Incrível

Os gatos podem se apegar aos seres humanos ainda mais do que os cães, diz a ciência

Muitas vezes vemos os gatos como uns bobos descontraídos que só nos toleram porque os alimentamos e cuidamos bem deles. Mas um estudo recente mostrou que provavelmente subestimamos nossos bichanos. A pesquisa deixou claro que os gatos realmente precisam de seus donos e estão emocionalmente ligados a eles, assim como os cães. Ou seja, os felinos também podem ser os melhores amigos do homem.

Incrível.club não pode esperar para compartilhar os resultados desse estudo fascinante e provar que nossos amigos bigodudos estão mais conectados conosco do que pensávamos.

Como foi feita a pesquisa

trabalho foi realizado por cientistas da Universidade do Estado do Oregon, nos EUA, e tinha como objetivo descobrir se os gatos poderiam criar um vínculo emocional com seus donos. Os pesquisadores convidaram 70 donos de gatos, com seus animais de estimação, e pediram que realizassem uma tarefa simples. Cada proprietário teve de ficar com seu bichano por 2 minutos na mesma sala, em seguida deixar o local por mais 2 minutos e depois retornar e ficar com o gato por outros 2 minutos.

Os bichanos mostram um nível mais alto de apego emocional seguro do que os cães

Os resultados foram surpreendentes: cerca de 64% dos gatos pareciam menos estressados ​​quando o dono estava com eles na mesma sala do que durante a separação. Os cientistas acreditam que esse seja um sinal de que os felinos podem criar o chamado “apego seguro”, assim como os cães e as crianças. Isso significa que se sentem mais seguros e confiantes e têm maior probabilidade de serem ativos e explorar o mundo ao seu redor quando o cuidador está presente.

Cerca de 35% dos gatos pesquisados ​​exibiram um estilo de “apego inseguro”, mostrando sinais de estresse, como, por exemplo, evitar o dono. Surpreendentemente, as proporções de apego seguro e inseguro entre os gatos e seus donos são quase semelhantes à apresentadas pelas crianças (65% de apego seguro e 35% de inseguro). Mesmo os cães tiveram uma pontuação mais baixa nessa escala, com apenas 58% de segurança!

Tão apegados quanto crianças

Kristyn Vitale, líder do estudo, tem certeza de que os gatos e os cães demonstram o mesmo tipo de apego a seus donos que as crianças mostram em relação aos seus pais. A maioria dos gatos passa muito tempo com seus donos e acaba se tornando mais dependente, enxergando em seus proprietários uma fonte de segurança e até os procurando quando precisam de conforto.

O papel da genética

Os cientistas afirmam que, se houver treinamento e socialização, pode haver algum tipo de impacto na maneira como os gatos se sentem em relação aos seus donos. São fatores hereditários, como o temperamento, que mais importam. Os pesquisadores destacaram que, se um gato conseguir se conectar com o seu cuidador, seu relacionamento será estável a longo prazo.

Ainda são necessárias mais pesquisas

Os céticos dizem que esse experimento deve ser repetido com estranhos. Segundo eles, não podemos ter certeza de que os gatos estavam respondendo à presença de seus donos ou se reagiriam de maneira semelhante em relação a qualquer humano. Mas o fato é que os bichanos definitivamente criam uma conexão emocional com seus donos. Portanto não é possível chegar a uma conclusão em relação ao tipo de vínculo psicológico criado com nossos amigos bigodudos.

Você concorda com os resultados do estudo? Como seu gato mostra afeto? Compartilhe histórias sobre seus animais de estimação nos comentários.

Imagem de capa aloveolive / reddit