Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

13 Coisas que muitas pessoas adoram comprar, menos os ricos

1-1-
47k

Se você está há muito tempo tentando pagar todas as suas dívidas, pensa em economizar e não consegue, chegou a hora de mudar de atitude em relação aos seus gastos. Em geral, as pessoas com mais dinheiro (empresários, investidores e ricos) têm algo em comum: o pragmatismo na hora de lidar com o dinheiro.

Não pense que os ricos gastam sem pensar. A maioria administra muito bem as suas finanças justamente para que possam manter o mesmo padrão de vida. O Incrível.club fez uma pequena pesquisa em relação a isso e descobriu algumas coisas em que os ricos, diferente da maioria das pessoas, não gastam seu dinheiro.

Compras por impulso

Quem nunca comprou algo bonito e desnecessário porque estava em oferta e, quando chegou em casa, se arrependeu? É muito comum gastar dinheiro com compras impulsivas, e isso é o que diferencia as pessoas ’normais’ dos milionários. Segundo o bilionário Warren Buffet (o homem que já foi considerado o mais rico do mundo): “se comprarmos o que não precisamos, em breve teremos que vender o que precisamos”. Buffet é tido como um exemplo de ricaço que não esbanja: possui um escritório relativamente simples numa cidadezinha do Interior dos EUA (Omaha) e frequentemente toma café que retira num drive thru do McDonalds.

Uma forma eficiente de evitar gastos com coisas desnecessárias é sempre fazer uma lista de compras antes de sair de casa.

Imóveis caros

Comprar uma casa de luxo a um preço altíssimo é um investimento pra lá de duvidoso. As pessoas ricas preferem comprar imóveis que prometem uma valorização no futuro a um preço baixo, porque sempre pensam em maneiras de conseguir mais dinheiro no futuro.

Garantias estendidas

A oferta da garantia estendida ao comprar um equipamento novo costuma ser aceita por pessoas com uma renda mais modesta, já que elas se preocupam mais com a possibilidade de que algo dê errado. Contudo, segundo o jornal americano US News, a garantia do fabricante é mais do que suficiente.

Roupa e calçado de marcas de luxo

Os milionários podem comprar roupas de luxo de novas coleções dos estilistas mais exclusivos, mas se não precisam aparecer em público com frequência, não gastam dinheiro com isso.

Lembra de como o lendário empresário Steve Jobs (da Apple) sempre aparecia vestido? Camiseta, calça jeans e um tênis New Balance comum. E o relógio de Bill Gates, que custa 10 dólares? O milionário russo Roman Abramovich não acha uma vergonha aparecer em público com uma camiseta de cerca de 10 dólares.

Dispositivos eletrônicos de última geração

As pessoas com dinheiro não são loucas pelos últimos modelos de celulares, mesmo quando os seus celulares não estão na moda. Os milionários usam um mecanismo diferente para tomar decisões de compras: calculam se o gasto é realmente necessário naquele determinado momento. Os dispositivos eletrônicos que perdem o seu valor em um abrir e fechar de olhos raramente se justificam como uma boa compra.

Empréstimos, taxas e multas por atraso no pagamento

As pessoas ricas não fazem empréstimos e não gastam dinheiro com multas, taxas ou atrasos; elas sempre pagam tudo em dia. O investidor Mark Kuban, que possui uma fortuna de 4 bilhões de dólares, disse: “Se você usa um cartão de crédito, você simplesmente não quer ser rico”.

Muitos brinquedos da moda para os filhos

As pessoas com renda média costumam encher o quarto de seus filhos com os brinquedos mais modernos e sempre compram tudo que os filhos pedem. Os filhos de pessoas ricas ficariam completamente perdidos se recebessem tudo que quisessem ou que pudessem comprar. As pessoas ricas preferem um gasto mais razoável e, nesse sentido e não compram uma boneca nova simplesmente porque ela está em todas as propagandas, ou porque todas as amigas têm.

Comida do tipo fast food

A principal diferença no menu de um milionário e de uma pessoa com renda modesta não é o valor da comida. Os ricos costumam adorar a alimentação saudável, comem o mesmo cereal e as mesmas verduras quase todos os dias e muito raramente se permitem um hambúrguer, batata frita ou uma salada cheia de maionese — Warren Buffet, que mencionamos no início do post, é uma exceção. Além disso, eles não compram alimentos industrializados.

Gastos relacionados a uma preocupação com a imagem

Esses gastos incluem o custo de criar a imagem de uma pessoa rica e de sucesso. Em poucas palavras, mostrar que você é mais do que os outros. As pessoas que querem parecer mais ricas gastam muito dinheiro em restaurantes, em passagens na classe executiva e em carros caros. Enquanto isso, as pessoas realmente ricas vivem de maneira muito mais modesta.

Por exemplo, o fundador da loja sueca IKEA, Ingvar Kamprad, sempre viajou na classe econômica e sempre teve o mesmo veículo Volvo velho. Outro exemplo é a Rainha Elizabeth II, que economiza eletricidade no Palácio de Buckingham.

Educação adicional para os filhos

As pessoas de classe média muitas vezes contratam professores particulares para seus filhos. Alguns fazem isso com a esperança de que será uma plataforma para o sucesso da criança. Os ricos sabem que é importante dar espaço e tempo para a criança brincar, e fazer um monte de cursos não é garantia de sucesso profissional, o importante é que a criança aproveite a infância e seja feliz.

Cartomantes e videntes

Segundo as estatísticas, os clientes dos videntes costumam ser pessoas sem grandes capacidades analíticas, uma característica fundamental no caminho em direção ao sucesso e à riqueza. Além disso, as pessoas de sucesso acreditam nas suas próprias forças, e não precisam da ajuda de outro mundo para acreditar nelas. Outro exemplo no mesmo sentido é que grandes investidores raramente jogam na loteria — mesmo que o custo de uma aposta, para eles, seja ínfimo.

Cursos de auto-ajuda

Os representantes da classe média que têm problemas na carreira ou na vida pessoal são sempre o grande alvo dos cursos que prometem muito e não resolvem nada. Muitos cursos são completamente inúteis. Para entender se vale a pena pagar uma pessoa que vai te ajudar a encontrar o caminho da riqueza, dê uma olhada na biografia de milionários famosos. É pouco provável que você encontre uma história sequer de uma pessoa que tenha gasto dinheiro com isso.

Tendências da moda em design de interior

Todos os dias aparecem novidades em relação à arquitetura e à decoração. Os representantes da classe média costumam tentar seguir as últimas tendências e gastam muito dinheiro com isso. Após alguns anos, a decoração perde relevância e a moda de ontem já ficou completamente esquecida. Ao olhar para uma casa de uma pessoa rica você vai ter dificuldade para entender de quando são os seus móveis. Paredes e tetos pintados e piso de madeira são apenas dois exemplos de opções que ultrapassam o tempo.

É muito difícil mudar os nossos hábitos financeiros, já que isso demanda uma mudança em todo o nosso estilo de vida. Mas é muito importante que isso seja sempre revisto.

Que gastos você acha que poderia — ou deveria — evitar?

Imagem de capa East News
1-1-
47k