Incrível
Incrível

15 Palavras faladas em Portugal que costumam ser bem engraçadas para brasileiros

Tão iguais e tão diferentes. Essa é uma boa forma de definir os brasileiros e os portugueses, e o idioma que ambos têm em comum. Se o sotaque já faz a língua portuguesa ser muito diferente, o uso de expressões ou palavras informais só aumenta algumas das diferenças idiomáticas. Nós já falamos sobre palavras portuguesas que deixam os brasileiros confusos. Hoje, queremos focar em expressões informais que quase todos os portugueses usam diariamente.

Já pensou, que legal seria ir a Portugal sabendo o significado de algumas gírias locais, quase desconhecidas entre os brasileiros?

Nós, do Incrível.club, conversamos com portugueses que nos ensinaram 15 expressões informais. Por mais estranhas que possam nos parecer, elas são utilizadas no dia a dia em Portugal. Não seja um “cortes” e venha saber mais.

Pedir uma bica ou um cibalino, significa...

Os portugueses não vivem sem uma bica, ou melhor, sem o seu bom café expresso. Em Lisboa e arredores, se quiser pedir um café, o ideal é dizer que você quer uma bica. Já no Porto pode-se pedir “um cimbalino, por favor”. Possivelmente, a origem de bica está na maneira de tirar o café para a xícara, a partir de uma bica da máquina.

O que significa azeiteiro?

real significado da palavra azeiteiro diz respeito àquele que produz e vende azeite. No entanto, o termo tem outro sentido. Um azeiteiro ou uma azeiteira também pode se referir a alguém que se faz passar por rico e estiloso, mas age ou mostra algo fora do normal para se exibir. No Brasil, usamos o termo brega para definir uma pessoa assim.

“Levar uma banhada”

Quando alguém “leva uma banhada”, significa que teve uma desilusão, foi enganado ou sofreu uma grande derrota. Por exemplo, podemos usar essa expressão quando nosso time de futebol perde um jogo: “A minha equipe levou uma banhada”. Também é comum usá-la em situações do dia a dia.

Em Portugal, a pessoa pode ser fixe ou...

Baril, que no Brasil é interpretado como legal. Trata-se de uma palavra usada para exprimir entusiasmo ou satisfação. Ou seja, quando um português diz que algo ou alguma situação é baril, significa que está feliz. Atenção, não confundir com a gíria baiana barril que pode significar algo perigoso, por exemplo.

Você conhece um betinho ou uma betinha?

Em Portugal também existem os estereótipos de “mauricinho” e “patricinha”, porém, com gírias diferentes para mencioná-los. Os portugueses chamambetinho” ou “betinha alguém de comportamento ou aparência considerados como o de pessoas de classe social elevada. É comum ouvir dos portugueses frases como: “Ela se veste de uma forma muito betinha” ou “O meu amigo é um beto, mas ele é fixe”.

Você pode dizer que está um pouco atrasado ou...

Essa palavra é a definição da linguagem informal em Portugal. Uma beca é o mesmo que dizer um bocado ou um pouco. Um exemplo: “O bolo ficou bom. Queres uma beca”?

Não seja um “cortes”

Sabe aquele amigo que é sempre o primeiro a topar tudo, mas no fim, nunca aparece? Em Portugal, trata-se de um cortes e isso pode ser muito chato, não é? Uma pessoa cortes é alguém que cancela ou recusa um plano.

Um garoto ou uma garota são chamados de...

Chavalo ou chavala são usados em certos lugares de Portugal. Majoritariamente, os termos são empregados por pessoas mais jovens, pelo tom descontraído e informal que as palavras representam. Sendo assim, você pode convidar a chavala para ir ao cinema, ou dizer que o chavalo é seu vizinho, por exemplo.

“Abancar” em algum lugar

Quando um amigo ou familiar diz que está cansado, você pode sugerir: “Podes abancar na nossa mesa”. É o mesmo que dizer para sentar-se e descansar.

Ela é “tótil’ gira”

Nesse artigo, explicamos que chamar alguém de gira ou giro significa que a pessoa é bonita ou bonito. Contudo, se você deseja reforçar essa opinião, uma opção é usar, antes do termo, as palavras bué ou tótil, que significam muito.

Ai que briol...

No norte de Portugal, mais especificamente no Porto, quando a temperatura está baixa, você vai ouvir muita gente reclamando e dizendo — “Que briol está hoje!”- para se referir ao frio que está fazendo.

Alguma vez deu com a língua nos dentes e chibou seu amigo?

Se você contou um segredo a alguém que o revelou a quem não deveria, automaticamente saberá que essa pessoa se chibou, por isso, é um chibo. Significa dar com a língua nos dentes, denunciar ou acusar alguém, geralmente por uma falha ou comportamento.

Esbardalhou-se no chão

Esbardalhou-se é uma expressão comum em Portugal para se referir a alguém ou algo que caiu. Dois exemplos de como usar essa palavra seriam: “Hoje uma chavala esbardalhou-se no chão mesmo à minha frente” ou “O João viu-me esbardalhar no chão”.

Se quiser ir embora, você diz...

Uma forma de dizer aos outros que deseja ir embora de algum lugar, é usar a expressão bazar. Na prática, seria algo assim: “Eu quero bazar desta festa, pois estou cansado.” Parece bastante o “vazar”, que usamos no Brasil, não acha?

Brutal nem sempre significa algo ruim

Por mais estranho que pareça aos brasileiros, em Portugal, o emprego da palavra brutal não é negativo. Se você disser “Esse dia foi brutal”, significa apenas que gostou muito e passou bons momentos. O termo é utilizado para expressar intensidade, algo como: “O dia foi muito bom” ou “Aquele dia foi muito louco”.

Agora que conhece algumas gírias diferentes, que tal tentar empregar uma ou outra no seu dia a dia? Qual dessas expressões gostou de aprender? Compartilhe sua opinião nos comentários!

Incrível/Curiosidades/15 Palavras faladas em Portugal que costumam ser bem engraçadas para brasileiros
Compartilhar este artigo