16 Mulheres que toparam fazer uma “transformação às cegas”

“Transformação às Cegas” é um projeto que já contou com a participação de centenas de mulheres na Rússia. Criado pela maquiadora Oksana Trunova em conjunto com a cabeleireira Olga Tarasova, a iniciativa transforma a aparência das participantes seguindo a opinião profissional de suas criadoras, devolvendo a elas a alegria e o sorriso no rosto.

Nós, do Incrível.club, já acompanhamos esse projeto e suas transformações há muito tempo, e hoje selecionamos 16 histórias para compartilhar com você. Confira!

1. Margarita queria se livrar de seus medos. E o novo visual certamente a ajudou com isso

2. A Vera é de Moscou e decidiu presentear a si mesma participando do “Transformação às Cegas”

3. Elena é professora de matemática em escolas

  • Eu simplesmente não tenho palavras para expressar o quanto estou admirada. Parece até que são mãe e filha do tanto que transformaram essa mulher. © strelkova.elvira / Instagram

4. A Nadezhda decidiu fazer uma transformação antes do seu casamento

5. Tatiana é professora, avó, mãe e uma linda mulher

6. A transformação da Vera foi uma surpresa preparada pelas filhas, que levaram a mãe para o salão sem lhe contar para onde estavam indo

7. A Angela sonhava em mudar a aparência já há muito tempo

8. Olga queria aparentar mais atraente e feminina

9. A Natalia é designer de interiores

10. A animada Maria ganhou uma aparência mais forte

11. Natalia decidiu mudar muitas coisas na sua vida. E começou fazendo mudanças nela mesma

12. Galina é muito feminina e charmosa. E as profissionais tentaram destacar essas características na aparência dela

13. A Olga foi presenteada com a transformação pela sua nora

14. A Anastasia pediu: “Mudem a minha aparência. Cansei do meu cabelo”

15. As profissionais rapidamente identificaram que transformações a Ekaterina precisava na aparência

16. A Raissa veio para o “Transformação às Cegas” com a filha

Com que frequência você experimenta novos estilos na aparência? Se submeteria a uma transformação às cegas? Conte para a gente na seção de comentários.

Compartilhar este artigo