Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

18 Histórias de avós que estão dispostas a “enfrentar o mundo” por seus netinhos

8-31
592

É lendário o cuidado das avós com seus queridos netos, desde o cheiro de feijão com arroz vindo da cozinha até o bolinho de fubá quente na mesa, que hoje têm sabor de nostalgia. As avós, muitas vezes, são as confidentes e “parceiras de crime” das crianças quando os pais são muito rigorosos. Talvez esse seja um dos motivos que faça a relação delas com os netos ser tão especial, mas será que é só isso?

Incrível.club encontrou diversas histórias de internautas sobre suas avós, muitas delas engraçadas, outras, emocionantes. Confira!

  • Quando eu era pequeno, minha mãe sempre vetava as tentativas da minha avó e do meu avô de me darem doces: “Parem com isso! Os dentes do menino vão estragar”. Adivinhe quem agora tentou dar uma bala à minha filha e, quando eu me incomodei, disse: “Ai, mas é só uma balinha...” © Seledkapodvatoy / Pikabu
  • Um amigo me contou esta história. Ele estava com a irmã na casa dos avós, e a avó dele reclamava da saúde. A seguir, o diálogo (N. — neto; A. — avó):
    A.: “Ai, minha saúde está muito ruim. Parece que já, já minha hora chega”.
    N.: “Vó, não diga besteiras, você vai viver mais do que todos nós”.
    A.: “Acha mesmo? Ai, tomara!” © MelanieLim / Pikabu

  • Em 1998, eu entrei na faculdade para cursar ciência da computação. Porém, houve uma crise no país e todas as minhas economias acabaram rapidamente. Por isso, foi preciso desistir da ideia de comprar um computador. Minha avó bateu o pé e disse que eu não poderia me privar dessa ferramenta, pois seria importante para o meu futuro. Ela explicou que reservara mil dólares para o seu enterro, mas eu precisava de um computador hoje, e ela poderia ser enterrada mais tarde. Alguns dias depois, eu estava instalando o “Windows” no meu primeiro computador. © KnopkaZu / Pikabu

  • Um dia, saí do mercado com minha avó. Eu andava à frente e ela, um pouco atrás. Os pedreiros no caminho decidiram assobiar e gritar “E aí, gata!” quando passei. Nessa hora, minha avó miou para eles. Se vocês vissem a vergonha no rosto daqueles homens... © “Подслушано” / Ideer

  • Sou estudante e tenho 19 anos, e minha avó tem 69.
    — Vó, você ficou doida?! Viajou 500 km em dois trens para vir me visitar e trazer um saco de batatas? Você deve estar tão cansada!
    — Meu coração que estava muito cansado de não te ver. As batatas, só trouxe porque vim direto da feira. © Yanina13 / Pikabu

  • Estava assistindo ao filme Harry Potter com minha avó. Em um dos diálogos, o Dumbledore disse para o Potter: “Harry, meu menino...” Nessa hora, minha avó se pronunciou: “Que menino?! Olha só como esse garoto já está grande e gorducho!” © “Подслушано” / Ideer
  • Hoje, estava na rua e vi algumas avós com seus netos, sentadas no banco da praça conversando. Uma das crianças cantava a música “Vovó Ondina é gente fina”. A avó dela, então, comentou: “Gente fina, não. Gente finíssima!” © “Подслушано” / Ideer
  • Quando eu tinha uns quatro anos, minha avó veio nos visitar e me trouxe chocolates. Sempre fui apaixonada por doces, mas minha mãe não me deixou nem provar. Bom, meus pais tiveram de sair e fiquei em casa com minha avó. Ela me deixou comer todas as barras deliciosas que havia trazido. Enquanto eu comia, a porta se abriu e meus pais entraram. Comecei a chorar de nervoso até que minha avó me disse uma das lições de vida mais inspiradoras que já ouvi: “Eles não podem lhe tirar aquilo que você já comeu”. © lauramonster / Reddit
  • Quando eu tinha cerca de sete anos, estava deitada no sofá-cama no quarto da minha avó me revirando para um lado e para o outro tentando dormir. De repente, ela sussurrou dizendo que também não conseguia dormir. Então, deitou-se no chão ao meu lado, segurou minha mão e perguntou: “O que você acha de disputarmos uma corrida para ver quem dorme primeiro?” Eu ganhei. © TheBlackWomb / Reddit
  • Minha avó para sua filha (minha mãe):
    — Cama não foi feita para sentar. Cama é para dormir, vá sentar na cadeira.
    Minha avó para mim:
    — Pode sentar na cama, mas não é para pular, isso não é uma cama elástica.
    Minha avó para os bisnetos (meus filhos):
    — Pulem, crianças, pulem mais alto. Divirtam-se! © annka.nuha / Pikabu

  • Lembro-me de quando minha mãe insistia para eu aprender a cozinhar, e minha avó disse que não achava necessário. Quando perguntei a razão, ela explicou que quando meu avô foi promovido, ela fez um grande jantar e eles comemoraram. Porém, no dia seguinte, ela percebeu que a vida dele havia mudado: tinha novas tarefas e responsabilidades, e ela permaneceu com as mesmas. Por isso, minha avó acreditava que se casar e aprender a cozinhar era algo que eu poderia fazer em qualquer momento da vida, mas estudar e crescer profissionalmente seria bem mais difícil. © Laavi T / Quora
  • Às vezes me pergunto como minha avó consegue espalhar manteiga dura da geladeira em um pão macio, perfeitamente, sem nenhum buraco. Pensando nisso, acho que entendo por que ela fica tão decepcionada com a juventude de hoje. © eithneshortall / Twitter
  • Disse à minha avó que compraria batata frita com peixe para ela, mas esqueci. Como ela não se lembra de quem eu sou na maior parte das vezes, imaginei que não notaria o meu deslize. Bom, liguei para ela, que imediatamente me disse ainda estar esperando as benditas batatas. Isso me fez duvidar de algumas coisas... © JoeMcdo05986552 / Twitter
  • Desde os meus 18 anos, escutei minha avó dizer que já estava na hora de eu ter filhos, e que o tempo estava passando. Aos 26 anos, não tenho filhos, mas diversos sobrinhos, e minha avó precisa passear com alguns deles ocasionalmente. Então, um dia, eu e ela levamos as crianças para brincar no parquinho, e ela me disse: “Não tenha filhos agora, querida, dá muito trabalho e é muito problemático. Você ainda tem tempo. Aproveite toda a sua juventude e faça tudo aquilo que tiver interesse”. © nikto.drugoy / Pikabu

Quais as melhores histórias você se lembra sobre sua avó? Compartilhe-as nos comentários!

8-31
592
Compartilhar este artigo