Incrível

Uma mulher resgata um bebê de elefante e ele passa a segui-la por toda parte

Em geral, quando pensamos em bichos de estimação a imagem que nos vem à cabeça é de cachorros, gatos, papagaios, tartarugas ou peixes. Mas e um elefante de estimação, você já viu? Embora essas lindas criaturas da natureza geralmente sejam vistas em ambientes selvagens, um filhote decidiu percorrer novos caminhos e acabou na casa de uma mulher. E foi assim que uma linda e inusitada história de amizade surgiu.

Nós, do Incrível.club, ficamos emocionados quando descobrimos a história de Roxy e Moyo, uma mulher e um filhote de elefante que se tornaram melhores amigos.

Roxy Danckwerts é a fundadora do Wild Is Life, um santuário de animais no Zimbabwe. Um dia, enquanto trabalhava, ela encontrou um filhote de elefante que parecia estar perdido do resto da manada. O problema maior, entretanto, era a saúde do animal. Após tentar atravessar um rio, ele quase se afogou.

O pequeno elefante foi encontrado nas margens do Lago Kariba. Roxy tentou encontrar a manada, mas não teve sucesso. Naquela época, o elefante tinha apenas alguns dias de vida, estava fraco e muito assustado. Sem alternativas, Roxy decidiu cuidar do animal. O que ela não esperava é que essa relação se transformaria em uma linda amizade.

O elefante foi resgatado em fevereiro de 2014 e estava muito abaixo do peso — ele pesava apenas 56 kg, quando o normal para a idade é de 90 a 100 kg. Além disso, ele parecia traumatizado.

Roxy passou muito tempo ao lado dele e deu 18 litros de fórmula especializada todos os dias. Eles passaram muito tempo juntos e chegaram a dormir na mesma cama. Tudo isso fez com que o filhote passasse a enxergar em Roxy uma figura de proteção, e por isso ele passou a segui-la por toda parte.

O filhote, hoje com 5 anos, cresceu muito rapidamente. O nome dele é Moyo, que pode ser traduzido como “Do coração”. Moyo ficou realmente muito próximo de Roxy, como um filho único com a mãe. Claro que é lindo ver os 2 juntos, mas pouco a pouco Roxy começou a perceber que o elefante era grande demais para a casa.

Embora haja muito espaço para brincar no santuário, Moyo parece gostar da vida dentro de casa e realmente não dá muita atenção para as atividades externas. Ele vai muito para a cozinha, adora amendoim, brownie e sal.

O quase afogamento ao atravessar o rio causou no pobre elefante um grande trauma. No entanto, Roxy insistiu que Moyo enfrentasse seus medos. Após mais ou menos 15 meses de terapia, o elefante finalmente conseguiu superar o medo de nadar.

Com a ajuda de voluntários do santuário, Moyo e outros animais, órfãos e feridos como ele, recebem cuidados especiais e muito amor e atenção para superar seus medos e traumas.

O amor e a ajuda de Roxy foram fundamentais para que Moyo crescesse. Hoje, além de muito saudável, ele é um elefante muito feliz.

Você não acha que o mundo precisa de mais pessoas como Roxy? O que você achou dessa linda história? Conhece outras histórias de pessoas que salvaram animais? Compartilhe nos comentários.