Incrível
Incrível

Como seu corpo pode reagir ao parar de usar alguns produtos de higiene

No percorrer da história, nossos hábitos se adaptaram e se modificaram constantemente: os gregos e romanos antigos, por exemplo, veneravam o banho, enquanto os medievais não eram tão fãs de higiene. Conforme o mundo e a ciência se modernizaram, nossa relação com a higiene ficou mais estreita e inserimos diversos produtos para ajudar em sua manutenção. Hoje, esses produtos estão tão intrínsecos no nosso cotidiano que, por vezes, nem pensamos se realmente deveríamos usá-los — ou para que e como são feitos.

Por isso, o Incrível.club decidiu reunir alguns produtos que estão na nossa rotina há certo tempo que, geralmente, não pensamos a respeito deles. Assim, imaginamos o que poderia acontecer se você diminuísse a utilização. Confira só!

Shampoo

Ao contrário da crença popular, o cabelo oleoso e danificado também pode ser resultado da lavagem excessiva com shampoos convencionais. Um shampoo é tecnicamente projetado para limpar o couro cabeludo, outros aspectos da beleza do cabelo são realmente uma preocupação secundária, abordada principalmente por um condicionador.

Os aditivos químicos usados ​​na maioria deles podem ser inimigos do seu cabelo. Eles removem os óleos naturais dos fios, fazendo com que quebrem e fiquem secos. Como mecanismo de defesa, o couro cabeludo começa a produzir mais óleo para combater o ressecamento. Portanto, se você diminuir a frequência de lavagem, o crescimento do seu cabelo pode melhorar, assim como o aspecto de brilho e ressecamento.

Desodorantes x Antitranspirantes

Os antitranspirantes são projetados para evitar que nossos corpos suem, enquanto os desodorantes são formulados para eliminar o odor das axilas. Embora não suar pareça bom, há aspectos que devemos ter cuidado. Os antitranspirantes possuem compostos à base de alumínio que impedem que o suor chegue à superfície da pele, bloqueando as glândulas sudoríparas. Ao optar por não fazer o uso desses produtos, sua pele pode limpar melhor a sujeira, óleo e detritos que se acumulam na pele e nas glândulas de suor.

Sabonetes em barra

Os sabonetes podem ser ruins para a pele, especialmente a do rosto. Dependendo do produto que você usa, sua rotina diária de lavagem do rosto pode estar removendo as coisas de que sua pele precisa para ser saudável. Sabonetes em barra e outros tipos de limpadores faciais são projetados para remover sujeira e óleos da pele.

Eles fazem isso com produtos químicos chamados surfactantes, que podem causar secura, vermelhidão e minar a função de barreira natural da pele. Portanto, sabonetes podem prejudicar a sua pele a longo prazo; se você lavá-la apenas com água, manterá o viço e os óleos naturais.

Pasta de dente

As placas dentárias são uma película pegajosa de bactérias e açúcar que se formam nos dentes, embora o creme dental seja um aliado, ele pode não ser tão necessário para removê-las. As cerdas de sua escova podem fazer isso. Portanto, mesmo se você escovar os dentes a seco regularmente, pode prevenir a cárie dentária de forma eficaz.

Existem várias classes de ingredientes que você encontrará em todos os cremes dentais, no entanto, recomenda-se evitar aquelas que contenham a triclosan — uma substância com efeitos nocivos à saúde. Apesar de sua popularidade, um estudo recente sugere que esse produto químico pode estar ligado a problemas hormonais e de intestino. Já outro estudo descobriu que ele pode se acumular nas cerdas da escova de dentes por semanas, continuando a liberar o composto nas gengivas, que o absorve rapidamente na corrente sanguínea.

Cotonetes

Os cotonetes podem parecer bastante inofensivos, mas podem ser perigosos quando usados ​​para limpar os ouvidos. A cera é uma barreira natural que impede a entrada de sujeira e bactérias nas partes mais internas dos ouvidos. Por ser pegajoso, ela coleta detritos microscópicos que chegam ao seu canal auditivo.

Sem essa barreira defensiva, seu ouvido interno estaria em risco. Além disso, os cotonetes empurram a cera cada vez mais para dentro. Um problema é que, se você empurrar a cera mais para dentro, não há como ela sair do ouvido. Em casos mais graves, pode afetar a audição. Então, ao deixar de usá-los, você garante que a cera do seu ouvido siga seu objetivo e cumpra com sua função de proteção.

Atenção: Nunca deixe de consultar seu médico sobre qualquer suspeita e nunca substitua uma consulta médica.

Você já deixou de usar algum produto que todos consideram bom? Como fez para substituí-lo? Compartilhe conosco nos comentários.

Imagem de capa Depositphotos.com
Incrível/Mulher/Como seu corpo pode reagir ao parar de usar alguns produtos de higiene
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos