Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Homem cria peças de vidro com as cinzas de pets para valorizar as melhores lembranças

Perder um animal de estimação é uma das experiências mais dolorosas que alguém pode experimentar. Muitas vezes, pensamos em voltar no tempo para reviver alguns momentos que passamos ao lado de nossos amigos de 4 patas, embora isso não seja possível. No entanto, todas as lembranças são registradas em nossa memória e se tornam nosso maior tesouro.

Pensando nisso, uma empresa localizada em Idaho, nos Estados Unidos, começou a criar peças de vidro com as cinzas de animais de estimação, com a intenção de ajudar seus donos a valorizar cada momento vivido ao lado de seus amigos.

Cameron Davenport, o proprietário da empresa, contou ao Incrível.club detalhes dessa iniciativa comovente. E agora vamos compartilhar tudo com você. Sem dúvida, é uma linda maneira de recordar os animais de estimação que não estão mais fisicamente presentes, mas que sempre terão um lugar no coração da família.

Um momento triste que se tornou uma ótima ideia

Quando Cameron começou a criar objetos de vidro, um de seus maiores amigos morreu. A mãe de Johnny, o amigo (humano), entregou-lhe uma colher com as cinzas do filho dentro de uma caixa, mas Cameron não ficou muito feliz em guardá-las dessa maneira, então começou a pensar em outro jeito de conservá-las. Depois de algum tempo, pensou que seria bom colocar os restos de Johnny em uma bolinha de gude.

Ao perceber que tinha funcionado e ficado lindo, ele começou a fazer outras imagens para dar de presente aos familiares de seu companheiro e a amigos em comum. Então pensou em criar objetos de vidro especiais, para que outras pessoas também pudessem guardar as cinzas de seus entes queridos de uma maneira diferente. Gradualmente, a ideia acabou se transformando em um projeto importante e significativo para muitos: o Davenport Memorial Glass (Memorial de Vidro Davenport, na tradução livre).

Desde pequeno Cameron gosta do fogo, pois sempre o considerou intrigante. Uma das melhores maneiras que encontrou para utilizá-lo com uma abordagem positiva foi a chamada técnica do vidro soprado. Para Cameron, ter a oportunidade de criar objetos de vidro com um significado tão grande e dar alegria a outras pessoas é muito gratificante.

Pensando nos animais de estimação

Embora tudo tenha começado graças ao seu gosto pelo fogo e à peça que fez para homenagear um grande amigo humano, Cameron queria se concentrar nas peças feitas com cinzas de animais de estimação. Afinal, ele os considera os companheiros mais fiéis e geniais das pessoas, já que sempre estão por perto para consolá-las e esperam que voltem para casa todos os dias. Além disso, o vínculo criado com um animal é uma das coisas mais puras e especiais da vida.

“Meus animais de estimação significam muito para mim. Embora nunca tenha pensado em me dedicar a isso em período integral, fazer esse trabalho era um sonho que se tornou realidade. Eu realmente amo o que faço e gosto de ver esse impacto positivo nas pessoas”, diz. Cameron sabe que, como ele, há pessoas que amam seus animais e ser capaz de lhes oferecer algo especial e eterno como lembrança é algo que o enche de satisfação.

Por isso o artista não deixa de fazer peças para quem acabou de perder um grande amigo de 4 patas. “Não posso deixar de querer fazer parte disso. Criar estas lembranças me deu mais satisfação do que qualquer coisa que já fiz com vidro”, garante ele.

A produção das peças

Cada peça é feita à mão e, para isso, Cameron precisa apenas de uma colher de chá das cinzas. Quando elas chegam, ele telefona para cada cliente para acertar os detalhes do pedido e começa a trabalhar. Quase todas as peças ficam prontas em uma hora, mas imagens complexas como as de patas, podem demandar mais tempo.

Normalmente ele gosta de usar cores transparentes para que as cinzas fiquem visíveis. “Existe uma ciência de misturar as cinzas com o vidro e fazer com que a peça não tenha rachaduras. O truque é fazer isso lentamente, mantendo o vidro bem quente enquanto trabalha com ele. Pego uma colherzinha de chá das cinzas e enrolo o vidro fundido nela para, posteriormente, lhe dar o formato desejado”, explica.

Como encomendar

Se você está interessado em uma peça, pode entrar na página oficial e ler as instruções para enviar as cinzas do seu animal de estimação em um pacote especial para o Davenport Memorial Glass. É importante enviar apenas a quantidade solicitada por Cameron para fazer a peça, como forma de agilizar o processo e evitar cobranças adicionais. Normalmente, os pedidos levam de 4 a 6 semanas para ser concluídos. Depois disso e, graças ao trabalho desse grande artista, é possível ter uma peça cheia de significado e recordações.

“Espero que, no futuro, possa oferecer peças mais elaboradas e personalizadas. Ter uma empresa e ser o único a trabalhar com isso é um pouco complicado e tem seus desafios, mas estou animado porque um aprendiz vai se juntar ao projeto. Por outro lado, estou planejando coisas interessantes e espero ter a oportunidade de dar aulas para que as pessoas conheçam a técnica”, acrescentou.

O que achou dessa iniciativa? Como honra a lembrança de animais de estimação que não estão mais com você? Conte para gente nos comentários.