Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Peças ultrapassadas que cansaram a beleza mesmo de quem nunca as vestiu

4-34
17k

Você talvez já tenha visto imagens de desfiles de moda e se perguntado algo do tipo “será que alguém tem coragem de usar uma roupa dessas na rua?” Bem, o fato é que algumas dessas peças estranhas saem, sim, das passarelas para o dia a dia e conquistam muitas garotas, para desespero de quem torce o nariz para certos “experimentos” do mundo fashion. Algumas das peças simplesmente não combinam com o dia a dia e resultam em look bizarros. Portanto, quando itens outrora populares se tornam apenas mais uma página virada das grifes de moda, muitos pulam de alegria.

Nós, do Incrível.club, adoramos acompanhar as tendências que bombam no mundo da moda e queríamos compartilhar uma lista de peças para as quais o tempo está esgotado. Porém, deixamos um recado: nunca se desfaça nem abra mão das roupas que realmente caem bem em você, independentemente do que “diz” a moda.

1. Bordados

Há alguns anos roupas bordadas estavam no auge da moda: a demanda para esse tipo de camiseta, de vestido, de jeans, de tênis, de jaquetas de couro e de camisa, entre outros itens, era enorme. No entanto, é hora de deixar essa tendência para trás. A simplicidade é que dita a moda hoje — uma combinação inteligente de jeans com uma camiseta branca pode deixar a aparência mais estilosa sem decoração nenhuma.

2. Vestido-camisola

Até recentemente, acreditava-se que o estilo “roupas de dormir” deixava o look mais sensual, elegante e romântico. Mulheres mundo afora deixaram blusas de seda e vestidos-camisolas subirem à cabeça. Só que o estilo “bombou” tanto nas lojas que a tendência se tornou “over”. Em 2020, as camisolas devem ser usadas para aquilo que foram criadas: para dormir. Se você está acostumada com tecidos leves e confortáveis, um vestido de linho será um ótimo substituto.

3. Tênis “feios” (ugly sneakers)

Os tênis que deixam os pés maiores viraram febre tão rapidamente quanto saíram de moda. Em uma tentativa de criar calçados extraordinários, os fabricantes modificaram o design, de forma que esses calçados parecessem absurdamente “feios” — deliberadamente grandes, com um efeito manchado e envelhecido, sola volumosa, cadarços coloridos e elementos decorativos brilhantes. Apesar do uso no dia a dia com jeans, vestidos e até peças mais sociais, muitas admitiram que os ugly sneakers não corresponderam às expectativas por serem desconfortáveis demais e combinarem mal com o resto da composição.

Calçados esportivos mais simples e tênis slip-on continuam conquistando o mercado da moda neste ano. Se você sente uma certa dificuldade de abrir mão dos tênis “feios”, pode dar uma chance aos tênis meia.

4. Crocs

Muita gente comprou (e compra) Crocs para “ficar na moda”. Outros simplesmente gostam da marca. Mas o fato é que as estranhíssimas sandálias borrachudas caíram no gosto do público por serem confortáveis, simples, práticas e com um design “grosseiro”.

Entretanto por mais que tenham essas qualidades, os Crocs fazem qualquer um ficar ridículo; por isso, foram chamados inúmeras vezes de “os calçados mais feios que existem”. Além disso, ortopedistas afirmam que eles não podem ser usados por muito tempo durante o dia, pois não seguram bem o calcanhar e podem causar traumas.

5. Calça legging estilo jeans

Elas já fizeram muito sucesso entre as mulheres. Porém, as pessoas não demoraram para perceber que essa peça deixalook mais “barato”, por ser extremamente apertada e, na maioria dos casos, ressaltar todos os defeitos do corpo. Portanto, é importante saber distinguir uma calça jeans, feita de tecido grosso, de uma legging.

6. Cores fluorescentes

Muitas pessoas evitam peças fluorescentes naquele estilo “cheguei”. Roupas dessas cores só servem para a prática de esportes em que é importante você ser visto para evitar acidentes, como é o caso da corrida de rua. Vale destacar que, por outro lado, um detalhe em tons fluorescentes pode complementar perfeitamente seu look no dia a dia. Por exemplo, uma blusa colorida cai bem com uma roupa de cor menos excitante para balancear. Mas não exagere.

7. Decoração chamativa de unhas

Se você acompanha o mundo da moda, deve saber que hoje em dia até mesmo o estilo das unhas tem tendências e que o design simples e natural é o que está em alta. Unhas postiças e compridas de cores berrantes, com desenhos diferentes, bijuterias adesivas, entre outras “coisinhas da moda”, são consideradas ultrapassadas. Formas geométricas, tons clássicos e o minimalismo estão no auge. Quanto ao comprimento das unhas, é aconselhável que sejam um pouco mais longas que as pontas dos dedos.

8. Chinelo felpudo

Esse estilo de chinelo mal foi lançado e já foi adotado por inúmeras celebridades e para diversas ocasiões — com roupas casuais, sociais e até com vestidos de festa. As opiniões se dividem entre os que apreciam seu uso e os que os consideram esteticamente desagradáveis e esquisitos. Nós estamos nesse segundo grupo. Sugestão: deixe no fundo do armário.

9. Cinto corselete

Quando as vendas desse acessório ousado aumentaram e ele passou a ser visto em milhares de mulheres, ocorreu um efeito curioso: ele perdeu o charme. As combinações davam uma refrescada no look, mas dificilmente poderiam ser consideradas uma boa escolha. Portanto, esqueça esse estilo de cinto na próxima temporada.

10. Vestido de crochê

Embora seja confortável, esse tipo de vestido já faz parte do passado quando o assunto é moda. Além disso, ajuda a “engordar” quem o usa. Na dúvida, opte por modelos de tecidos mais estruturados.

11. Calçados transparentes

Essa foi uma tendência até certo ponto interessante, mas bastante desconfortável. O estilo foi adotado por inúmeras celebridades, por seu perfil extravagante e nada convencional. Mas o fato é que esses calçados não são nada confortáveis para o dia a dia. Além disso, os pés tendem a suar, pois praticamente não há circulação de ar dentro deles.

Uma jornalista especializada fez um experimento e compartilhou sua experiência com o modelo: “Primeiro, enfrentei um obstáculo — demorei para conseguir calçar. Além disso, não podia usar meias porque pareceria ridícula, então o plástico duro grudou no meu pé. Portanto, tive de passar óleo corporal nas pernas para conseguir colocá-los”.

12. Suéter encurtado

Esse modelo de suéter é extremamente “traiçoeiro”, por não disfarçar as imperfeições do corpo. Além disso, a peça não é muito prática. O suéter, além de deixar a barriga de fora (o que não serve para certas ocasiões), é leve demais para o frio e quente demais para o calor.

Você já teve ou tem alguma dessas peças? Que outras tendências extravagantes acha que deveriam ser banidas do nosso dia a dia?

4-34
17k
Compartilhar este artigo