.
  • Se você tiver a sorte de estar em uma fila, prepare-se para ter o seu calcanhar pisado. E fila é um conceito um pouco impreciso no país. Todas as pessoas fazem de tudo para chegar mais rápido ao destino final.

Perguntas incômodas

Em um primeiro encontro é normal perguntar a idade e quanto dinheiro a pessoa ganha. Os vietnamitas consideram isso um sinal de educação. O assunto parece deixar os vietnamitas animados e as perguntas sugerem sinceridade e interesse na outra pessoa.

Sempre diga 'sim'

Os vietnamitas simplesmente não dizem 'não'. E, se o favor que você estiver pedindo não for muito claro, você irá receber apenas um 'sim' com a cabeça. O melhor conselho neste caso é olhar com atenção para as reações e para o olhar da pessoa para quem você está pedindo alguma coisa. Um simples sorriso indica falta de compreensão.

Tempo

A pontualidade definitivamente não é uma característica nacional. Se os habitantes locais prometerem algo em 5 minutos, ou para o dia seguinte, então muito provavelmente a promessa será adiada por tempo indeterminado.

Limpeza

Ao chegar no Vietnã, é importante estar preparado para ver muito lixo embaixo das mesas de barracas locais. Recentemente, foram instalados lixos para tentar acabar com esse problema.

Os turistas também se impressionam com o grande número de homens que fazem suas necessidades em qualquer lugar da rua.

Dentes

Há mais ou menos 100 anos, os dentes negros eram considerados um sinal de beleza entre as mulheres. Isso porque elas achavam que isso as protegia do azar. Hoje em dia ainda é possível encontrar vietnamitas que chamam muita atenção com seus dentes pretos.

Pele

Assim como em outros países asiáticos, as mulheres vietnamitas consideram a pele branca extremamente atrativa. É por isso que, quando o sol aparece, elas se escondem de todas as maneiras possíveis. Além da roupa, usam luvas, máscaras e mais de uma malha, até mesmo em dias de muito calor - e, sim, o Vietnã é um país muito quente. A máscara também ajuda a proteger os locais do pó causado pelas motos.

Unhas

O homem com unhas longas pode se dar ao luxo de não trabalhar no campo ou de fazer algum outro trabalho braçal e mal remunerado. Muitos homens do Vietnã tentam mostrar status com esse método, e deixam crescer a unha do dedo mindinho.

Cozinha

  • Os vietnamitas comem praticamente todos os animas, incluindo morcegos, cachorros, ratos, jacarés, tartarugas, cobras, raias e até embriões de pato dentro de ovos. Mas a comida principal ainda é o arroz e suas variações.
  • Além disso, colocam açúcar em quase tudo, desde o leite até a carne.
  • O molho particular 'Nước mắm', feito com peixe, é muito comum.
  • Não podemos deixar de fora o vinho de cobra, obtido ao deixá-la em vinho de arroz.
  • E muitos turistas jamais esquecem o café com leite condensado.

Dinheiro

Em 2003, para substituir as notas de algodão, foi introduzida a cédula de polímero sintético. O mais importante é que elas podem molhar e não estragam. As imagens nas notas mostram a boa relação com a extinta União Soviética: nas notas de 10 dong, de 1976, está impresso o trator TDT-40, produzido por Onego Tractor Plant. Ah, para os curiosos sobre a conversão da moeda: um real vale cerca de 6.170 dongs

Esporte

Os vietnamitas adoram esporte. Os preferidos são o futebol e o sepak takraw, parecido com o vôlei, mas jogado apenas com os pés.

Descanso

Às 12h os vietnamitas fazem um descanso de 3 horas. A maioria das lojas fecha, os funcionários das empresas dormem nas cadeiras ou no chão, em sacos de dormir. É importante destacar que a maioria dos vietnamitas acorda às 5h ou às 6h da manhã e, até o almoço, eles fazem o dia render.

Apesar de muito diferente, o país tem uma cultura muito rica, as pessoas são muito simpáticas e é impossível não morrer de vontade de voltar.

Imagem de capa depositphotos, East News
Compartilhar este artigo