13 Fatos que contrariam rumores e provam que gatos são supercomunicativos e cheios de amor para dar

Cada vez menos gente resiste à fofura dos gatinhos, tanto que os bichanos se tornaram animais de estimação bastante populares. Mesmo assim, ainda temos muito o que aprender sobre eles. Há quem acredite que os gatos são indiferentes aos seus donos e se apegam apenas à casa. Será que é isso mesmo ou não sabemos interpretá-los?

A equipe do Incrível.club adora gatos e decidiu pesquisar sobre o comportamento e a linguagem corporal dos felinos para compreendê-los melhor. Veja o que descobrimos!

1. Gatos miam para se comunicar com humanos

Gatos filhotes miam para se comunicar com suas mães, mas, quando crescem, perdem esse hábito e encontram outras formas de interagir entre eles. Quando se relacionam com humanos, os filhotes usam a voz para chamar nossa atenção. Ao perceberem que estamos respondendo, eles continuam por toda a vida. Se ignorarmos, eles eventualmente param.

Como o miado não é uma forma de comunicação comum entre felinos, raramente você ouvirá um gato miando para outro. Ou seja, eles miam apenas para “conversar” conosco.

2. Ronronar geralmente significa que o gato está satisfeito, mas nem sempre

O “rom-rom” do ronronar é sem dúvida um dos sinais mais evidentes de satisfação que um gato pode te dar. Isso porque eles costumam fazer esse barulhinho áspero quando estamos acariciando-os. Porém, a verdade é que essa não é a única interpretação possível. Em alguns casos, o ronronar também pode expressar estresse e medo.

3. Gatos marcam as pessoas como seu território esfregando rosto e corpo nelas

Gatos que vivem juntos e se dão bem têm o hábito de esfregar suas bochechas contra o corpo um do outro. Eles fazem o mesmo nas pernas das pessoas, deixando o seu cheiro e marcando território. É uma forma de mostrar a todos que “esse dono já tem dono”, e é dele.

4. Quando o gato vira de barriga para cima, ele está relaxado e confiante

Rolar e expor a barriga é uma saudação e um sinal de confiança emitido pelo gato. Nessas situações, pode ser quase irresistível acariciá-lo na barriga, mas, se você não conhece bem o animal, vale a pena segurar a tentação.

Para muitos gatos, ao acariciarmos a sua barriga exposta, ele sente como se a confiança que depositou em você tivesse sido traída e pode querer dar o troco, usando suas garras e dentes. Na dúvida, um carinho na cabeça é a melhor maneira de responder ao gesto.

5. Uma piscadinha lenta é como um beijo para o gato

Quando um felino pisca lentamente para você, é como se ele estivesse te dando um beijinho. Então, por que não piscar de volta? Faça o teste para ver como o seu gato vai reagir. Sabendo disso, parece impossível não achar que a piscadinha dos gatos é a coisa mais fofa do mundo!

6. Se o seu gato te olha fixamente, ele está interessado em você

Gatos são territoriais por natureza. Como eles se comunicam principalmente por meio da linguagem corporal, um gato encarando o outro é uma forma de mostrar dominância. Quando um gato percebe que outro está olhando para ele, os dois param tudo e... continuam se olhando. Se esse contato visual não for interrompido de uma maneira ou de outra, eles podem até partir para a briga.

Já se o seu gato fica olhando fixamente para você, isso quer dizer que ele se interessa pelas suas atividades, especialmente se ele puder ser beneficiado por elas. Então, os olhos do bichinho fazem uma leitura sua, ao mesmo tempo que a linguagem corporal dele pode estar tentando te dizer algo.

7. Quando o gato está em estado de atenção, os olhos se abrem e as pupilas se contraem

Além de serem hipnotizantes, os olhos do seu gato podem te dar várias dicas do que ele está sentindo. Quando ele tem as pupilas dilatadas, por exemplo, provavelmente está animado, surpreso ou assustado, depende da situação.

Já as pupilas contraídas, quando ficam bem pequenas, podem indicar que o seu gato está agitado ou bravo, e é possível que ataque a qualquer momento. Fique atento!

8. Gatos com as orelhas para o lado (como asas de avião) estão prontos para a briga

Quando as orelhas dos gatinhos apontam para o lado, de forma parecida com as asas de um avião, é um indicativo de que um comportamento agressivo pode estar por vir. Tanto que é bastante comum que os gatos tenham as orelhas nessa posição durante uma briga.

Sempre que vir a orelha do seu bichinho nessa posição, se afaste para não acabar sendo mordido e arranhado. Tente desencorajar brincadeiras agressivas, que podem acabar nos machucando.

9. O gato está feliz e amigável quando os seus bigodes estão naturalmente para o lado

É bem verdade que esse gato da foto não parece feliz tampouco amigável. Mas são exatamente as expressões totalmente diferentes dos humanos que os tornam tão interessantes.

bigode dos felinos tem o dobro da espessura do cabelo humano e raízes três vezes mais profundas. Ele serve como guia, ajuda com as presas e expressa sentimento. O gato da foto, por exemplo, está calmo e amigável, pois tem o bigode naturalmente para o lado.

10. Quando o rabo do gato está em forma de ponto de interrogação, ele quer saber: “Vamos brincar?”

Se o seu gatinho estiver com o rabo curvado como um ponto de interrogação (?), ele vai ficar muito contente se você parar o que estiver fazendo para brincar um pouco com ele. Quando os gatos ficam com o rabo nessa posição, significa que estão de bom humor e querem se divertir com você.

11. Se o seu gato se aproxima de você com o rabo ereto, ele está feliz em vê-lo

Mais um momento para aproveitar ao lado do seu pet. Se o gato estiver com o rabo ereto enquanto se move, ele está feliz da vida, confiante e amigável. Se ele caminhar na sua direção, considere ter recebido um aperto de mão ou um abraço de um amigo que está feliz em vê-lo.

12. Quando o gato chicoteia o rabo, considere ficar longe

Se o rabo do gato se mover rapidamente de um lado para o outro, ou seja, chicoteando, indica que ele está com medo e/ou pode ter uma reação agressiva a qualquer momento. Então, considere dar algum espaço para o bichano se acalmar.

13. Gatos reconhecem o seu próprio nome, mesmo se preferirem ignorar

Os gatos têm o dom de fingir que não é com eles, mas isso não quer dizer que não sabem quando estamos chamando o nome deles. Um estudo mostrou que os felinos, inclusive, reconhecem a voz do dono, o que os torna mais responsivos a eles. No entanto, eles também são capazes de entender quando um desconhecido qualquer os chama pelo nome.

Se você ficou curioso para saber mais sobre o comportamento dos gatos

Nós, do Incrível.club, amamos gatos. Portanto, decidimos observar nossos animais de estimação e os de outras pessoas e criamos ilustrações com várias histórias que provavelmente irão esclarecer o que os felinos ficam fazendo quando estão sozinhos em casa. Confira clicando aqui!

Você já conhecia o significado da linguagem corporal do seu gato? Qual desses sinais você mais observa nele? Compartilhe as suas experiências aqui nos comentários.

Compartilhar este artigo