Incrível
Incrível

19 Internautas que adotaram uma bolinha peluda abandonada, e ela se transformou em uma verdadeira nuvem de amor

As ruas e os abrigos estão cheios de animais abandonados. Felizmente, muitos deles têm sorte e acabam sendo adotados por humanos carinhosos.

Nós, do Incrível.club, mais uma vez nos certificamos de que existem pessoas genuinamente boas neste mundo e que cada criatura peluda tem a chance de encontrar um lar e um dono que o ame. E no bônus, um relato do autor deste artigo, que também ganhou um novo amiguinho de quatro patas.

“Nossa bebezinha, a Una, no dia em que a adotamos e dois anos depois”

“Ele tinha medo de tudo e de todos. E agora, nove meses depois, é o cachorrinho mais feliz e mais confiante que conheço”

“A foto da esquerda foi tirada no dia em que o adotei, e a da direita, 48 dias depois”

“Não sei quem tinha mais medo de quem no início: ela de mim ou eu dela”

“Encontrei este garoto há alguns anos, quando ele foi abandonado pela própria mãe. Olhe só como ele se transformou”

“Há um ano, este garoto foi abandonado no parque e agora é o meu melhor amigo”

“A primeira foto foi tirada quando acabamos de tirá-la do lixo. E na segunda, ela já estava desfrutando de sua nova vida um mês depois”

“Trouxemos para casa um cachorro abandonado no campo. Norman não é mais jovem, mas viverá sua velhice cercado de pessoas que o amam”

“Encontrei esta gata no quintal quando ela tinha alguns meses de idade. Na foto à esquerda, é ela após o primeiro banho, e à direita, uma gata de 7 anos confiante”

“Millie apareceu na minha vida há um ano. Cachorrinha de rua que roubou meu coração”

“Resgatei um gato muito doente no meu bairro, cuidei dele e decidi adotá-lo”

Apenas precisava de um pouco de amor

“Meu marido disse que era o cachorro mais feio que ele já tinha visto”

“A resgatamos quando estava grávida, desnutrida e tímida. Criamos seus gatinhos, e agora é a minha bebezinha favorita”

“Já faz um ano que moro com este bebê. No início, suas costelas eram muito pronunciadas, mas agora ele está com um peso ideal de 27 kg”

“Depois de seis meses morando com a gente”

“Tony, assim que o adotamos vs. seis anos depois”

“Parecia uma gata sem raça definida, e tive de alimentá-la com uma pipeta. Mais tarde, descobri que um dos seus pais era persa”

“Depois de oito anos, já não me surpreende que seu pelo apareça até mesmo nos bolos que acabei de comprar”

“Na foto da esquerda está o Bodie no dia em que o peguei no abrigo, e à direita, exatamente cinco anos depois”

“Depois de três anos e meio, a gata resgatada finalmente começou a confiar em mim, tanto que dorme no meu colo”

“A primeira foto foi tirada no abrigo em junho de 2017. E a segunda, menos de um ano atrás. Eu amo esta foto. O bebê tem síndrome uveodermatológica”

A síndrome uveodermatológica é uma enfermidade autoimune rara que compromete a pele e os olhos de cães. (Observação do Incrível.club)

Bônus

  • Essa garota foi abandonada pelos seus donos duas vezes. Minha irmã a encontrou no canto mais afastado do abrigo, toda suja, magra, cheia de medo. Quando a trouxemos para casa e a lavamos, ela tinha medo até de andar pelo apartamento, ficava sentada no corredor o tempo todo. Em dois anos e meio, Sadie cresceu e se tornou uma cachorrinha peluda e rechonchuda que vive rodeada de amor e carinho, se alimenta bem e brinca o tempo todo com os nossos gatos e o nosso terrier.

Como era o seu pet quando você o adotou?

Imagem de capa mrscatmom98 / Reddit
Incrível/Animais/19 Internautas que adotaram uma bolinha peluda abandonada, e ela se transformou em uma verdadeira nuvem de amor
Compartilhar este artigo