Incrível
Incrível

“Eu amo a minha filha, mas odeio ser mãe”. O sincero depoimento de uma mulher e o debate sobre o arrependimento da maternidade

Receber notificações
como seria possível ela dizer que ama sua filha, quando diz que se pudesse voltar a trás não a teria?
1
1
Resposta
Eu entendo o que ela fala: amo, mas sofri tanto que nao faria se pudesse...
1
-
Resposta
talvez nao fizesse da mesma forma ou até nao teria aceito a pressão e teria só quando realmente quisesse
1
-
Resposta
Acho importante esse tema ser discutido.
Se criou um glamour tão grande a respeito da maternidade, que mulheres que decidem não ter filhos são vistas como monstros sem coração. E não é assim!
Ser mãe é uma responsabilidade muito grande e que não tem volta. É diferente de escolher uma profissão ou curso e se arrepender. Tentar outra coisa. É uma vida sob a nossa responsabilidade.
Posso não ter conseguido me explicar direito, mas respeito essa mulher, pela coragem.
1
-
Resposta
a maternidade é romantizada e nao é nada disso
1
1
Resposta
EU NAO SOU MAE MAS SEI QUE TEM QUE TA BEM PREPARADO PARA SER UM PAI OU MAE RESPONSAVEL
2
-
Resposta
eu entendo perfeitamente, é muita responsabilidade que a maioria nao saberia o que fazer e nao ter, nesse caso, é a melhor coisa a fazer
2
-
Resposta
eu so imagino a cara da filha lendo isso🤔
1
1
Resposta
eu, se vc certas pessoas, não julgaria ela.
-
-
Resposta