Incrível

21 Super-heroínas que são tão ou até mais poderosas que Batman e Superman

No imaginário da maioria das pessoas, um herói é aquele que está disposto a proteger os outros e enfrentar os vilões para evitar a destruição e o caos. E geralmente, boa parte dos leitores de histórias em quadrinhos tende a mencionar apenas personagens como Superman ou Batman ao citar os maiores ícones de heroísmo, poder e justiça. Porém, na realidade, existe um grande número de super-heroínas tão fortes e poderosas quanto eles. Com suas habilidades, elas também reúnem as ferramentas necessárias para garantir a paz no universo.

Incrível.club fez uma pesquisa sobre diferentes heroínas do mundo dos comics, e traz uma lista de personagens que podem não fazer tanto sucesso quanto seus colegas homens, mas que já se destacaram em diversas ocasiões ao longo da história.

1. Mulher-Maravilha

Durante muitos anos, a Mulher-Maravilha foi considerada um ícone feminista por se tratar de uma heroína que defende o amor, a paz, a justiça e a igualdade entre homens e mulheres. Ao lado de Superman e Batman, ela faz parte dos mais icônicos super-heróis da DC Comics.

Suas origens remontam aos anos 1940, e em quase todas as versões, a Mulher-Maravilha é descrita como sendo a princesa Diana de Themyscira, ilha escondida do mundo dos homens, onde as amazonas podem viver livre e tranquilamente. Diana é dona de uma força descomunal, além de ser mestre no manejo de armas como o Laço da Verdade, os braceletes indestrutíveis e sua tiara. Inicialmente, a personagem tinha um avião invisível, que perdeu função quando ela ganhou a capacidade de voar.

Entre as adaptações mais conhecidas estão a série de TV A Mulher-Maravilha, da década de 1970, em que a protagonista foi interpretada pela atriz Lynda Carter; assim como o filme Batman vs Superman: A Origem da Justiça, lançado em 2016, quando Gal Gadot representou a mítica princesa das Amazonas. A Mulher-Maravilha apareceu também em séries de animação, como a exemplo de SuperAmigos Liga da Justiça.

2. Jean Grey

Sua primeira aparição foi no quadrinho Uncanny X-Men # 1, lançado em 1963, sendo apresentada como uma mutante com poderes telecinéticos. Jean Grey é uma das mais poderosas integrantes dos X-Men, mas nem assim se compara com a entidade cósmica que se esconde em seu interior, conhecida como “Fênix”, o que torna a personagem capaz de fazer o papel de mocinha ou de vilã, de acordo com a ocasião.

Entre 2000 e 2016, as atrizes Famke Janssen e Sophie Turner interpretaram Jean Grey na saga de filmes X-Men. Além disso, ela apareceu em animações como X-MenX-Men: Evolution. Tanto nos filmes quanto nas séries e nos quadrinhos, ela é recrutada pelo professor Xavier, que resolve ensiná-la a controlar suas habilidades e desenvolver a telecinese. Jean Grey tem ainda poderes telepáticos e de levitação, e quando está tomada pela Fênix, seu corpo pode lançar rajadas de fogo que queimam tudo que estiver em seu caminho.

3. Supergirl

Diferentemente de Superman, criado sob certos valores humanos que fizeram dele o super-herói justiceiro que todos nós conhecemos, Supergirl já chegou à Terra como adolescente. Aportando em um mundo completamente desconhecido, ela precisa lutar internamente para manter seus poderes sob controle e para ser digna de comparação com o primo, Kal-El. Kara Zor-El também é dotada de força extraordinária, supervelocidade, visão de raio-X e capacidade de voar.

A personagem pode ser vista em diversas animações, como Superman e Liga da Justiça Sem Limites, mas em 2015, a Supergirl protagonizou sua própria série de TV, sendo interpretada pela atriz Melissa Benoist e passando a fazer parte do Universo Arrow, no qual são incluídas outras produções, entre elas The FlashArrow. Assim, os fãs ficaram sabendo que Kara Zor-El tinha a missão de cuidar do pequeno Kal-El na Terra, só que sua nave sofreu um desvio no trajeto. Consequentemente, quando ela consegue chegar ao nosso planeta, seu primo já tinha virado o Superman.

4. Ravena

Ravena é metade humana e metade demônio em decorrência da ação de seu pai, Trigon, que conquistou vários mundos com poderes obscuros. Isso fez com que a jovem Ravena passasse grande parte da vida lutando para não se entregar à sua natureza demoníaca, transformando-se em uma super-heroína capaz de lutar pelo bem das pessoas. Ela é uma das fundadoras do Jovens Titãs em Ação, e se oculta sob a identidade de Rachel Roth.

Entre seus poderes estão o teletransporte, a projeção astral para lutar “fora de seu corpo” e o combate físico. Além disso, ela tem a empatia superdesenvolvida, sendo capaz de enxergar as emoções alheias e alterá-las ao seu bel-prazer, com o intuito de acalmar as outras pessoas e reprimir a negatividade. Ravena fez suas primeiras aparições em séries de animação como Os Jovens Titãs em Ação e o programa televisivo Titãs, sendo interpretada pela atriz Teagan Croft.

5. Capitã Marvel

Antes ela era conhecida como “Senhorita Marvel”, e surgiu nos anos 1970, como uma piloto das Forças Aéreas dos Estados Unidos chamada Carol Danvers. Contudo, por conta de uma explosão que misturou as células dela com as do Capitão Marvel, ela ganhou superpoderes que a transformaram em uma das mais poderosas heroínas da franquia Marvel. Em algumas ocasiões, ela integrou também as equipes dos X-Men e dos Vingadores.

Entre as habilidades da personagem, podemos mencionar sua força sobre-humana, a capacidade de resistir a diferentes toxinas, o sexto sentido e o controle da energia. Como se fosse pouco, ela consegue voar na velocidade da luz e sobreviver no espaço sideral sem trajes espaciais. Em 2019, foi lançado o filme Capitã Marvel, em que a mítica heroína foi interpretada por Brie Larson. A produção mostra como a piloto Carol foi sequestrada por um grupo de alienígenas ao se ver envolvida em um conflito intergalático.

6. Poderosa

Assim como Supergirl, Poderosa é prima do Superman, só que de outra dimensão. Sua estreia foi na “All-Star Comics # 58”, em 1976, em que foi revelado que ela é originária da Terra 2. Contudo, por conta de uma crise cósmica, a personagem se vê obrigada a viver no Universo Principal e a coexistir com seu alter ego dimensional, Supergirl. Como toda kryptoniana, Poderosa é dona de força gigantesca, visão de calor e habilidade para voar.

Ela fez pequenas participações na série de animação Liga da Justiça Sem Limites como um clone da Supergirl. Além disso, pôde ser vista na série Smallville: As Aventuras do Superboy e na animação Superman e Batman: Inimigos Públicos. Porém, apesar de suas grandes habilidades, a personagem acabou ofuscada pelo Superman e pela Supergirl, tanto nos quadrinhos quanto nas séries e nos filmes.

7. Garota Esquilo

Ela surgiu a partir da ideia de retratar um super-herói fora do comum, e fez parte dos Vingadores dos Grandes Lagos em algumas edições dos quadrinhos. Sua aparência é a de uma jovem com cauda de esquilo, que ganhou tal apelido ao ser emboscada pelo Homem de Ferro na mata em certa ocasião. Tanto seu visual quanto suas habilidades para se comunicar com animais foram resultados de uma modificação genética desconhecida.

O nome real da Garota Esquilo é Doreen Allene Green, e seus dons são praticamente similares aos dos bichos: moer madeira com os dentes e subir em árvores com muita habilidade. Ademais, é dona de grande força, visão noturna e olfato superdesenvolvido, além de contar com um cinto de utilidades onde guarda diversos acessórios usados para combater seus inimigos. A personagem pode ser vista em desenhos animados como Ultimate Homem-Aranha: Rede de Guerreiros e no filme Marvel Rising: Secret Warriors.

8. Feiticeira Escarlate

Inicialmente, a Feiticeira Escarlate foi criada para ser uma grande vilã dos X-Men ao lado do irmão gêmeo, Mercúrio. Juntos, eles lideravam a Irmandade dos Mutantes. Essa personagem consegue modificar objetos com feitiços, e é por isso que suas habilidades são tão diversificadas nesse sentido. Tempos depois, ela passou para o lado do bem, unindo-se aos Vingadores e casando-se com o androide Visão.

Em algumas versões dos quadrinhos, conta-se que a Feiticeira Escarlate e Mercúrio eram filhos de Ciclone. Posteriormente, eles foram considerados descendentes de Magneto. Por conta disso, sua condição de “mutantes” foi modificada ao ser revelado, em versões mais recentes do comic, que ambos os irmãos foram modificados geneticamente para adquirir poderes artificialmente, sendo essa última versão a explorada no filme Vingadores: Era de Ultron, em que a Feiticeira Escarlate foi interpretada pela atriz Elizabeth Olsen.

9. Zatanna

Filha de um renomado mago, Zatanna seguiu os passos do pai participando de diversos shows de mágica. No entanto, ela realmente possui habilidades mágicas, como telepatia, telecinesia, manipulação elemental, controle da energia, projeção astral e outros conhecimentos de feitiçaria, cujos limites de poder ainda não foram estabelecidos. Em várias versões do comic e de séries de TV, ela aparece como a melhor amiga do Batman.

Apesar de não ser integrante original da Liga da Justiça, a personagem costuma participar de algumas de suas atividades para oferecer ajuda digna de uma grande super-heroína. Algumas de suas aparições ocorreram nos desenhos animados BatmanLiga da Justiça Sem Limites, evidenciando a relação amistosa entre ela e o homem-morcego. Zatanna apareceu também nas últimas temporadas da série Smallville: As Aventuras do Superboy quando usou magia para realizar os desejos das pessoas.

10. Nico Minoru

Em 2003, Nico Minoru estreou na série de quadrinhos Fugitivos, da Marvel, como filha dos vilões malignos. Ela herdou as aptidões mágicas de seus pais, e com a ajuda de seu bastão, é capaz de lançar vários feitiços para enfrentar seus oponentes. Atualmente, é interpretada por Lyrica Okano na série Fugitivos, que faz parte do Universo Cinematográfico Marvel.

11. Gamora

Quando ainda era menina, Gamora foi adotada por Thanos durante a invasão ao seu planeta natal. Em decorrência, ela passou grande parte de sua vida sob um rígido treinamento, por meio do qual adquiriu agilidade sobre-humana, força e conhecimentos no manejo de diversas armas, como a espada. Em algumas ocasiões, já foi mencionado que ela foi geneticamente modificada para converter-se em uma máquina de matar.

Com o tempo, Gamora se afastou do pai e passou a fazer parte dos Guardiões da Galáxia para lutar pela justiça ao mesmo tempo em que se redimia por todos os crimes cometidos por ela durante a juventude. Apesar de sua fama não muito positiva entre diferentes espécies alienígenas, a guardiã conseguiu “limpar” seu nome e se transformar em uma das maiores heroínas da franquia Marvel. No filme Guardiões da Galáxia, a personagem foi interpretada pela atriz Zoe Saldaña. O longa mostra como ela passou do grupo de Thanos ao dos Guardiões para ser absolvida por tudo que tinha feito de errado.

12. Tempestade

Ao lado de Jean Grey, Tempestade é considerada uma das mutantes mais importantes e poderosas do time X-Men, em grande parte devido a sua capacidade de controlar o clima. Além disso, tornou-se rainha de Wakanda ao casar-se com o rei T’Challa, mais conhecido como o super-herói Pantera Negra. Suas origens se encontram na África, onde ela fazia parte de uma ancestral estirpe de bruxas e sacerdotisas do Quênia.

Além do clima, ela consegue controlar também todos os aspectos do universo, e ainda provocar diversos fenômenos naturais conforme bem entender. A personagem pode dominar o vento, voar e resistir a relâmpagos e a baixíssimas temperaturas. Em todas as representações, aparece como uma mulher de pele morena e cabelos e olhos azuis (que ficam brancos quando ela usa seus poderes). Tempestade foi interpretada por Halle Berry na primeira trilogia dos X-Men, lançada no início dos anos 2000.

13. Jessica Jones

Jessica Jones estreou em 2001, o que faz dela uma das super-heroínas mais recentes da franquia Marvel. Ela ficou muito conhecida após o lançamento da série de TV que leva seu nome, e que foi produzida pela Netflix. Inicialmente, foi apresentada como Jessica Campbell, uma amiga de Peter Parker que conhecia sua identidade de Homem-Aranha. Porém, depois de um acidente, ela também ganha superpoderes, como força e resistência sobre-humanas e habilidade para voar.

No seriado da Netflix, Jessica Jones tem uma breve carreira como super-heroína ao presenciar uma atitude maligna do vilão Kilgrave. Depois disso, a jovem torna-se detetive particular, consolidando-se como uma das investigadoras mais habilidosas dentro de seu universo. Além disso, a personagem já teve encontros esporádicos com os X-Men e os Vingadores, além de ter enfrentado heróis icônicos, como Homem de Ferro e Visão.

14. Mulher-Hulk

Pouco tempo depois do acidente que transformou Bruce Banner em Hulk, sua prima, Jennifer Walters, sofreu uma grave lesão que a obrigou a receber uma transfusão de sangue. E foi assim que a jovem se transformou em uma versão feminina do Hulk, com a diferença de que ela é capaz de manter a própria consciência o tempo todo. Entre seus superpoderes estão a gigantesca força, a capacidade de se regenerar e a longevidade. Ela já colaborou com o Quarteto Fantástico, os Vingadores e com os Agentes da S.H.I.E.L.D. em diferentes ocasiões.

Até agora, a personagem apareceu apenas em séries de TV, como O Incrível Hulk dos anos 1980 e 1990, e Hulk e os Agentes de S.M.A.S.H., na pele de uma piloto de acrobacias. Ela pode ser vista também na terceira temporada de Ultimate Homem-Aranha. Para o futuro próximo, a expectativa é que a super-heroína ganhe sua própria série, que integraria o Universo Cinematográfico Marvel, com produção assinada pela Disney+.

15. Angela

Enquanto as outras super-heroínas dos quadrinhos tiveram suas origens mantidas tanto nas adaptações cinematográficas quanto televisivas, Angela passou por diversas mudanças devido a problemas envolvendo direitos autorais. Em sua primeira aparição, ela era uma criatura que se dedicava a caçar os Hellspawns, seres malignos que percorriam a Terra. Tempos depois, quando a Marvel obteve os direitos sobre a personagem, ela tornou-se parente do Thor.

Apesar de as versões sobre sua origem terem mudado ao longo das histórias em quadrinhos, sua aparência sempre foi a de uma jovem ruiva. Entre suas habilidades estão a superforça e as capacidades de voar e atingir altas velocidades. Diferentemente dos demais deuses asgardianos que precisam de uma maçã de ouro para permanecerem jovens, Angela é imortal por natureza.

16. Estelar

Estelar é o nome da super-heroína de Koriand’r, que nasceu como princesa no mundo de Tamaran. Durante sua estadia no planeta Terra, ela tornou-se integrante dos Jovens Titãs, posteriormente passando a fazer parte dos Renegados. Entre seus poderes estão a habilidade de voar, a projeção da energia, a resistência, a força e a assimilação linguística.

Estelar é uma personagem muito ingênua, que em diversas situações tem dificuldade em compreender os hábitos dos humanos. Além disso, é bastante impaciente, o que se torna um obstáculo quando ela precisa liderar os novos integrantes dos Jovens Titãs. Entre suas aparições, podemos destacar o desenho animado Os Jovens Titãs, o programa de TV Titãs, em que foi interpretada por Anna Diop; e longas-metragens animados como Superman e Batman: Inimigos Públicos.

17. Mulher Invisível

Outra excelente super-heroína da Marvel é a Mulher Invisível, considerada uma das mais poderosas integrantes do Quarteto Fantástico. Seus poderes foram adquiridos após ela ser exposta a uma tempestade cósmica, que deu a ela o dom de ficar invisível, podendo ainda projetar-se em campos de força tanto para atacar quanto para se defender.

Em suas primeiras versões, era mostrada como a clássica donzela em apuros, mas a personagem foi amadurecendo com o passar do tempo, virando membro crucial do Quarteto Fantástico. Dentre suas aparições podemos mencionar as adaptações cinematográficas da franquia Quarteto Fantástico, sendo interpretada por atrizes como Jessica Alba (2005) e Kate Mara (2015).

18. Mera

Mera é a rainha dos mares, e inicialmente foi criada como um personagem de apoio do Aquaman. Sendo capaz de controlar a água e dona de grande força, é considerada uma das mais relevantes integrantes da Liga da Justiça. Algumas de suas habilidades são hidrocinese, poder de regeneração e resistência ao frio extremo.

No âmbito televisivo, fez aparições em séries como Smallville: As Aventuras do Superboy, Liga da Justiça Justiça Jovem. Em 2017, a atriz Amber Heard interpretou Mera em Liga da Justiça, fazendo uma breve participação no longa. Mais recentemente, em Aquaman, conquistou maior protagonismo, aparecendo como a noiva de Orm, a quem abandona para fugir dos soldados atlantes ao lado de Aquaman, convencendo-o a reivindicar o trono de rei de todos os mares.

19. Mulher-Gavião

Mulher-Gavião contou com diferentes versões ao longo das histórias em quadrinhos. No começo, ela foi mostrada como Shiera, namorada do arqueólogo Carter Hall, que tinha sonhado com ela. Tempos depois, ela foi batizada como princesa Chay-Ara. Em outras versões, tanto a Mulher-Gavião quanto o Gavião Negro são retratados como agentes alienígenas oriundos do planeta Thanagar, enviados à Terra para estudar as técnicas da polícia. Na mesma ocasião, o nome de Shiera foi trocado para Shayera Hol, e desde então foi representada como uma ave de rapina.

Apesar das várias modificações, essa super-heroína sempre foi caracterizada por possuir um par de grandes asas nas costas, o que a possibilita voar livremente. Além disso, é dona de força intensa e visão superaguçada, habilidades típicas dos gaviões. Entre suas armas estão a lança e a maça, mas ela pode usar também espadas, martelos e escudos para as lutas corpo a corpo.

20. Batgirl

Batgirl é uma espécie de versão feminina do Batman, e inicialmente tinha a identidade de Betty Kane. Posteriormente, foi substituída por Barbara Gordon, sendo assim mais conhecida pelos fãs do Universo DC. A carreira de Barbara como Batgirl foi curta, já que em uma batalha disputada contra o Coringa, ela foi atingida na coluna vertebral por um disparo feito por ele, ficando paralítica. A partir daí, ela assume a identidade de Oráculo, auxiliando Batman em sua luta contra o crime, com o seu vasto conhecimento em informática.

A primeira adaptação da Batgirl para a TV teve atuação da atriz Yvonne Craig: nos anos 1960, ela deu vida à personagem da jovem-morcego na clássica série do Batman. E, assim como a Mulher-Maravilha, Batgirl também passou a ser vista como exemplo da luta feminina por igualdade e de mulher empoderada. A personagem apareceu ainda em séries para televisão e em animações.

21. Faith

Apesar de todas as super-heroínas da lista serem representantes dignas do feminismo, elas quase sempre esbanjam uma silhueta esbelta. Diante disso, Faith surge como representante das mulheres plus size, comprovando que aparência física não é nenhum impedimento para o propósito de lutar pela justiça. Ela não pertence nem à Marvel nem à DC, e sim à Valiant Comics. Entre suas habilidades estão a telecinesia e a capacidade de voar.

Graças ao sucesso alcançado por Mulher-Maravilha Pantera Negra nos últimos anos, foi dado sinal verde para a produção de um filme protagonizado por Faith, mas o longa ainda não tem data de estreia. A trama girará em torno de uma jovem millennial, na casa dos 20 anos, que trabalha em um veículo de comunicação. Quando está lutando contra malfeitores, ela usa um uniforme azul e branco.

Com qual das super-heroínas acima você mais se identifica? Conhece outros personagens femininos que poderiam entrar em nossa lista? Deixe seu comentário, queremos saber sua opinião!