Incrível
Incrível

Por que ainda temos estas 11 partes do corpo que não precisaríamos para sobreviver

O corpo humano é extremamente capaz de se adaptar às mudanças — nosso organismo pode perder vários órgãos e ainda seguir funcionando, a menos que isso aconteça de uma vez só, o que não seria saudável. No entanto, se você perder certas partes do seu corpo que desempenham papéis importantes, na maioria das vezes, haverá solução, e você ainda poderá levar uma vida plena.

Incrível.club traz uma lista de partes do corpo que nós não necessariamente precisaríamos para sobreviver.

1. Narina

Em nosso nariz há dois buracos, ou narinas, separados pelo septo (isso é o que separa a narina esquerda da direita). Eles passam por algo chamado ciclo nasal e isso basicamente nos fornece dois narizes. Esse ciclo indica que uma de suas narinas trabalha mais do que a outra.

A cada poucas horas, passamos da respiração de uma narina para a outra devido ao inchaço dos nossos tecidos internos. É importante que uma narina receba menos fluxo de ar do que a outra, porque é isso que nos dá a habilidade de cheirar. Nós realmente somos super-humanos!

2. Pulmão

Os pulmões, como sabemos, servem para fornecer oxigênio ao corpo. Mas o surpreendente é que podemos sobreviver com apenas um pulmão, em determinadas situações. Atletas, por exemplo, não seriam capazes de se exercitar como antes, mas ainda assim seriam capazes de se exercitar.

O corpo se adaptaria a funcionar sem um dos pulmões, compensando a perda de oxigênio. Além disso, o pulmão que não foi removido fica maior, para se adaptar a essas mudanças. Tudo o que é preciso é de tempo e prática para se acostumar totalmente.

3. Estômago

Você leu bem, a maioria das pessoas poderia viver sem o estômago. Enquanto o intestino delgado é vital para nossa sobrevivência e é a parte mais importante para a digestão, o estômago não é. Nosso corpo é apto para pular a “quebra” dos alimentos e passá-los direto para os intestinos.

Através de procedimento cirúrgico, os cirurgiões podem conectar o esôfago (o tubo que conecta a garganta ao estômago) ao intestino delgado e, como resultado, a pessoa poderia comer normalmente, adicionando suplementos vitamínicos à dieta. De qualquer forma, o estômago costuma ser removido apenas se a pessoa tiver uma doença grave, como câncer.

4. Amígdalas

A maioria das pessoas remove as amígdalas quando ainda é criança, e é perfeitamente possível viver sem elas. As amígdalas estão localizadas no fundo da garganta, e seu trabalho é evitar que germes entrem pela boca.

Para muitas pessoas, as amígdalas costumam diminuir com o tempo, mas às vezes isso não acontece, podendo ocorrer infecções, e então precisam ser removidas através de um processo chamado amigdalectomia.

5. Músculos do arrepio

Ah, sim, todos nós sabemos que nos arrepiamos quando escutamos uma música emocionante, quando está muito frio na rua ou quando estamos com medo. Mas nós realmente não precisamos desses músculos, que eram necessários na era de nossos ancestrais, mais peludos, como proteção extra contra o frio.

Fibras musculares, conhecidas como arrectores pilorum, produzem o arrepio, e nossos antepassados precisavam delas como hoje precisamos de casacos para nos proteger das baixas temperaturas.

6. Algumas partes da orelha

É claro que precisamos das orelhas para ouvir, mas não precisamos movê-las para fazer isso. Há um grupo muscular chamado auriculares, que era útil para nossos ancestrais: eles moviam suas orelhas para ouvir melhor e expressar emoções, como fazem os animais.

Embora ainda tenhamos orelhas hoje e consigamos movê-las um pouco, os músculos são mais fracos em função de razões evolutivas. De qualquer modo, nossas orelhas se movem quando sentimos emoções como felicidade, e esse é um fenômeno que não pode ser explicado.

7. Intestino grosso

O principal papel do intestino grosso é remover os resíduos do corpo. Isso não significa que realmente contribua para o metabolismo e seja o único caminho para a barriga, e é por isso que as pessoas podem sobreviver sem ele. Não há motivos para removê-lo, a menos que seja em decorrência de uma doença grave. Mas, se isso acontecer, você pode viver uma vida plena sem ele.

8. Terceira pálpebra

Se você observar seus olhos através do espelho, verá um pequeno círculo rosa no canto. É sua terceira pálpebra, inútil para nós, mas útil para animais, como pássaros, para evitar que poeira e outras sujeiras entrem em seus olhos.

Se você já ouviu falar em seleção natural, isso pode soar familiar para você. Para resumir, a seleção natural mantém algumas partes do corpo através de gerações, mas algumas delas são prejudiciais e então eliminadas na geração seguinte; mas outras acabam permanecendo, como a terceira pálpebra em algumas pessoas.

9. Cóccix

Nós temos, de fato, um cóccix que é inútil para nós, diferentemente dos mamíferos que precisam dele para equilíbrio e comunicação. O cóccix foi útil para nossos ancestrais quando eles ainda estavam começando a caminhar nas duas pernas.

A evolução transformou isso em ossos localizados na base da nossa espinha. Algumas descobertas sugerem que esse osso é ainda usado para suportar alguns músculos da área pélvica, mas já foi provado que ele tem pouca ou nenhuma utilidade, na prática.

10. Baço

O baço está localizado no lado esquerdo do abdômen, próximo ao estômago. É um importante órgão, mas algumas pessoas podem viver sem ele. Quando o baço não funciona mais corretamente, como quando se torna aumentado ou é danificado, pode ser um sinal verde para removê-lo.

Depois da remoção, você pode ficar propenso a ter infecções mais rapidamente. No entanto, o fígado, por exemplo, assumirá suas tarefas e você ainda poderá controlar essas infecções.

11. Vesícula biliar

A vesícula biliar fica localizada no lado direito do abdômen, abaixo do fígado. Sem ela, o corpo não poderia armazenar um suco digestivo chamado bile, mas, como substituto, o fígado poderia fazer essa tarefa e liberaria a bile para o intestino delgado.

Você ainda será capaz de digerir muitos alimentos, mas talvez comidas gordurosas sejam um problema, pois podem gerar inchaço e gases.

Ficou surpreso com alguma parte do corpo que não precisamos? Você já teve algum órgão removido?

Incrível/Curiosidades/Por que ainda temos estas 11 partes do corpo que não precisaríamos para sobreviver
Compartilhar este artigo