Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

20+ Internautas compartilham pequenos micos que acontecem no dia a dia (e às vezes não contamos para ninguém)

7-2-
484

Cotidianamente quase todo mundo passa por pequenos micos que até fazem pensar: “nossa, ainda bem que ninguém viu”. O pior desse cenário é quando outras pessoas são envolvidas e nossas vergonhas se tornam públicas — porque aí não há como disfarçar, né?!

Incrível.club, então, reuniu as histórias compartilhadas por seus seguidores que renderam um ’cadinho’ de vergonha e muitas risadas. Confira só!

  • Após passar vários dias como acompanhante em um hospital precisei, infelizmente, contratar uma funerária. Liguei de madrugada e perguntei o óbvio: “Vocês estão acordados?” O funcionário me respondeu: “Eu estou, mas espero que os demais aqui não estejam”. @Ani Rovere/ Facebook
  • Pedi quesuntopeijo numa padaria. A intenção era pedir presunto e queijo. O rapaz segurou o riso até ficar roxo! Foi mal! 🤣 @Kris BCon/ Facebook

  • Minha mãe come peixe toda Sexta-feira Santa e, desde que comecei a trabalhar, sempre comprei isso para ela. Fui à peixaria e, como todo mundo sabe, o local fica lotado nesse feriado. Fiquei em uma fila imensa e tinha que gritar para o rapaz conseguir entender. Do nada eu gritei: “um quilo de bife, por favor!” O peixeiro ficou sem entender e todo mundo da peixaria começou a rir da minha cara. 🤣🤣 @Elizandra Helena/ Facebook
  • Quando eu tinha uns 11 anos, fazia um cursinho de artesanato que era dado numa igreja. E sempre que tínhamos curso, eles também serviam almoço. Um dia fui almoçar e, depois que peguei o prato, fui procurar um lugar para me sentar. Comecei a subir em uma “escada” de veludo que servia de arquibancada e, chegando ao fim da “escada”, tropecei. Meu prato voou e eu caí. Quando me levantei tinha derrubado a comida em um dos obreiros que passava atrás da “escada”. O macarrão ficou no cabelo dele. Fiquei duas semanas sem sair de casa de tanta vergonha. 🤣🤣 @Tainara Côrtes/ Facebook

  • Eu tinha uns 9 anos e minha irmã, 5. Fomos ao mercado com nossa mãe e nosso Corcel bordô. Fizemos a compra... minha mãe teve dificuldades, mas conseguiu abrir a porta do carro. Colocamos as sacolas dentro do carro e então minha mãe parou e disse:
    — Este não é nosso carro, olhem os bancos. São diferentes. Kkkkkk @Melice Sanches/ Facebook
  • Viajei para Minas Gerais com meu irmão e, no caminho, descemos em uma parada para comer. Ele, com pressa, falou pra moça:
    — Tem de quejuntopreso?
    Isso já aconteceu há uns 20 anos e eu nunca me esqueci, kkkkkkkk. Morremos de rir. @Jack Onlyne/ Facebook

  • Meu primeiro emprego foi numa lanchonete e, nos fins de semana, trabalhava até depois das 6 h da manhã porque atendíamos a galera que saía da balada. Certa hora perguntei:
    — Sem ermilhavilho?? @Yuri França Matsuoka/ Facebook

  • Quando me casei, na hora das fotos, recebia os parabéns de todos que vinham nos cumprimentar. Eu ouvi tanto aquilo que um casal veio tirar foto, nos abraçou, e eu que dei os parabéns para eles 😅 @Bruna Brandao Ayres Silva/ Facebook
  • Fui ao cinema com minha filha e meu marido. Como o filme já ia começar e estávamos com fome, compramos hambúrgueres para comer lá dentro. Falei para minha filha não se sujar (ela tinha 6 anos). Entramos, comemos e quando o filme acabou, meu marido e eu estávamos todos sujos... parecia que tínhamos passado comida direto na roupa. Minha filha estava limpinha, quase morri de vergonha e ela ainda falou: “da próxima, mãe, eu te ensino a comer sem se sujar”, kkkkk @Marcia Rejane/ Facebook

  • Estávamos esperando visitas e, assim que elas chegaram, fui recebê-las. Ao invés de falar “oi, vamos entrar”, eu disse: “tchau, vão com Deus!” Eles ficaram olhando uns para os outros sem entender nada! @Elenice Dininho/ Facebook
  • Eu liguei para pedir uma pizza, a atendente perguntou meu nome e eu falei meu nome completo. Kkkkkkkkk 🤣🤣 @Adelma Andrade/ Facebook
  • Estava sendo atendida na fila da feira para comprar milho, enquanto isso, uma outra atendente foi perguntar o que a próxima pessoa queria. Ela respondeu: “milho com milho”, mas era milho com bacon. A atendente foi forte e conseguiu segurar o riso, kkkk. @Selma/ Facebook
  • Meu maior mico foi uma vez em que estava num barzinho com minhas amigas. Eu fui ao banheiro e levei meu copo junto. Quando voltei e estava quase chegando na mesa, todo mundo me olhou e riu. Quando voltei para a mesa, minha amiga disse: “o que você está fazendo com esse rolo de papel higiênico na mão? Cadê seu copo?” Quase morri de vergonha... @Deise M C Bovo/ Facebook

  • O Metrô estava já apitando quando minha prima e eu entramos correndo. Antes de conseguir me segurar, o Metrô andou e deu aquele “solavanco”. Caí sentada no colo de um senhor. O pior é que eu fiquei sem reação, me sentei por uns segundos... até que falei:
    — Com licença, vou me levantar agora.
    O senhor, educadamente, respondeu:
    — Tudo bem, pode levantar.
    Eu disse:
    — Obrigada!
    Levantei. Não sei o que foi pior: sentar no colo de um desconhecido ou ter todo um diálogo enquanto ainda estava sentada em seu colo. @Simone Menezes/ Facebook
  • Minha irmã era sonâmbula quando criança. Um dia ela foi dormir na casa da minha tia (que tinha acabado de mudar de casa) e “foi ao banheiro” no meio da noite. Ela, na verdade, foi para o quarto da minha tia, sentou em sua cabeça e fez xixi. Kkkkkkkkkkkkkkkk 🤣🤣🤣🤣 @Raísa Consolin/ Facebook
  • Cheguei no vendedor e disse: “tem chiclete de R$ 0,05?”. Ele respondeu: “tem sim!”. E eu: “Quanto é?” Kkkkk. Essa foi a minha vergonha alheia. @Bárbara Zaganini Hokari/ Facebook

  • Pedi a um amigo para comprar ração para minha cachorrinha e ainda disse que deveria ser ração para filhotes. Na loja, ele perguntou se tinha ração “infantil”. O atendente o olhou por um tempo e perguntou se não seria ração para filhotes. Ele simplesmente disse: “Ah! Então é filhote e não infantil?!” 😅 E todos da loja riram muito. @Irina Kiev/ Facebook

  • Fui a uma entrevista de emprego, passei por toda prova dinâmica achando que ia conseguir a vaga. Durante a entrevista, o contratante fez várias perguntas. Quando ele perguntou qual era meu vício, eu respondi espontaneamente: “X-Bacon!” Ele teve ataque de risos, precisou até tomar água. Pediu desculpas e disse que ligaria depois para os que tivessem sido contratados. Enfim, eles nunca me ligaram 😔 @Rafaela Molino/ Facebook
  • Estava descendo de elevador com meu filho de 6 anos e estávamos sozinhos. No quinto andar, subiu uma senhora muito perfumada. Quando a porta fechou, meu filho falou: “Nossa! Que fedor!” Não tinha nem como disfarçar, pois só estávamos nós no elevador. Foi muito constrangedor. @Keiko Endo/ Facebook

O que achou das histórias? Já passou por alguma situação parecida? Compartilhe conosco nos comentários 😉

7-2-
484
Compartilhar este artigo