Incrível
Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Incrível

10 Regras de ouro que toda mulher elegante deve seguir ao usar salto alto

Nós amamos saltos! Impossível não gostar, uma vez que ficam lindos com a maioria das roupas, além de deixar a silhueta e a mulher mais elegantes. Mas... em muitos casos, esses calçados machucam, são desconfortáveis ​​ou nossos pés simplesmente não conseguem se acostumar com eles. No entanto, existem muitas maneiras de evitar esses inconvenientes para conseguir usá-los sempre que desejar, como, por exemplo, escolhendo o tamanho certo, a sola adequada e a altura ideal do salto para não prejudicar seu corpo.

O Incrível.club traz dez dicas para que você possa usar salto alto com estilo e, ao mesmo tempo, cuidar dos seus pés. Acompanhe!

1. Certifique-se de usar calçados do seu tamanho

Quantas vezes nos apaixonamos por um modelo de salto alto de número diferente do nosso pé? Provavelmente muitas e sempre tentamos prová-los (embora saibamos antecipadamente que não vão caber). Mas os tamanhos de calçados existem para facilitar a escolha do mais adequado e isso vale especialmente para os de salto alto. Se o modelo fica pequeno em seu pé, esqueça-o, não há como corrigir isso. Se for grande demais para você, o pé deslizará para a frente, provocando desconforto nos dedos, mas isso tem solução. Existem algumas dicas de como usar calçados maiores, sem sentir desconforto. Por exemplo, você pode colocar palmilhas de silicone neles, impedindo que seu pé deslize para a frente.

2. Identifique seu tipo de pé e encontre o calçado mais adequado

Para isso, você deve sempre experimentar o par (não apenas um), pois, em geral, nossos pés têm uma diferença mínima de tamanho. Calce-os com o tipo de meia que pretende usar, especialmente se for meia-calça. Se puder fazer isso à tarde ou à noite será melhor, porque nesses momentos os pés estão mais inchados. Siga essa dica para não ter uma surpresa desagradável mais tarde. Verifique sempre se há espaço para os dedos, se não se encaixa na largura e se o calcanhar está confortável e não escorrega. Lembre-se de que o calçado deve se encaixar no seu pé, e não o contrário.

3. Quanto mais grosso for o salto, melhor!

Vamos admitir: o salto “agulha” não é a coisa mais confortável do mundo. Mas, além disso, não é bom para o corpo, pois, sendo muito fino, todo o peso recai sobre o metatarso (cinco ossos logo atrás dos dedos dos pés), gerando muita pressão em um mesmo lugar. A longo prazo, você pode acabar se machucando com esse estilo de calçado. Se o salto for mais grosso, o peso se divide com o tornozelo, além de proporcionar maior estabilidade.

4. Não hesite em usar saltos com estampas de animais, floridos e coloridos

Embora às vezes seja difícil se animar e sair das cores clássicas, nunca é tarde para ousar! Os calçados estampados combinam muito bem com diversas roupas e dão estilo ao seu look. Por exemplo, saltos com estampas de animais combinam muito bem com as cores preta, branca, bege, verde escuro, laranja, roxo, rosa e jeans. É apenas uma questão de se aventurar.

5. Aprenda a caminhar de salto

Existem calçados que são desconfortáveis e que não são fáceis de usar para caminhar com segurança. Não há dúvida de que, se você tropeçar, além de correr o risco de se machucar, também perderá totalmente o estilo. Se quiser evitar esse tipo de problema, em outro post do Incrível.club há algumas dicas para poder caminhar usando salto alto tranquilamente, mesmo com o salto mais fino e sem sofrer (ou sofrer menos) ao tentar.

6. Inclua botas de cano longo em seu guarda-roupa

As botas de cano longo e salto alto são um clássico e continuam em alta com o passar do tempo, pois são lindas e combinam muito bem com diversas roupas. Um ótimo exemplo foi dado por Monica Geller, em Friends. Você se lembra do capítulo em que ela gasta boa parte do seu salário com um par de botas? Elas eram lindas! Mas ela não conseguia andar sem sentir dor (embora tenha ficado sensacional). É por isso que recomendamos que na hora de escolher o par de botas ideal, além de bonito, ele deve ser confortável.

7. Faça tratamentos com pedicure

A pedicure não só cuida da saúde dos seus pés, mas também da sua beleza. Entre suas tarefas estão aliviar o estresse dos pés e revitalizar a pele. Se você sentir vontade ou tiver tempo para cuidar dos seus pés, pode ler este post do Incrível.club com ótimas dicas de como fazer isso em casa, usando ingredientes simples.

8. Evite os saltos finos

As solas finas e planas não são boas para o corpo, pois podem danificar o metatarso. Além disso, se o calçado não tiver nenhum tipo de salto, pode aumentar o problema do pé chato (doença na qual o arco do pé entra em colapso, fazendo com que toda ou quase toda a planta do pé tenha contato com o chão). É ideal que a sola seja feita de borracha, um material que proporciona estabilidade e amortecimento, e o sapato deve ter salto entre três a quatro centímetros.

9. Escolha o calçado com a aderência certa

Sabemos que é impossível conseguir isso com todos os calçados que usamos, mas é ideal que eles tenham ao menos algum tipo de aderência para evitar torções ou distensões. A parte de trás deve ser fechada e ter um ajuste no calcanhar. Se o calçado for aberto, como uma sandália, o melhor é ter uma alça abaixo do tornozelo para gerar essa aderência.

10. Dê preferência a um modelo de salto médio

Com os pés descalços, o peso do nosso corpo se divide. Cerca de 43% é suportado pelos dois metatarsos, enquanto os 57% restantes recaem sobre os calcanhares. Se falarmos de um salto de quatro centímetros de altura, o peso será moderadamente proporcional, mas à medida que o salto aumenta, o metatarso recebe mais peso. Se o salto tiver mais de dez centímetros de altura, já estamos falando de 90% do peso do seu corpo suportado pelo metatarso, podendo chegar a 100%, dependendo do calçado. Portanto, recomendamos não abusar dos saltos, mas, ser precisar usá-los diariamente, procure um modelo de salto grosso e com uma altura de cerca de quatro centímetros.

Que tipo de calçado você costuma usar com mais frequência? Possui outras dicas para compartilhar com nossa equipe? Deixe a sua opinião nos comentários!

Compartilhar este artigo