Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Incrível

20 Pássaros majestosos que farão você sentir muita vontade de tê-los nas mãos

Existem mais de 10 mil espécies de aves na Terra e a variedade é imensa. Há desde exemplares enormes, como o avestruz, que pode ter até 2,7 metros de altura, ao pequeno beija-flor abelha, de apenas 5,7 cm. Apesar de todas essas criaturas terem o seu próprio encanto, a coloração especial, a plumagem ou os rituais espetaculares de acasalamento tornam algumas aves tão únicas que parecem ser obra de ficção.

É por isso que o Incrível.club fez uma lista das espécies de aves mais impressionantes que vagam por nossas terras e águas. Boa leitura!

1. O quetzal-resplandecente

Encontrado nas florestas tropicais da América Central, o quetzal-resplandecente recebeu esse nome porque muitos o veem como uma ave verdadeiramente magnífica. Tende a viver sozinho e somente arruma uma parceira para se acasalar. Durante o período de acasalamento, as plumas das caudas dos quetzais machos crescem, chegando a até 30 centímetros de comprimento.

2. Gaio-azul

gaio-azul, uma ave canora (tem capacidade de canto), é encontrado na América do Norte. Eles são conhecidos por emitir sons altos, parecendo um sinal de alarme. Também emitem longos gritos para alertar outras criaturas da aproximação de um possível predador. Os gaios-azuis também usam diversos sons baixos entre si para se comunicar, e conseguem imitar até mesmo a voz humana.

3. A ave andina esmeralda

A ave andina esmeralda é encontrada na América do Sul (na região dos Andes) e é uma das mais de 300 espécies de beija-flor do mundo. Essas aves têm uma vida solitária, mas se reúnem com outros beija-flores em árvores floridas, também conhecidas como “assembleias de alimentação”.

4. Faisão dourado

faisão dourado, também conhecido como faisão chinês, é uma ave única, encontrada principalmente no leste asiático. Essas criaturas emplumadas são muito tímidas e geralmente se escondem em lugares escuros nas florestas em que vivem.

5. A grande ave-do-paraíso

A grande ave-do-paraíso é a maior da família Paradisaea e vive no sudoeste da Nova Guiné e nas ilhas Aru, na Indonésia. Essas aves geralmente são poligâmicas, o que significa que um macho é parceiro de várias fêmeas. Algumas aves-do-paraíso têm enormes plumas ou outros ornamentos distintivos, como penas brilhantes.

6. Cauda-azul do Himalaia

O cauda-azul (bluetail), também chamado de pisco-de-peito-ruivo, é uma pequena ave, que apenas se reproduz no Himalaia. A ave viaja apenas a curtas distâncias e prefere morar em regiões úmidas.

7. O grou-coroado-cinza

Essas majestosas aves de cor cinza são monogâmicas e acasalam durante toda a vida. O grou-coroado-cinza é muito famoso na África Subsaariana, sendo até mesmo um símbolo sagrado em alguns países. A ave também é o símbolo nacional de Uganda e está representada na bandeira do país.

8. Martim-pescador

A pequena ave azul brilhante, chamada popularmente também de pica-peixe-de poupa, vive na África Subsaariana — há algumas variedades aqui no Brasil. O martim-pescador vive próximo a lagoas e gosta de voar muito rápido sobre águas lentas. Suas asas curtas se tornam apenas um mero borrão quando estão em movimento.

9. Goura victoria

A graciosa ave, com sua elegante crista no formato de renda, foi chamada assim em homenagem à grande monarca britânica do século XIX, a Rainha Victoria. Essa ave é muito sociável e também tem a capacidade especial de produzir leite para os filhotes, conhecido como “leite de colheita”.

10. Fradinho

Essas aves, chamadas também de papagaios-do-mar, geralmente vivem ao redor do Oceano Atlântico Norte. Os papagaios-do-mar são verdadeiros mestres do voo, pois podem bater suas asas até 400 vezes por minuto e acelerar no ar a quase 90 quilômetros por hora. Também são excelentes nadadores e podem mergulhar até 60 metros de profundidade para procurar seus peixes preferidos.

11. Pato-mandarim

O pato-mandarim tem um forte e importante significado nas culturas do leste asiático. Essas aves são admiradas e apreciadas significativamente por causa da sua lealdade e compaixão conjugal.

12. Rolieiro-de-peito-lilás

O colorido rolieiro-do-peito-lilás é a ave nacional não oficial do Quênia, na África. Esses pássaros são surpreendentemente corajosos, podem viver e se adaptar em diferentes ambientes e até sobreviver bem após desastres naturais. Durante um incêndio no mato, não têm medo de caçar perto do fogo.

13. Diamante-de-gould

O diamante-de-gould é uma das aves mais coloridas da Austrália e a única que faz seu ninho em cavidades de árvores ou em buracos nos montes de cupins. É uma ave bastante silenciosa, que apenas emite um som de assobio de tempos em tempos.

14. Rolo indiano

Mais conhecidos por suas belas performances acrobáticas, os machos dessa espécie (Coracias benghalensis) dão um show durante a época de reprodução para chamar a atenção das fêmeas. O rolo foi escolhido como o pássaro oficial por vários Estados da Índia. Seus alimentos preferidos são sapos, lagartos, grilos e mariposas.

15. Galo-da-serra-andino

A ave laranja radiante tem uma tendência a construir seus ninhos nas rochas, daí ser conhecida também como galo-da-rocha. É a ave nacional do Peru e uma das mais populares da Cordilheira dos Andes. Suas características marcantes a tornam muito atraente para predadores como onças e pumas.

16. Turquoise-browed motmot

Encontradas na Guatemala, as aves turquoise-browed motmot (monocelha-da-cara-turquesa, na tradução livre) não constroem ninhos comuns nas árvores, mas se divertem cavando tocas no chão. Um fato interessante sobre elas é seu costume de ficar em pé mexendo a cauda, um movimento que faz lembrar um relógio de parede antigo.

17. Poupa

As poupas da Eurásia têm algumas das mais impressionantes asas em preto e branco. Essas aves têm uma prática especial para cortejar, usando a comida para isso. Nessa cerimônia as aves do sexo masculino oferecem insetos para as fêmeas, por exemplo.

18. O cardeal do norte

O cardeal do norte é uma ave minúscula e delicada, do tamanho de uma xícara de chá, e vive por cerca de 15 anos. Somente os machos têm penas vermelhas brilhantes, característica pela qual a espécie é conhecida. A cor é muito importante porque torna os machos mais perceptíveis para as fêmeas, e isso leva ao acasalamento bem-sucedido.

19. Secretário

O secretário (Sagittarius serpentarius) recebeu esse nome dos europeus em 1800, porque, naquela época, os secretários usavam casacos de cauda cinza, calças na altura dos joelhos e carregavam canetas de pena de ganso atrás das orelhas e a ave de pernas longas possui muitas dessas características. O secretário é encontrado principalmente na África e é a ave que possui as pernas mais longas entre as de rapina.

20. Abelharuco

Essas aves são conhecidas por pegar destemidamente abelhas e outros insetos voando. Usando seus bicos curvos, atingem a cabeça da vítima e esfregam-na em uma superfície para remover as toxinas e depois comê-la.

Você já capturou fotos fascinantes das aves mostradas acima ou tem alguma para mostrar para a nossa equipe? Em caso afirmativo, compartilhe as imagens conosco!

Compartilhar este artigo