Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Uma cafeteria mexicana incentiva a inclusão empregando pessoas com síndrome de Down

2---
179

A Fundação Mosaico Down, juntamente com outras pessoas de boa vontade, criou um estabelecimento que incentiva a inclusão de pessoas com síndrome de Down e outras condições cognitivas. O nome dessa inovação é Sueño de Frida Kahfé, um espaço onde todos são bem-vindos, há amor, vontade de trabalhar e muita predisposição por parte de todos os seus colaboradores, porque, assim como podemos ver na descrição do estabelecimento: “Toda visita que você faz é uma oportunidade para que eles cresçam”.

O Incrível.club decidiu pesquisar mais a fundo e escrever sobre essas pessoas que provam que todos merecem uma oportunidade de demonstrar seu potencial, independentemente da condição física ou mental.

Frida Kahlo foi uma fonte de inspiração para a criação desta cafeteria inclusiva

O “Sueño de Frida Kahfé” fica na Cidade do México, e nasceu a partir da história de Frida e seu cavalete. Sabe-se que ele foi feito e adaptado de forma especial para que a artista mexicana pudesse continuar pintando, ainda que estivesse em uma cadeira de rodas. Com essa inspiração, os fundadores desse estabelecimento decidiram transformá-lo em um espaço de inclusão, amor e respeito por pessoas com diferentes condições, como a síndrome de Down.

Além de criar uma fonte de emprego para essas pessoas, elas também recebem treinamento

O principal objetivo dessa cafeteria é criar uma fonte de oportunidades de emprego para pessoas com deficiência intelectual e incluí-las no mundo profissional real. Parte desse desenvolvimento é fornecida pela própria Fundação Mosaico Down, que oferece treinamentos para desenvolver as habilidades motoras e aumentar os conhecimentos gastronômicos, fornecendo uma formação inicial de carreira técnica em Gastronomia.

Quando contratados, eles aprendem um pouco de tudo o que é feito na cafeteria

Para selecionar a equipe, o estabelecimento definiu uma série de requisitos que não são muito complicados de serem atendidos, como: ter idade legal, ter síndrome de Down, um comportamento bem-intencionado e ser cordial com as pessoas. O restante será aprendido no trabalho, com a prática e a vontade de querer aprender. Embora a maioria das pessoas contratadas cumpra o papel de garçom, cada uma é integrada a outras posições para que possam expandir seus conhecimentos e aprimorar seu desenvolvimento de carreira.

Qual a sua opinião sobre inclusão? Quais outras coisas você acha que deveriam ser feitas para integrar pessoas com Síndrome de Down e outras condições cognitivas?

2---
179