Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15 Evidências de que os animais são mais inteligentes do que pensamos

413-
50k

Quem discordará de que os animais de estimação são uma fonte infinita de alegria e fofura? Eles alegram nossos dias com suas brincadeiras, hábitos incomuns e o seu jeitinho especial de ser. Se engana quem pensa que comida, sono e diversão são as únicas coisas que interessam aos nossos amigos de quatro patas.

Incrível.club preparou uma lista com histórias reais em que pets usam de toda sua inteligência, astúcia e devoção para alcançar o objetivo de salvar seus donos. Não devemos subestimar os animais, acompanhe!

  • Acenderam velas para o meu cachorro na igreja. E tudo isso porque ele, quando era filhote, arrastou uma criança para fora de um trenó pelo pompom de sua touca salvando-a. Aconteceu que uma mulher atravessou a rua sem prestar atenção no fluxo, e um motociclista teve de manobrar abruptamente, se jogando com tudo em cima do trenó em que estava a garotinha. Ninguém imaginava que ela estaria viva até que as pessoas passando perto começaram a gritar “Está viva! O filhote a salvou!” Meu cachorro, é claro, ficou todo feliz quando começaram a acariciá-lo e beijá-lo. E a criança, creio, nasceu de novo depois dessa. © Подслушано / VK

  • Era o primeiro Natal da nossa gata com a gente e a felina ficou observando enquanto distribuíamos presentes e os abríamos. De repente, fugiu. Cerca de 20 minutos depois, ela voltou com um pássaro morto e jogou na pilha de presentes. Bem, o que vale é a intenção, não é mesmo? © Zagfros / Reddit

  • Quando eu tinha 3-4 anos, minha mãe costumava levar eu e o cachorro para passear. Às vezes, nos deixava esperando do lado de fora da loja e dizia para o nosso cachorro me vigiar. Mamãe estava na padaria. Minutos depois, voltou correndo porque eu estava soluçando de tanto chorar:
    — O que aconteceu?
    — Fiz xixi nas calças.
    — Você não viu os arbustos logo ali?
    — Você mandou o cachorro vigiar — tentei sair, mas ele não deixou eu ir aos arbustos. Me agarrou pelo gorro do casaco e não consegui me mover. © Подслушано / VK

  • Uma vez, minha gata estava bocejando e eu coloquei o dedo na boca dela. Ela apenas fechou a mandíbula sem me morder e ficou me olhando com uma carinha de curiosidade. Alguns minutos depois, quando bocejei e ela estava deitada esticada no meu peito, não teve dúvida: colocou a pata na minha boca também. © ihavespaceballs / Reddit

  • A minha pitbull tem seis anos. É a criatura mais gentil do mundo. Não late. Parece um gato. Alguns anos atrás, em nossa cidade, criaram uma lei segundo a qual cães de raças “perigosas” deveriam andar de focinheiras. A princípio, concordo. Mas minha Freya ficou muito ofendida. Após a primeira caminhada com a peça, se isolou. Não comia, começou a perder peso. O meu irmão, brincando, comprou uma focinheira lilás com umas florezinhas para ela. E pronto! Freya agora ama passear e voltou a comer e a brincar. Meninas são meninas! © Подслушано / VK

  • Uma vez eu estava voltando para casa tarde e o gato de um homem escapou na estação. Ele chamava, chamava, mas o bichano corria e não ouvia. Então, ele deu um grito bem alto de partir o coração: “por favor, fiquem em silêncio! Quero achar meu gato! Ele é meu melhor amigo!” Nunca ouvi um silêncio absoluto no metrô daquele jeito. Cerca de 100 pessoas em silêncio total. Ele começou a chamar e o felino veio correndo e se agarrou ao homem. © Подслушано / VK

  • Certa vez, meu pai e seus amigos foram acampar perto do rio por uma noite; eles levaram apenas uma tenda para todos. Meu pai também levou o cachorro. Depois das conversas noturnas, papai decidiu ir para a cama mais cedo que o resto do pessoal. Entrou na tenda, deitou-se e adormeceu. Ao acordar de manhã, olhou em volta, mas não viu ninguém na barraca. Assustado, saiu da tenda e se deparou com os amigos dormindo amontoados perto da fogueira, que já estava quase apagando. O que aconteceu foi que o cachorro do meu pai não deixou ninguém entrar na barraca e atrapalhar o sono dele. © Подслушано / VK

  • Meu gato sabe que uso sacolas velhas para coletar as fezes dele. Então, quando esqueço de limpar a caixa de areia, arrasta uma sacola pra perto para me lembrar. © Speezy183 / Reddit

  • Minha colega de quarto tem um cachorro. Uma vez, estávamos cuidando de um outro cachorrinho por alguns dias e ele ficou na nossa casa. Eles se aturavam, mas o cachorro visitante tentava brincar com o da minha colega — embora ele não desse muita bola. Uma noite, o cachorro da minha colega entrou na sala e viu o visitante sentado no lugar preferido dele no sofá. Então, imediatamente começou a latir e pular chamando o outro para brincar. O cachorro visitante ficou super animado imaginando que o outro finalmente quisesse brincar e correu, abandonando o lugar em que estava sentado no sofá. Assim, que saiu o cachorro da minha amiga parou com o teatro e recuperou seu lugar por direito. © synchroswim / Reddit

  • Eu estava morando com um menino e ele adotou um gatinho há cinco meses. Recentemente, tivemos uma discursão e brigamos. Arrumei minhas coisas e fui para casa de um amigo para procurar um novo apartamento para alugar. Quatro dias depois, ele me escreveu: “volta, sentimos sua falta. O George fareja seu travesseiro e mia procurando por você!” Voltei e durante uma semana, George não largava do meu pé. Dias depois, meu amigo disse: “Por que você está deitado? Vá segui-la, ela está saindo para o trabalho”. E aí começou... ele veio correndo derrubando tudo, agarrou-se nos meus pés e não me deixava sair. © Подслушано / VK

  • Nosso border collie tocava a campainha quando queria entrar. Ele nunca foi treinado para fazer isso. Meu pai acha que ele aprendeu quando meus amigos de infância vinham me convidar para brincar. © KinkedThinking / Reddit

  • Minha mãe trabalha em um hospital. Depois de um plantão, ela voltou para casa e descobriu que havia esquecido o telefone no trabalho. Não havia outro despertador em casa. Ela foi alimentar o gato e disse: “Murka, se eu não acordar às 7h da manhã, você terá grandes problemas”. Às 06h30, Murka começou a morder as pernas da minha mãe; ela apenas o afastou e continuou dormindo. Enquanto sonhava, sentiu o nariz molhado e a língua áspera dele na bochecha. Então, abriu os olhos e no relógio eram 07h05. © Подслушано / VK

  • Tenho diabetes e uma noite tive uma crise de fraqueza e desorientação e caí no tapete. Só pude tomar o remédio a tempo graças à minha amada cadela, que agora é um anjinho no céu. Ela me trouxe o kit de primeiros socorros do banheiro. Só de escrever esse post, me emociono. Sempre me lembrarei de você, Bumper. © nando1969 / Reddit

  • Isto aconteceu com uma conhecida minha. A gata dela parou de dar carinho ao marido e até começou a evitá-lo. Ela perguntou se ele havia feito algo com ela e o marido respondeu que não. Um tempo depois, a gata começou a fazer cocô na cama, exatamente no lugar onde o marido dormia. Ela ficou perplexa até descobrir que seu marido tinha uma amante! Ele nem tentou salvar o casamento. Se divorciaram rapidamente, mas a gata sentiu tudo e denunciou o traidor! © Подслушано / VK

  • Quando minha mãe era pequena, meus avôs tinham um cachorro chamado Kuchum. Esse cachorro era um terrível ladrão, um verdadeiro cleptomaníaco, e também tinha uma peculiaridade — uma perna mais curta que a outra (havia sido baleado por caçadores quando era filhote). Eram os anos 90, não havia comida, a inflação era alta. Havia menos escolhas ainda em uma pequena cidade militar, onde todo mundo estava procurando por comida. Kuchum constantemente roubava algo e trazia para casa: peixe, milho, pão, leite em pó. Uma vez, trouxe um par de tênis para o meu avô. Vovô olhou pra ele e disse: “você só trouxe um par, Kuchum. Traga o outro!” Dito e feito, dias depois, ele trouxe o outro par. © Подслушано / VK

Qual maravilha o seu bichinho de estimação já aprontou? Conte para a gente na seção de comentários.

413-
50k