Incrível
Incrível

Como o primeiro casamento de Dwayne Johnson ajudou a torná-lo um melhor marido e um melhor pai

Alguns casamentos duram menos tempo do que o previsto, mas isso não significa que eles não tenham dado certo. Muitas vezes, o divórcio é o melhor caminho para uma relação, e ele não precisa necessariamente causar muita tristeza e depressão, ele pode simplesmente ser o fechamento de uma etapa e o começo de outra. Dwayne “The Rock” Johnson sabe disso muito bem e é um grande exemplo de como é possível terminar um relacionamento sem grandes atritos.

Como tudo começou

The Rock e Dany Garcia se conheceram na Universidade de Miami no início dos anos 1990. Ele era bolsista e jogava futebol americano e ela estava concluindo o bacharelado. “Nós nos vimos pela primeira vez na sala de musculação da Universidade de Miami. Eu estava no meu último ano e jogava no time da faculdade e ele estava no primeiro ano, se recuperando de uma lesão”, explicou Dany.

facetoface/REPORTER/ East News

Os dois se casaram em maio de 1997, após alguns anos de namoro, e em agosto de 2001 tiveram a primeira filha, Simone.

Mas o que aconteceu depois?

Durante um bom tempo tudo correu bem no relacionamento, mas mais ou menos seis anos após o nascimento de Simone o casal percebeu que algo não estava certo. Os dois decidiram que o melhor era se separar, e essa decisão foi tomada um bom tempo antes do anúncio oficial da separação. No entanto, o término do relacionamento não foi muito “convencional”. Eles conversaram e em vez de romper o vínculo totalmente, eles decidiram começar um novo tipo de amizade.

Segundo Dwayne, o casamento não tinha grandes problemas, eles apenas entenderam que a relação não era mais a mesma após o nascimento de Simone; ou seja, eles passaram a ter uma “nova perspectiva” sobre o casamento. Com isso, decidiram terminar a relação amorosa e fazer o possível para manter uma boa parceria na hora de criar a filha.

“Meu divórcio me abalou. Eu não tinha medo de me casar novamente, tinha apenas algumas incertezas”

Gilbert Flores/Broadimage/Broad Image/East News

Apesar da separação não ter sido estressante, Dwayne ainda tinha algumas questões. Ele conheceu Lauren Hashian em 2006, enquanto filmava Treinando o Papai; segundo ele, “em apenas 30 segundos eu pensei: ’Nossa, essa mulher é deslumbrante’”. Dwayne aprendeu algumas lições importantes com o divórcio, o que contribuiu para que ele se tornasse um marido e um pai melhor no segundo casamento. O ator se casou com Lauren em agosto de 2019 e hoje os dois têm dois filhos, Tiana Gia Johnson e Jasmine Johnson.

E Dany Garcia também seguiu com a vida dela

Dany Garcia ainda trabalha com Dwayne, como sócia e gerente de alguns projetos. Em 2012, eles ampliaram os negócios e fundaram uma produtora chamada Seven Bucks Productions. Em 2014, Dany se casou com o fisiculturista e consultor de marcas Dave Rienzi.

A perspectiva de uma pessoa acerca da vida e do amor geralmente muda após o término de um relacionamento e após o processo de divórcio; no entanto, essa experiência não precisa necessariamente ser negativa. Como acabamos de ver, os envolvidos sempre podem tentar encontrar uma forma de fazer com que as transformações aconteçam sem grandes atritos, e para isso é muito importante que haja respeito e muito diálogo.

Você já passou por um término de relacionamento? Qual foi a lição mais valiosa que você aprendeu? Vamos adorar ler a sua história e esperamos aprender um pouco com ela.

Imagem de capa danygarciaco / Instagram, Gilbert Flores/Broadimage/Broad Image/East News
Incrível/Relacionamento/Como o primeiro casamento de Dwayne Johnson ajudou a torná-lo um melhor marido e um melhor pai
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos