Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

18 Exemplos de como os professores, mesmo sem perceber, podem deixar uma marca permanente na memória dos seus alunos

A escola nos proporciona não apenas conhecimento e habilidades práticas, mas também muitas memórias imensuráveis. Para uns são lembranças bonitas e emocionantes; para outros, engraçadas; para outros, ainda, um pouco traumáticas.

A equipe do Incrível.club decidiu sucumbir à nostalgia e relembrar os momentos da época da escola ao ler os depoimentos dos heróis de hoje. Por isso, acompanhe!

  • Meu pai me contou esta história. Ele teve uma professora de literatura, que tinha vergonha de dizer a palavra “busto”. Em um passeio por um museu, uma das frases que mais marcaram a memória dele foi: “Vejam, crianças, este é o... arcabouço do poeta Pushkin”. © EchoNight / Pikabu

  • No ensino médio, tínhamos uma professora bem velhinha e muito gentil, que sempre comprava materiais para as aulas com o próprio dinheiro. Um dia, ela comprou 20 estojos com lápis, réguas, canetas e tudo mais para todos os alunos. Durante o intervalo, ela saiu da classe por alguns minutos e todas as crianças começaram a tacar as coisas e quebraram tudo. Quando voltou, começou a chorar. Depois levou doces para a classe inteira e pediu desculpas por ter perdido o controle. Na verdade, nós é que deveríamos ter pedido desculpas. © elle-noelle / Reddit

  • Nossa professora postou nas redes sociais fotos do seu cachorro, que era um cocker spaniel. Mais tarde, o animal adoeceu e faleceu. Ela ficou terrivelmente chateada e pediu alguns dias de folga. Todos os alunos da escola se reuniram e juntaram dinheiro para comprar um cachorro da mesma raça e dar a ela de presente. Quando nossa professora voltou ao trabalho e viu a surpresa, ficou tão feliz que começou a chorar. © demonardvark / Reddit

  • No jardim de infância. Uma criança disse: “A Lua é uma estrela”. Eu retruquei: “Claro que não! Meu pai me deu um livro sobre o Sistema Solar, e a Lua é um pequeno planeta que gira em torno da Terra”. Decidimos perguntar ao professor. Ele disse: “A Lua e o Sol são estrelas”. A criança: “Eu te falei...” © Marcus Geduld / Quora

  • No 6º ano, durante a aula de ciências sociais, discutíamos sobre algumas questões que a professora havia nos dado. Uma pergunta foi: “Quem no futuro será encarregado pela renda da sua família?” Um aluno respondeu: “Só eu vou ganhar dinheiro, minha esposa ficará em casa. Não quero que ela trabalhe!” A professora, com certa tristeza nos olhos, disse a ele: “Tudo bem, pode sentar. Gostei da sua opinião, vou contá-la ao meu marido hoje para ver o que ele acha”. © unknown author / Ideer

“Pessoal! Voltarei só depois do dia 30 de outubro. Por favor, usem o tempo de vocês para estudar. E, sim, que a Força esteja com vocês!”

  • Tive de defender minha tese pelo Zoom, e havia muitos professores na conferência. Meu tópico era sobre a resposta imunológica de peixes a parasitas. Uma professora chegou atrasada e esqueceu de silenciar o microfone, e todos nós tivemos o grande prazer de ouvir: “Shh... Mamãe está aprendendo sobre os parasitas dos peixes, que é o que você vai pegar se não parar de fazer xixi no tanque dos peixinhos”. © daemare / Reddit

  • Tínhamos uma professora bastante desagradável em uma aula de corte e costura. Duas alunas ficavam até mais tarde em aulas extras para cortar e costurar certos materiais de cozinha. Após certo tempo, elas começaram a receber belos tecidos para fazer saias e blusas. Praticavam diversas vezes diariamente. Uma das meninas vinha de uma família grande; a outra era eu. Após o 9º ano, quando já estava morando no alojamento estudantil, me tornei uma estrela entre os estudantes e consegui fazer uma boa renda extra: costurava zíperes, consertava camisas, calças. Depois de muitos anos, entendi que aquela mulher tinha boas intenções, pois sabia que não vínhamos de famílias ricas, por isso nos fornecia os belos tecidos com dinheiro do próprio bolso. Só depois pude notar o quanto ela foi importante na minha vida. Infelizmente, nunca tive a oportunidade de agradecê-la. © sluimer / Pikabu

  • Alguns dias antes da minha formatura, notei que não teria dinheiro para ir ao evento. Desesperada, escrevi uma carta para minha querida professora, pedindo a ela para me emprestar 50 dólares. Não respondeu. Mais tarde, no mesmo dia, durante a aula de História, essa professora bateu na porta e me chamou no corredor. Já imaginei que receberia uma bronca pelo meu pedido ousado. Mas ela me deu o dinheiro, e eu perguntei: “Por que você está confiando em uma adolescente?” Ela disse: “Você é uma boa menina, gosto de você. Eu sei que vai devolver”. Claro que devolvi. Consegui ir à formatura e me diverti muito graças a essa incrível professora. Nunca esquecerei. © Haley Paro / Quora

  • Minha professora do primeiro ano era péssima. Ela arrumava o cabelo na aula, passava uma quantidade absurda de laquê, nos deixando quase sem respirar, e pintava as unhas. A filha dela também estudava conosco, e o marido dela trabalhava em uma região distante. Por isso, quando ele estava na cidade, decidia visitar a esposa durante a aula, e eles conversavam muito alto, sem demonstrar qualquer respeito pelas crianças. Ela basicamente não estava nem aí para nós. Estudamos com essa professora por dois anos, até que um dia, felizmente, ela se demitiu. © Оксана Дашкевич / Facebook

“Minha filha entrou de férias da escola pela primeira vez. A professora deu algumas tarefas aos alunos: comer uma sopa de abóbora deliciosa; beber chá; assoprar um balão; construir uma cabana com o cobertor... E deu de presente um kit de chá. Minha filha está super feliz: podemos começar com o primeiro exercício agora mesmo”.

  • Durante uma aula, começou a tocar o celular de alguém. A melodia durou cerca de um minuto até a professora de matemática se dar conta de que era o aparelho dela. Nesse momento, então, ela tirou o celular do sapato, disse que não poderia falar e o colocou de volta no mesmo lugar. © sladkijblinchik / Twitter

  • Nossa professora estava passando por um momento difícil. Dissemos a ela que já havíamos terminado os trabalhos e que poderia descansar (as aulas eram pela Internet). Ela decidiu, então, desligar o microfone e dormir um pouco. Mas esqueceu de apertar o botão. O marido dela chegou depois e escutamos ela falar sobre nós: “Tenho tanta sorte de dar aula para eles...”, e começou a chorar. Não falamos nada para não deixá-la envergonhada. Mais tarde, enviamos um presente em nome de toda a turma. © Unknown_user_12 / Reddit

  • Ainda no 6º ano, eu não era muito bom em matemática. E depois de mais uma resposta errada e vergonhosa na lousa, a professora colocou meus pés no chão: “Olha, Léo, o homem realmente evoluiu dos macacos, mas o processo inverso não é impossível”. Depois desse dia, eu comecei a me esforçar mais. © Лозбенев Павел / “Яндекс. Кью”

  • A cada aula, nossa professora de biologia verificava para ver se havíamos preenchido nossos cadernos com os dados fenológicos: temperatura, ar, umidade, animais, plantas, observações da natureza e algumas notas sobre o assunto. Completei o caderno com dificuldade, mas, devido à insuficiência de anotações, recebi nota baixa. Tive de refazer diversas vezes. Depois de muitos anos, percebi o quanto aquele conhecimento foi importante para o meu dia a dia. © unknown author / Ideer

“A nota que a minha professora me deu. De um total de 10”

  • No 9º ano, tivemos um novo professor de história. Na primeira aula, ele pediu que escrevêssemos o seguinte comentário na primeira página do caderno: “A opinião do antigo professor não era uma verdade absoluta. Não só podemos, como também devemos, questionar os ensinamentos com argumentos lógicos para expressar nosso ponto de vista da melhor maneira”. © yama2 / “Яндекс. Кью”

  • Nossa diretora coletava dinheiro da turma todo mês para comprar giz, pois acabava muito rápido. Uma vez, entramos no gabinete dela após a aula e a vimos COMENDO O NOSSO GIZ! © cybernadja / Twitter

  • Nossa professora de literatura se chamava Laura. Alguns tinham medo dela; outros a odiavam. Ela mudou muito a minha vida, e todas as suas aulas ficaram na minha cabeça para sempre. Certa vez, tive problemas com uma aula de biologia, e o professor me forçou a ler e explicar 10 páginas do livro sobre um determinado assunto. No primeiro parágrafo, travei. Não entrava nada na minha cabeça. Passei o dia inteiro na escola, tentando aprender alguma coisa. Laura me viu estudando e perguntou se eu precisava de ajuda. Respondi que não conseguia entender nada. Ela pegou o livro, olhou minhas anotações e disse: “Seu erro é tentar decorar tudo. Aqui há muita informação desnecessária. Para compreender bem, você precisa apenas identificar as palavras e frases mais importantes. Não dê atenção às palavras vazias”. Isso me ajuda até hoje! © Жаке Из Благодарного / Facebook

  • Durante a universidade, passei por um estágio de biologia no Mar do Japão. Uma noite, chegamos a nadar sem roupas de banho com nossas professoras — três mulheres de idade avançada. Havia apenas meninas e as professoras. Até hoje me lembro desse dia. Biólogos são bem estranhos... © BelkaUSA1983 / Pikabu

  • Lembro de quando tivemos aula de educação física com uma nova professora. Ela tinha um corpo, digamos, não muito condizente com os padrões esportivos — era baixinha e cheinha. No primeiro dia, ela nos disse: “Meus queridos alunos. Durante este ano inteiro, vamos praticar basquete”. Todos ficaram confusos, sem entender como essa mulher poderia ensinar tal esporte. Foi então que ela, do centro da quadra e sem se mexer, encaçapou a bola direto na cesta sem muito esforço. Ninguém falou mais nada sobre as capacidades dela, e passamos a respeitá-la muito desde então. © pomarki / Pikabu

Quais os momentos que você não consegue esquecer da época da escola? Comente!

Imagem de capa daemare / reddit
Compartilhar este artigo