Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20 Coisas que não devemos mais ter em casa

Acumular bagunça e objetos desnecessários em nossa casa pode nos deixar estressados e ansiosos. Excesso de bugigangas nas prateleiras, cartões-postais, canecas, roupas velhas e até tubos de cosméticos pode encher nossa mente de muitos estímulos. Isso força nossos sentidos visuais, táteis e outros a trabalharem constantemente, nunca nos deixando descansar.

Incrível.club quer ter certeza de que o lar de nossos leitores fique o mais aconchegante possível. É por isso que criamos este checklist que você pode usar para organizar sua casa. Esperamos que o ajude a transformá-la numa verdadeira fortaleza de conforto!

1. Cabos antigos

Conforme a tecnologia avança, tendemos a acumular mais aparelhos e, com eles, mais cabos. O problema é que, com o passar do tempo, não nos livramos dos cabos, porque esperamos que sejam úteis de alguma forma. Normalmente, esse momento nunca chega e esses cabos velhos continuam se acumulando nas gavetas. É melhor organizá-los, mantendo somente os necessários e reciclando o resto.

2. Protetor solar do ano anterior

Imprescindíveis durante o verão, os protetores solares às vezes ficam esquecidos durante as outras estações. É importante ter certeza de que o creme não expirou, caso contrário, não fará mais efeito. Normalmente, os filtros solares podem durar até três anos. Se não conseguir encontrar a data de validade na embalagem, você mesmo pode escrever a data de compra nela.

3. Revistas velhas, cupons vencidos e manuais de instrução

Todos esses produtos de papel desnecessários apenas ocupam espaço e bagunçam nossa casa, deixando-a empoeirada. A menos que seja um recibo importante que você possa precisar para uma restituição de imposto, ou uma edição exclusiva de uma revista, é melhor reciclar o resto. Além disso, verifique se os manuais de instrução antigos são úteis para você: a maioria deles agora está disponível on-line e até tem tutoriais em vídeo.

4. Meias sem par

Meias que perderam seu par são desnecessárias, mas continuamos a guardá-las em casa. Podemos até ter uma cesta especial para elas, na esperança de um dia encontrarmos a segunda para que possamos usá-las novamente. O ideal seria usar a criatividade e transformá-las em decorações ou brinquedos interessantes para crianças e animais de estimação.

5. Artigos de papelaria e material de escritório

Canetas, marcadores, réguas, post-its, fitas adesivas, calculadoras: às vezes, recebemos como presentes ou brindes nas nossas compras, e, quando voltamos para casa, jogamos em alguma gaveta, esperando que possamos usá-los algum dia. Se você tem coisas assim, e percebe que não usa há mais de um ano, é melhor doá-las para uma organização de caridade.

6. Sutiãs velhos e outras roupas íntimas

Se seus sutiãs ou calcinhas ficaram pequenos para você, ou perderam a forma e a elasticidade, evite acumulá-los em cestas e gavetas. O mesmo vale para os modelos desconfortáveis, mesmo que sejam bonitos. Eles não fornecem o suporte adequado, que é importante para prevenir a flacidez prematura dos seios, reduzir as rugas profundas no colo ou evitar problemas de saúde.

Se a sua lingerie ainda estiver boa, mas desconfortável, em vez de jogá-la fora, você pode doá-la para sobreviventes de câncer de mama ou mulheres em comunidades carentes.

7. Temperos que estão fora do prazo de validade há muito tempo

As especiarias têm até uma data de validade, que gira em torno de 2 a 3 anos. Então, limpar sua gaveta de temperos é totalmente obrigatório! Você pode aproveitar essa oportunidade para organizar seus temperos em lindos potes, escrevendo os nomes e a data de compra em cada um deles. Quanto aos itens antigos, é possível reutilizá-los adicionando-os ao seu sabonete caseiro ou fazendo sachês que espalharão um aroma agradável pela casa.

8. Canecas demais

As canecas são um presente bastante popular, então, com o tempo, acabamos nos dando conta que temos muitas delas. Na verdade, tantas que nem usamos a maioria. Esse tipo de “coleção” pode ocupar muito espaço — que poderia ser usado para algo mais necessário, por isso é melhor dar essas canecas para crianças ou simplesmente doá-las.

9. Cadernos, agendas, blocos de notas e planners sem uso

O gerenciamento do tempo é uma coisa necessária no mundo moderno, e várias agendas nos ajudam a controlá-lo. Mas, às vezes, simplesmente não conseguimos evitar e compramos outro caderno com uma capa bonita e nunca escrevemos nada nele. Em vez de deixá-lo na gaveta da mesinha de cabeceira, você pode usá-lo como um presente para alguém que adora escrever um diário ou rabiscar.

10. Velas e souvenirs demais

As velas e decorações corretamente colocadas podem dar um visual especial ao seu espaço, tornando-o ainda mais aconchegante ou elegante. Muita variedade ou muitas bugigangas aleatórias apenas bagunçarão tudo. Se algumas delas tiverem um valor sentimental para você, é possível organizar uma prateleira ou um aparador para elas, mantendo todas em um só lugar.

11. Condimentos esquecidos na geladeira

Um pote de mostarda muito apimentado ou um ketchup de que você não gostou, às vezes fica na prateleira da porta da geladeira, esperando um momento melhor. Depois de um tempo, tende a ser esquecido ou simplesmente ignorado, embora ainda ocupe muito espaço ali. Antes que passe do prazo de validade, você pode dar esse molho para seus amigos ou parentes se eles o acharem saboroso.

12. Sapatos gastos ou que machucam

Sapatos desconfortáveis ou deformados podem torturar seus pés, em vez de confortá-los. Eles não lhes dão o suporte necessário e podem fazer com que o pé se desloque muito, o que pode causar irritações, bolhas ou até sangramento. Sapatos desconfortáveis, mas ainda em bom estado podem ser vendidos, enquanto os muito velhos podem ser reciclados.

13. Pratos lascados

Por mais bonito ou precioso que seja um prato, é melhor não comer nele se estiver lascado ou com rachaduras. Ao lavá-lo, a água pode entrar nas rachaduras e levar ao crescimento de bactérias. Além disso, a rachadura só aumentará com o tempo. Você pode fazer algumas decorações criativas usando essas peças.

14. Artigos de higiene pessoal trazidos das férias

Podemos querer trazer para casa brindes dos diferentes hotéis em que ficamos durante as férias. Não é uma má ideia, se você pretende usá-los mais tarde. Se eles vão se acumulando e se espalhando pelo banheiro, é melhor lembrar que também têm prazo de validade e precisam ser usados.

15. Sacolas plásticas

Frequentemente, trazemos esses itens do supermercado para casa, e, com o tempo, criamos uma pilha enorme deles. Você deve reunir todas as sacolas e reciclá-las, criando mais espaço em sua casa. Além disso, para contribuir com o meio ambiente, também é possível substituí-las por sacolas reutilizáveis, como as de tecido.

16. Buchas

Usar uma bucha pode ser arriscado, especialmente se ela for velha. Células mortas da pele podem se acumular nela e ela também pode reter a umidade, o que a torna um local perfeito para o crescimento de bactérias. Se você deseja esfoliar a pele, pode usar diferentes esfoliantes corporais e bucha de silicone como alternativas.

17. Jogos de tabuleiro velhos que você não joga mais

Os jogos de tabuleiro são divertidos quando você deseja passar um bom momento com sua família ou seus amigos. Mas, uma vez que você percebe que não precisa mais deles, não adianta mantê-los. Aqueles que podem ter um significado especial para você, podem ser guardados para boas lembranças, mas o resto pode ser doado para crianças.

18. Cartões antigos

Aniversários, Natal, Páscoa, formatura ou qualquer outra ocasião especial podem significar que você tem a chance de receber cartões de outras pessoas. Alguns deles podem ser realmente fofos, mas na realidade, muitos de nós não os lemos com muita frequência. Você pode reciclá-los facilmente, em vez de guardá-los.

19. Fitas e DVDs

Fitas e DVDs antigos podem conter muitas memórias da nossa infância ou juventude. Conforme a tecnologia avança, os reprodutores para essas mídias se tornam menos populares. Para preservar suas memórias, você pode digitalizar seus momentos de vídeos antigos e armazená-los em uma unidade de pen drive. Dessa forma, você sempre terá acesso a eles e será mais fácil preservar essas informações.

20. Roupas formais que você só usou uma vez

Às vezes, compramos roupas formais para ocasiões especiais, que acabam não sendo mais usadas. Elas ficam penduradas no armário, ocupando espaço e acumulando poeira. Seria melhor vendê-las para conseguir algum dinheiro, ou doá-las a quem precisa.

Com que frequência você se livra de coisas velhas e sem uso em sua casa?