Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Como as promessas que você não cumpre podem prejudicar a vida dos seus filhos

1-3-
563

Quando prometemos algo para nossos filhos e não cumprimos, as consequências podem ser desastrosas. Para nós, adultos, uma simples expectativa criada e não atendida pode não significar nada, mas para as crianças, pode passar a ideia de que elas não são importantes para os pais. Os pequenos podem passar anos relembrando promessas não cumpridas, e se você não quiser ser visto por seu filho como um “mentiroso”, é melhor manter sua palavra a qualquer custo.

Nós, do Incrível.club, resolvemos investigar a fundo o que acontece com as crianças quando seus pais não fazem o que prometeram.

Seus filhos podem começar a achar que você mente

Nós ensinamos aos nossos filhos que é fundamental manter as promessas que fazemos, mas às vezes somos impossibilitados de fazer o mesmo. Quando você diz ao pequeno que algo acontecerá, mas isso nunca se concretiza, tecnicamente se trata de uma “mentira”, e seu filho chegará facilmente a essa conclusão. Experimente lembrar a última vez em que alguém lhe prometeu algo e não cumpriu. Isso causou mágoas? Agora imagine um sentimento muitas vezes pior — é assim que as crianças podem se sentir quando são decepcionadas pelas pessoas mais importantes de suas vidas.

Eles podem pensar que não significam nada para você

É claro que ninguém quer magoar os sentimentos dos próprios filhos ao quebrar uma promessa que havia sido feita. Ainda assim, as crianças podem achar que não são importantes para você, pois interpretam que as coisas que fazem diferença para elas são colocadas no fim da lista de prioridades, acabando esquecidas. Relacionamentos exigem dedicação, e ao manter sua palavra apesar dos obstáculos, você se torna um verdadeiro herói aos olhos da criança, e um exemplo a ser seguido.

As crianças também quebrarão as próprias promessas

Os pais são vistos como modelos pelos filhos, e quando quebram as promessas que fazem, levam as crianças a pensar que elas podem seguir o mesmo padrão de comportamento. Os pequenos podem pensar: “Se minha mãe (ou meu pai) não cumpre sua palavra, por que eu não posso fazer o mesmo?” Não queremos que nossos filhos cresçam e se tornem adultos que não se preocupam em ser coerentes; mas quando não damos o devido peso às promessas que fazemos, encorajamos as crianças a agir da mesma maneira.

Por fim, as crianças podem acabar perdendo sua confiança e o seu respeito

Quando fazemos aquilo com que nos comprometemos, estimulamos nas crianças a segurança e a confiança em nós. E quando tal confiança é quebrada, os filhos podem se sentir perdidos, sobretudo quando ainda são pequenos demais para entender o conceito de fazer e cumprir promessas. Eventualmente, as crianças podem acabar perdendo o respeito por você e pelo que você diz, já que perceberão que as promessas não vêm acompanhadas por atitudes.

Mas será que tudo isso quer dizer que você não deve prometer nada para seus filhos? Nada disso. Evitar fazer promessas indica que você não está pronto para se comprometer em um relacionamento com outras pessoas, com as crianças em particular. Pais que evitam fazer promessas podem criar filhos sem confiança suficiente para correr riscos. Ao prometer e cumprir o que foi acordado, os pais mostram às crianças que elas têm em quem confiar, alguém disposto a fazer o possível para apoiá-las. Só se certifique de fazer promessas que poderão ser cumpridas, e dê seu melhor para manter sua palavra.

Você costuma cumprir as promessas que faz aos seus filhos? Lembra como seus pais lidavam com os compromissos que assumiam? Comente!

Illustrated by Ekaterina Gandrabura exclusivo para Incrível.club
1-3-
563